controles do slide

18.12.14

[Resenha] Métrica :: Colleen Hoover

Métrica - Slammed #1
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Skoob  | Goodreads | Compare e Compre
O romance de estréia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.


Não sei ao certo o que dizer de Métrica... se tivesse que definir a leitura desse livro em uma palavra acho que o definiria como arrebatador. É uma leitura apaixonante, depois que você começa, não quer saber de outra coisa que não seja finalizar a leitura e ao mesmo tempo você não quer que o livro termine.

Métrica tem como protagonista e narradora a jovem Layken que após a morte prematura do pai se vê obrigada a mudar de cidade junto a sua família, ou o que sobrou dela, que seria o seu irmão menor e muito perspicaz, Kel, e a sua mãe, com quem ela ficou chateada pela mudança abrupta.

Layken tenta se reerguer, afinal o alicerce de sua família se foi e isso é algo que dói muito para ela. Ela não tinha perspectivas com relação à mudança do Texas para uma cidadezinha ao redor de Detroit, isso até ela conhecer um rapaz chamado Will, irmão mais velho do melhor amigo de Kel (afinal crianças fazem amizades quase que instantaneamente). Só que como Layken bem sabe, tudo pode mudar muito rapidamente.
‘‘ – E o que é slam? – pergunto.    - É poesia. – Ele sorri para mim. – É disso que gosto.’’
A palavra Métrica faz referência a poesias, em inglês o título do livro é Slammed, Slam é uma competição em que poetas recitam seus poemas expondo suas emoções, sua alma, o que sentiram ou ainda sentem, extravasando tudo através das palavras e de movimento corporal e isso é avaliado por um júri formado por membros da platéia. Interessante, não? Mais legal ainda é que o Will é um poeta e sempre vai a essas competições, então o livro tem alguns poemas muito interessantes, tanto dele quanto de outros personagens. 

‘‘E daí? E daí que a dor sobre a qual você escreveu ano passado não é o que você está sentindo hoje? Pode ser exatamente o que a pessoa na primeira fila está sentindo. O que você está sentindo agora, e a pessoa a quem suas palavras talvez afetem daqui a cinco anos - é por isso que se escreve poesia.’’
Layken e Will têm várias coisas em comum, ambos têm muitas responsabilidades, e a conexão e química que surge entre eles são incontestáveis. Só que algo impede que eles fiquem juntos, algo realmente importante e que poderia prejudicar muito a vida dos dois, e que não envolve só eles, e sim ambas as famílias e eles terão que tentar lidar com isso e ver se conseguem transpor essas barreiras e se vale à pena.
‘‘Vou para o quarto e bato a porta com força. De novo. Quem sabe quantas portas já bati desde que nos mudamos para cá? Fico o tempo todo entrando ou saindo de cômodos com raiva de alguém. Will desconta nos poemas dele, eu desconto nas portas.’’
Ambos os personagens são fortes e determinados. O romance entre eles é um tanto turbulento às vezes, mas é doce e sutil, é óbvio que eles se encaixam juntos, é um tipo de casal que não faz sentido ficar separado, entendem? Ambos passam por muitas provações e merecem ser felizes.
‘‘Ele tira o casaco e o coloca ao redor dos meu ombros, segurando meu braço enquanto me ajuda a atravessar a rua. Eu me sinto um pouco ridícula com ele me amparando - sou capaz de andar sozinha. Mas não reclamo, e sinto que estou traindo todo o movimento feminista. Virei uma donzela em apuros.’’

Métrica é arrebatador e carismático, é um livro que eu quero sair por aí dando de presente para que outros também possam se apaixonar pela obra; e que ao mesmo tempo eu fico receosa e não querendo que tenha uma adaptação dele já que eu tenho vontade de guardá-lo só para mim. A leitura de Métrica foi como um presente, é aquele livro que, digamos, não te faz pensar, apenas sentir; e não é um drama que deixa a leitura carregada a todo o tempo. É impossível não sentir empatia pelos personagens.

Colleen Hoover tem uma escrita sutil e marcante que transborda emoções e sentimentos. Métrica está entre os meus livros favoritos nem tanto pela sua história, mais pela poesia, pelas emoções abordadas e como me fez sentir. Métrica transborda emoções, significados e reflexões e acho incrível quando um autor consegue transmitir tanto de forma tão singela e sem nenhum momento parecer forçado. E quando eu tinha que largar o livro para fazer outra coisa, eu me via pensando nesses personagens únicos, no slam que muitos personagens criaram para expressar tudo o que sentiam e pelo o que passaram.

Com certeza estou mais apaziguada ao saber que tem mais dois livros da série para serem lidos e que a autora tem outras séries já lançadas *-* Sabe quando o livro é tão bom que você quer simplesmente devorar tudo o que a autora lançar, podendo até mesmo ser a sua lista de supermercado? Então, é assim que me sinto com relação à Colleen e ao seu trabalho. Virei fã.

A capa é simples e para muitos nem é atrativa, mas eu gostei. Métrica é um livro lindo, com personagens maravilhosos e sensíveis, enfim, é cativante, eu com certeza quero que todos leiam esse New Adult e me contem o que acharam. Uma última observação, sei que muitos ficam receosos de ler livros NA por causa das cenas de sexo, então fiquem tranquilos que não terão esse ‘'problema’’ com Métrica


comentários pelo facebook:

10 comentários

  1. Olha eu sinceramente tenho que confessar que fiquei apaixonada pela sua resenha de MÉTRICA. Eu tenho o livro em minha estante sabe, mas eu ainda não li, porque quero completar a minha coleção e espero gostar bastante, porque eu tenho que confessar que me apaixonei pelo livro UM CASO PERDIDO. Sinceramente MARAVILHOSO. Amei mesmo. Espero ainda poder ter a oportunidade de ler as suas continuações.

    Mas vou procurar ver se compro o restante da série MÉTRICA para que eu possa ler e tirar minhas conclusões. E Andréia, não é por nada, mas vc tbm escreve muito bem viu?? hahahaha....Olha eu tinha visto sempre a Agatha postando e me chamou atenção. Agora vc tbm não deixa a desejar. Se expressa muito e eu gosto disso =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, tudo bem?
      Fico muito feliz que tenha gostado da minha resenha, de verdade!
      Espero que adquira logo os outros livros da série para poder iniciar a leitura logo.
      E muito obrigada!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Amei a sua resenha sobre Métrica! <3
    Não tinha lido nenhuma ainda, e só de ler a tua não sinto necessidade de procurar outras sobre ele para ter certeza que irei amar o Will e seus poemas e amar o Livro e a escrita do Collen!
    Estou pensando até de ganhar ele como presente de Natal! De tão ansiosa que fiquei para ler ! *-*
    Se antes ele nem estava na minha lista de desejados agora ele subiu para o Primeiro lugar!
    Quero muito ler!
    Parabéns pela ótima resenha! :)
    Beijos e até Andréia!
    Sou do Blog:
    http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, tudo bem?
      Fico feliz que gostou da resenha :)
      O livro é lindo mesmo, acho uma ótima pedida como presente de Natal. Depois que ler, venha me dizer o que achou, ok?!
      Espero que goste tanto quanto eu.
      Beijos e até breve.

      Excluir
  3. Resenha muitoooo bem feita...
    A cada dia que visito outros blogs vejo que o meu fica no chinelo, perto deles, e o seu também é um!! meus Parabéns, tá tudo muito lindo, impecável!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, obrigada pelos elogios e sobre o seu blog, vá modificando pouco a pouco o que te incomoda nele ;)
      Sucesso e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Oii Andréia, tudo bem? (ou bom dia haha)
    Aonde aperto para ter esse livro agora em minhas mãos? pois é, cada resenha que leio fico ansiosa para ler, e na livraria esqueço de comprar ¬¬ Ficou muito boa sua resenha, mais uma vez para me surpreender <3
    Fique com Deus <3
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, sobre onde clicar, na própria resenha tem uma parte dedicada a sinopse e abaixo está escrito compare e compre, pode clicar lá! (rs)
      Fico feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos

      Excluir
  5. Eu nunca havia parado para ler uma resenha desse livro, confesso. Gostei do que vi, estou com um livro da autora aqui na estante, darei uma chance antes desse.
    Beijos e ah, estou seguindo ok?

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Telemaco! Dizem que a cada livro escrito, a escrita e o enredo da autora só melhoram , então espero que goste desse livro.
      Beijos e obrigada por seguir o blog!

      Excluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas