5.7.14

[Resenha Dupla] Feita de Fumaça e Osso :: Laini Taylor

Feita de Fumaça e Osso-Feita de Fumaça e Osso #1
Autora: Laini Taylor
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Skoob Goodreads Compare e Compre
Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões: fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatados, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito. 
''Um romance de tirar o fôlego, sobre destino, esperança e a busca de si mesmo.'' The New York Times

Em rosa = escrito pela Andréia
Em azul = escrito pela Agatha


Primeiramente WOW, Feita de Fumaça e Osso  foi uma grata e ótima surpresa, superou -e muito- as minhas expectativas, eu nem sabia ao certo o que esperar desse livro e mesmo assim fiquei de queixo caído ao terminar a leitura. Vou tentar transmitir minhas emoções em palavras, rs.

A capa é simplesmente linda, encantadora e nos deixa um tanto quanto curiosos, no começo eu achei o título meio estranho, mas após ler o livro entendi o porquê desta escolha tão diferente. A diagramação está bela, a folha e o tamanho da letra são confortáveis, só encontrei alguns errinhos de revisão.

Como se não bastasse Karou ter o cabelo azul (após desejar isso), as tatuagens que aparecem e somem conforme quer e os cadernos de desenho repletos de cenas cotidianas onde monstros são os personagens principais, Karou sai mundo afora recolhendo dentes para seu pai de criação, Brimstone, um dos monstros que enchem seus quadrinhos.
''Ela foi inocente um dia, uma garotinha no covil de um demônio brincando com penas espalhadas pelo chão. Mas a inocência acabou, e ela não sabia o que fazer. Esta era sua vida: magia e vergonha e segredos e dentes e um vazio profundo e perturbador, onde alguma coisa certamente estava faltando''
Num minuto ela está assistindo aula, comendo, convivendo entre humanos, no outro é chamada por demônios para sair a caça de dentes, das mais variadas espécies e nos mais estranhos lugares, Karou não sabe o porque dos dentes e apesar de sempre se perguntar quem realmente é, de onde veio, quem eram seus pais, qual o real motivo da sua existência e das suas tatuagens, e o porquê de ter sido criada por esses seres quimera (quimeras são figuras místicas caracterizadas por terem uma aparência híbrida de dois ou mais animais, no livro eles têm obrigatoriamente alguma característica humana) que tanto ama em um mundo paralelo à Terranunca ligou em ajudar aqueles que a criaram, mesmo tendo ‘‘crises’’ existenciais que apertam seu coração e a faz ter  saudades de algo que lhe é desconhecido. Ela não reclama, longe disso, ela é muito esperta e curiosa para isso e luta pelos seus objetivos.

Vivendo entre dois mundos ela pensava que já tinha visto de tudo, mas tudo muda quando marcas de mãos, causadas pelos inimigos dos demônios quimera, os serafins, aparecem nas portas (que na verdade são portais) que a levam para o outro mundo, deixando-a presa em Praga, um aviso do que está por vir e em breve o mundo não será o mesmo.
''Nos lugares mais longínquos do mundo, Hazel e Liraz faziam o mesmo. Quando todas as portas estivessem marcadas, seria o início do fim. E começaria com fogo.''

Desesperada em voltar para casa, ela começa uma busca por respostas, se depara com um anjo e numa batalha conturbada ela se dá conta de que há coisas das quais ela não sabe, coisas que estão escondidas há muito tempo dela.
''Geralmente Karou conseguia manter suas vidas em equilíbrio. De um lado, era uma estudante de arte de dezessete anos em Praga; de outro, a garota de recados de uma criatura inumana que era o que tinha de mais parcido com uma família.''

Akiva é um anjo, um bastardo nascido para a guerra e tudo o que sabe é que Quimeras devem morrer, até que ele de depara com Karou, com seus cabelos azuis e seus olhos negros, ele se vê preso à ela, algo nela o chama e ele fica intrigado. 

Após se conhecerem melhor, eles se apaixonam, porém estão em lados opostos de uma guerra milenar entre anjos e demônios, mas Akiva está determinado a fazer dar certo e assim começam uma jornada de descobrimento interno e revivem certas lembranças, lembranças essas que há muito estavam adormecidas e os fazem começar a questionarem tudo o que sempre acreditaram e muita coisa acontece! O livro é repleto de reviravoltas! E só para esclarecer, a protagonista descobre quem ela é ainda nesse primeiro livro. Adorei o fato de que a Laini Taylor não fica de enrolação ;) E vou parar por aqui pois não quero soltar nenhum spoiler.

Quando comecei a ler Feita de Fumaça e Osso, esperava um livro simples e até sem graça, mas como ele já estava na minha lista de desejados há muito tempo (antes mesmo de ser lançado no Brasil) acabei dando uma chance. Conhecem o livro Fallen da Lauren Kate? Vou fazer uma analogia, ok?! Quando li Fallen, após ler várias críticas positivas, eu esperava um livro inovador e muito original e minhas expectativas foram frustradas, Feita de Fumaça e Osso me deu tudo o quê eu imaginava que conseguiria com Fallen e muito mais! Achei o livro extremamente criativo, com uma narrativa que te prende e quando eu terminei, eu só consegui ficar de queixo caído e me perguntar ‘‘porque afinal eu ainda não havia lido esse livro antes??’’.

O livro é maravilhoso, Laini conseguiu criar um enredo bom e consistente, personagens cativantes e cenas memoráveis, principalmente as cenas de lutas e descobertas. Narrado em 3ª pessoa apresentando o ponto de vista de ambos os protagonistas, a narrativa leve e maravilhosa de Laini nos mantêm vidrados, pois queremos que os mistérios sejam resolvidos e que as nossas perguntas juntamente com as da protagonista sejam respondidas. Nos é apresentado o que está acontecendo no presente e o que houve no passado dos personagens, sempre mantendo o suspense, e assim, como num quebra-cabeça, pouco a pouco, vamos juntando as mais diferentes peças para enfim descobrirmos o resultado final, e que final hein.

Karou é uma das personagens femininas mais fortes que conheço, ela não possui todo o
lengalenga que algumas personagens da sua idade possuem e mais ela sabe o que quer, do início ao fim ela é firme, decidida, engraçada e inteligente. Quanto a Akiva, bem, o que eu posso dizer é que ele possui muita bagagem, Taylor o construiu muito bem e dinamizou muito seu passado, todos os personagens, conhecem a dor, perda e valores morais, o livro está recheado deles e de alguma forma ela nos dá um lição de vida sem soar chato.

A miologia que ela criou é bem estruturada e envolvente, não nos é totalmente estranho, mas surpreende pela criatividade, eu li o livro em questão de horas, você senta e quando vê já leu metade dele, as últimas páginas são as que passam mais rápido pois revelam muitos segredos e ao acabar, você se pega pensando em ler a sequência o mais rápido possível.

Eu adorei o livro e super recomendo para aquelas pessoas que querem conhecer personagens maduros e inusitados, para quem gosta de mitologia e para aqueles que querem um bom romance recheado de ação, segredos e suspense, pois nada em Feita de Fumaça e Osso é clichê.


Selecionamos alguns quotes do livro:






“Você já se perguntou alguma vez se os monstros fazem as guerras ou se as guerras fazem os monstros?...”
 “-Morte –disseAkiva. Sua vida se esvaía rapidamente agora que não segurava mais a ferida. Seus olhos só queriam fechar.- Estou pronto.-Bem, eu não estou. Já ouvi falar que estar morto é um tédio.”
''- Não conheço muitas regras para serem seguidas na vida – dissera ele. – Mas essa é uma delas. É simples. Não coloque nada desnecessário dentro de você. Nenhum veneno ou produtos químicos, nenhum vapor ou fumaça ou álcool, nenhum objeto afiado, nenhuma agulha que não seja essencial, sejam drogas ou tatuagens, e... nenhum pênis que não seja essencial também.''
'‘ – Você não é tola (...) Se existe alguma coisa que quer, corra atrás. A esperança tem poder. Não a desperdice com coisas tolas.’’


Livros que compõem a série Feita de Fumaça e Osso:
1. Feita de Fumaça e Osso (Doughter of Smoke & Bone)
2. Dias de Sangue e Estrelas (Days of Blood & Starlight)
2.5 Night of Cake & Puppets
3. Sonhos de deuses e monstros - tradução livre (Dreams of Gods & Monters)




1 comentários:

  1. Oi Andréia, nossa, adorei a resenha. Ficou um pouco longa, e até um pouco cansativa, mas ficou ótima. Eu amo esse livro, é um dos meus preferidos. Adorei o universo que a Laini criou. A Karou e o Akiva são incríveis, adoro a história dos dois e o passado da Karou. Nossa, fiquei sem folego lendo, e em como todas as coisas se encaixam.

    Se não leu ainda Dias de Sangue e Estrelas, leiaa logo!! Confesso que o início eu achei meio chatinho, a Karou fica meio cheia de mimimi no inicio, e nem parece a garota forte que ela é no primeiro... mas enfim, com tudo o que aconteceu, eu até relevei... mas nossa, a partir da metade o livro fica muitooo bom!! Várias reviravoltas que me deixaram sem fôlego... e uma coisa que eu gostei no segundo volume é que apareceram ponto de vista de outros personagens e tem um que eu fiquei apaixonada, o Ziri ♥.

    Nem sabia que tinha um conto... nossa, espero que a Intrínseca também publique ele. E nossa, estou super ansiosa para o ultimo e quero ver como a autora vai concluir a história.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo