24.2.15

[Resenha] Easy :: Tammara Webber


Easy - Contornos do Coração #1
Autora: Tammara Webber
Editora: Verus
Páginas: 308
Skoob  | Goodreads | Compare e Compre
Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Eu não sabia ao certo que esperar de Easy, eu já tinha lido algumas resenhas desse livro mas estava com dúvidas se iria gostar ou não. Sabe aquele livro que vem em um ótimo momento? Então, eu não poderia ter lido essa obra da Tammara Webber em melhor hora, fiquei encantada, os personagens são cativantes e a escrita é viciante.

A partir do momento que eu comecei a ler esse livro, me vi sugada para a estória da Jacqueline, uma jovem que deixou alguns sonhos e expectativas de lado para acompanhar o namorado à universidade que ele queria e que sofrera uma desilusão amorosa após o seu namorado terminar com ela por querer ter outras experiências - sexualmente falando, e num momento de tentar superar o ocorrido uma amiga a convence a ir a uma festa da irmandade e é lá que Jacqeline sofre uma tentativa de estupro, por alguém que ela conhece. Tentativa pois por pura sorte um jovem desconhecido aparece e consegue evitar que o pior aconteça.

Jacqueline não consegue tirar da cabeça esse estranho que a salvou e de repente ele parece estar em todos os lugares. E depois de um tempinho, o seu salvador desconhecido se revela como sendo um dos seus colegas de aula, de uma matéria que Jacqueline não está indo muito bem, trata-se de Lucas, que até antes do fatídico encontro ela nem mesmo sabia que existia, mas depois que o nota, Jacqueline faz questão de não esquecê-lo e ambos ficam bastante cientes um do outro.
'‘Ele se sentava na última fileira da aula de economia, desenhando ou olhando para mim em vez de prestar atenção nas aulas. Na noite de sábado, o toque firme de suas mãos enquanto dançávamos fez a minha cabeça girar antes que ele desaparecesse sem nenhuma explicação. Ele me despiu com os olhos, disse Erin, no meio do Starbucks – onde ele trabalhava. Era ousado e seguro de sai. Tatuado e gostoso demais para poder ser descrito em palavras. Parecia e agia como o bad boy que Erin e Maggie acreditavam que ele fosse.’’
Lucas é aparentemente um bad boy (mas tá mais para um nerd), a atração entre ele e a nossa protagonista é palpável tanto para o leitor quanto para os outros personagens do livro e é impossível não torcer para que o relacionamento deles se desenrole e que eles deem certo e isso vai acontecendo num ritmo bem calmo, achei legal a Tammara não ter feito tudo muito rápido, ela vai desenvolvendo muito bem o romance dos personagens e conforme isso acontece nós os conhecemos melhor e entendemos determinadas atitudes de ambos.

Jacqueline é uma personagem determinada que luta pelo que quer, mesmo tendo os seus momentos vulneráveis, ela não fica enrolando e nem fica de mimimi, o que me deixou muito feliz, pois eu adoro personagens que não são fracas; só não gostei do fato de que em certas situações, mesmo que sem querer, a personagem se colocava em perigo e para evitar escândalos deixou de tomar certas medidas que teriam evitado muita coisa ruim ao decorrer da estória.

O livro faz críticas sérias e bem trabalhadas com relação ao abuso de mulheres, promove a ação de que as mulheres podem e devem se defender e devem procurar obter conhecimentos para isso e que o silêncio nunca deve ser uma opção.
''- Ele estuprou você também?
Neguei com a cabeça enquanto calafrios desciam pelo meu corpo em uma onda desde o pescoço até os tornozelos.
- Alguém o impediu. Tive sorte.

Eu não imaginava quanta sorte tive até agora. Pensei que soubesse, mas, na realidade, não sabia.''
Easy é um livro de leitura fácil, fluida e marcante, foi uma leitura encantadora, que me prendeu desde o início e adorei acompanhar o desenrolar da relação da Jacque e do Lucas; Easy em muitos momentos me deixou sem palavras e de queixo caído com algumas surpresas. Gostei bastante de ambos os personagens, que tem muita personalidade, são fortes, têm traumas e que tentam superá-los na medida do possível, e mal posso esperar para ler logo Breakable que será contado pelo ponto de vista do Lucas, que é um personagem sexy, sutil e que guarda muitos segredos.


1 comentários:

  1. Eu devo ser a única pessoa do MUNDO que odiou esse livro, eu continuei apenas pelo Lucas, ao qual a versão Breakable é MUITO melhor.
    Leia

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo