10.10.14

[Resenha] No Limite da Atração :: Katie McGarry

No Limite da Atração - Pushing The Limits #1
Autora: Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 208
Skoob  | Goodreads | Compare e Compre
Ninguém sabe o que aconteceu na em noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma ''esquisita'' cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. El só gostaria que as coisas voltasses ao normal.     Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.
Uma encantadora e emocionante jornada (-Simone Elkeles)


Echo, a garota estudiosa que tinha uma vida perfeita, até que depois de uma noite tudo muda, ela fica um tempo sem ir à escola e quando volta está estranha, reprimida, não interage muito com seus antigos amigos, passa a usar apenas blusas com mangas compridas, independente da temperatura, e é então que começam os boatos de que ela se mutila, mas o que quase ninguém sabe é que algo horrível aconteceu com ela, algo tão traumático que o cérebro de Echo reprimiu suas lembranças, e cada dia é uma batalha para não enlouquecer e se lembrar do que realmente aconteceu com ela naquela fatídica noite em que quase morreu, e ainda tem o agravante de que quando chegar em casa encontrará o pai controlador com a sua madrasta grávida e egocêntrica.

Cada capítulo é narrado por um dos protagonistas, o que é ótimo, pois conseguimos entender ambas as partes, ver o porquê de eles agirem de certa forma e ver como o outro vê essa atitude e o que acontece na vida deles nos momentos em que não estão juntos.

O Noah foi um protagonista bem diferente do que eu imaginei que seria, ele não é aquele típico bad boy, ele se sente sozinho e de certa forma ele não vê/tem perspectivas para si mesmo. Ele perdeu os pais e seu sonho é reaver os dois irmãos que estão em processo de adoção. Noah é visto como um garoto problema, que se droga e que não tem vergonha de ter fama de conquistador, mas esse é em parte apenas um estereótipo, pois há muita coisa que ele não revelou a ninguém.

Noah e Echo estudam juntos já há um bom tempo, mas nunca conversaram já que fazem parte de mundos distintos, e então se vêem unidos por um objetivo comum durante a terapia que fazem no colégio, e depois de certo tempo torna-se impossível resistir à atração que eles sentem e passam a conhecer mais sobre o outro, eles se completam e um sempre está ali pelo outro; juntos eles revelam seus segredos, libertam seus demônios e conseguem ter mais foco nos seus objetivos estando sempre dispostos a se sacrificarem por amor. São duas pessoas perdidas e sofridas que depois de muitos obstáculos conseguem se amar e ajudar tanto a si quanto ao próximo e às pessoas que amam. E a verdade e o amor são libertadores.
‘‘ (...) O Luke costumava me dar a sensação de borboletas no estômago. O Noah invocava pterodátilos mutantes.’’
Quando realmente descobrimos o que houve de fato com os personagens, como a Echo se machucou e como o Noah perdeu os pais e por tudo o que passaram, percebemos que há o efeito borboleta, uma pequena ação pode gerar uma reação estrondosa, e é impossível não ficar em choque e se emocionar quando a verdade vem a tona.
‘‘ Fiquei apavorado de me mexer, respirar, existir nesse momento. Na TV, os adolescentes eram mostrados como felizes, sem preocupações. A Echo e eu nunca teríamos uma vida daquelas. Meus pais morreram. Eu fui ferrado por um sistema que supostamente deveria me proteger. A Echo... A Echo foi traída pela única pessoa que deveria dar a vida para protegê-la.’’
No limite da Atração é diferente de todos os livros New Adults que eu já li, já que não tem nenhuma cena de sexo, então quem não curte livros com uma pegada mais erótica irá adorar No Limite da Atração. Achei perfeito a autora se focar somente nos sentimentos e dramas dos protagonistas, pois realmente vemos o bem que eles fazem um ao outro, sem falar nos personagens secundários que são incríveis e bem elaborados.

Eu amei esse livro, ele superou muito as minhas expectativas, eu não consegui largá-lo até saber o desfecho da história, a escrita da autora é muito boa, fluida, e há muito tempo eu não lia um livro com uma carga emocional tão grande. A Katie McGarry consegue nos transmitir os sentimentos dos personagens e da situação vivida com maestria, nos fazendo chorar e rir quando necessário. Esse livro levou minhas emoções ao extremo e me emocionei muito com a história de vida da Echo e do Noah. E confesso que o Noah se tornou um personagem muito querido para mim.

No limite da Atração é um livro sobre preconceitos, amor, redenção, perdão e recomeços. E foi uma das minhas melhores leituras do ano e ao contrário de muitos livros do gênero, esse é uma lição de vida e de aprendizagem. Está mais do que indicado!!
‘‘ – Por que as pessoas sentem orgulho de mim quando a minha está uma droga?  -- Porque crescer significa fazer escolhas difíceis, e fazer a coisa certa nem sempre significa fazer o que faz a gente se sentir bem.’’
No limite da Atração é o primeiro livro da série Pushing The Limits, mas pode ler sem medo, pois os outros livros serão protagonizados por algum dos personagens secundários desse primeiro volume, e o segundo livro é No Limite da Ousadia que tem como protagonista a Beth, irmã de consideração do Noah.



6 comentários:

  1. Uau!! Não conhecia o livro, mas pela sua resenha, que aliás foi muito boa, com certeza esse livro irá entrar para minha lista de leituras, parece ser ótimo, e eu adorei a capa.
    http://lecry.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Geovanna, No Limite da Atração é realmente muito bom, espero que goste tanto quanto eu gostei.
      Obrigada pela visita! Beijos

      Excluir
  2. Olha fiquei feliz quando vc disse na resenha que o livro não tem cena erótica, porque eu não curto esse gênero e eu tenho esse livro na estante, mas sempre tive receio de ler. Mas agora depois dessa linda resenha, vc acabou me convencendo e espero gostar da história tanto como você gostou. Achei ótimo tudo que vc falou sobre o livro, até porque chama bastante atenção o enredo. Espero poder ter a oportunidade de ler logo, porque amiga, estou com tantos livros para serem lidos que não sei nunca por qual começar primeiro (risos)

    Mas adorei tudo que vc colocou em seu ponto de vista.
    Me convenceu pra falar a verdade =] PARABÉNS

    Se cuida linda e tenha um BOM FINAL DE SEMANA
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, fico muito feliz que você tenha gostado da resenha e por favor, dê uma chance ao livro, garanto que você não irá se arrepender e depois volte para me dizer o que achou, combinado?!
      Obrigada pela visita e tenha uma ótima semana ;*

      Excluir
  3. Nossa, me veio na mente agora porque não li esse livro ainda!! Adorei a resenha e adoro a autora, as vezes falo com ela no twitter ela é sempre fofa!!!
    Beijokas
    Jeh
    www.jeitodler.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeh, espero que dê uma chance ao livro e que goste dele. Fico feliz em saber que a autora é uma fofa, assim me sinto mais incentivada a ler os outros livro dela.
      Beijinhos

      Excluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo