controles do slide

20.1.20

A Cidade Murada
Autor: Ryan Graudin
Editora: Seguinte
Páginas: 400
Skoob  | Goodreads | Amazon Americanas Buscapé
A Cidade Murada é um terreno com ruas estreitas e sujas, onde vivem traficantes, assassinos e prostitutas. É também onde mora Dai, um garoto com um passado que o assombra. Para alcançar sua liberdade, ele terá de se envolver com a principal gangue e formar uma dupla com alguém que consiga fazer entregas de drogas muito rápido. Alguém como Jin, uma garota ágil e esperta que finge ser um menino para permanecer em segurança e procurar sua irmã. Mei Yee está mais perto do que ela imagina: presa num bordel, sonhando em fugir… até que Dai cruza seu caminho. Inspirado num lugar que existiu, este romance cheio de adrenalina acompanha três jovens unidos pelo destino numa tentativa desesperada de escapar desse labirinto.
18.1.20

Undone
Ano: 2020
Duração: 30min +/ - por episódio 
Gênero: Drama, fantasia, animação
Direção: Raphael Bob-Waksberg, Kate Purdy 
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Após sobreviver a um acidente de carro quase fatal, Alma descobre que desenvolveu um novo relacionamento com o tempo. Ela, então, decide usar essa nova habilidade para desvendar a verdade sobre a mote do próprio pai.
15.1.20

Rádio Silêncio
Autora: Alice Oseman
Editora: Rocco
Páginas: 448
Rádio Silêncio não é um livro leve e apresenta uma trama que prende o leitor até suas páginas finais. A história principal que envolve Frances e os gêmeos Last é acompanhada por dramas secundários que são tão envolventes quanto o cerne principal desta narrativa. É apenas lutando contra nossos medos mais secretos que podemos superá-los. E é apenas sendo verdadeiros com nós mesmos que podemos encontrar a felicidade. Frances vai precisar de cada gota de coragem que ela tem para viver esta aventura.
11.1.20


Os desplugados (The Unlisted)
Ano: 2019
Duração: 50 min +/ - por episódio 
Gênero: Distopia e drama juvenil
Criação: Justine Flynn 
Nacionalidade: Australiana
Elenco: Vrund Rao, Ved Rao, Abigail Adriano
Sinopse: Depois de descobrirem uma trama secreta para monitorar e controlar crianças, os gêmeos Dru e Kal se unem a rebeldes e fugitivos para tomar o seu mundo de volta.
9.1.20


Pessoas Normais 
Autora: Sally Rooney
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 264
Na escola, no interior da Irlanda, Connell e Marianne fingem não se conhecer. Ele é a estrela do time de futebol, ela é solitária e preza por sua privacidade. Mas a mãe de Connell trabalha como empregada na casa dos pais de Marianne, e quando o garoto vai buscar a mãe depois do expediente, uma conexão estranha e indelével cresce entre os dois adolescentes ― contudo, um deles está determinado a esconder a relação. Um ano depois, ambos estão na universidade, em Dublin. Marianne encontrou seu lugar em um novo mundo enquanto Connell fica à margem, tímido e inseguro. Ao longo dos anos da graduação, os dois permanecem próximos, como linhas que se encontram e separam conforme as oportunidades da vida. Porém, enquanto Marianne se embrenha em um espiral de autodestruição e Connell começa a duvidar do sentido de suas escolhas, eles precisam entender até que ponto estão dispostos a ir para salvar um ao outro. Uma história de amor entre duas pessoas que tentam ficar separadas, mas descobrem que isso pode ser mais difícil do que tinham imaginado. “O fenômeno literário da década.” ― The Guardian
7.1.20


macro shot photography of tree during daytime

Havia uma amoreira naquele quintal... - Ela havia dito enquanto costurava pequenos bordados em panos de pratos, os quais ela insistia em bordar várias rosas com um pequeno defeito: Em cada uma faltava uma pétala. E eu insistia em ficar intrigada com isso, afinal onde já se viu criar uma rosa tão peculiar? Era muito estranho olha-la, tentar aprecia-la mas ao mesmo tempo me imaginava aconchegada nas poucas pétalas restantes como uma pequena gota d'água ficaria. Ela olhou fixamente em meus olhos e isso fez com que eu desviasse o olhar dos bordados; seus olhos eram perfeitamente pretos, tão, mais tão pretos que era possível perder-se em seu olhar e talvez nunca mais se encontrar.

últimas resenhas