3.3.15

[Resenha] @mor :: Daniel Glattauer

@mor - Emmi & Leo #1
Autora: Daniel Glattauer
Editora: Suma das Letras
Páginas: 184 
Skoob  | Goodreads Compare e Compre

Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura.
A capa de @mor não me chama muita atenção, não a minha edição pelo menos, ela é simples e meio monocromática e eu gosto de coisas mais vivas, nada pode ser menos vivo que branco e cinza e dois computadores, mas talvez ela combine muito bem com o tema, afinal o livro trata de um amor virtual.

Emmi Rothner ao tentar cancelar uma revista manda para o endereço errado suas mensagens e é assim que ela conhece Leo Leike, não instantaneamente claro, afinal passam-se vários dias até que Leo resolva lhe informar que ela não vai conseguir cancelar a assinatura com ele, meses até que ele lhe informe seu nome num e-mail de Feliz Natal e próspero Ano Novo e a partir daí a conversa meio que não morre mais.

Os dois se veem atraídos pela caixa de mensagens um do outro, falando desde coisas banais até outras que se tornam importantes, dando um tempo um com o outro de suas vidas reais e famílias para poder se divertir, divagar e ser com alguém que você provavelmente nunca verá, porém a cada mensagem, dia, semana a vontade de se verem aumenta e se torna quase um anseio palpável. Amy gosta, muito mesmo, de Leo e Leo deseja descaradamente essa mulher que lhe tira do sério apenas com algumas palavras sagazes. Mas e se eles se encontrarem e não forem o que o outro espera? E se o encontro quebrar o encanto que existe entre ambos? Mas o pior de tudo, se eles se encontrarem Amy está disposta à que? Ela tem família afinal, é casada e ama seu marido, mas isso impede seu coração de se questionar? Isso impede Leo de querer quem já pertence a outro?
''O quê? Agora você me deixa assim sozinha? Leo, você não pode fazer isso comigo! Escreva! Agora mesmo! Por favor!''

O livro é curtinho e todinho narrado em e-mail, ou seja, vemos a caixa de mensagens deles e só posso dizer que foi muito divertido, me lembrou, e muito, a estrutura utilizada por Meg Cabot ao escrever a Trilogia Todo Garoto, e sem falar que nos dias de hoje ver um romance assim não é fora da realidade e pouco comum no mundo literário.

Adorei acompanhar esses dois e ver o que cresceu entre eles, a maneira como eles lidaram com a situação e até mesmo os chiliques que eles deram, afinal todos damos, não? Foi interessante notar como ambos reagem um ao outro mesmo sem nunca terem se visto, explica muito bem esse fascínio que a era digital nos proporciona por pessoas que nunca vimos mas que conhecemos tão bem quanto nós, o livro nos mostra, mais ou menos, que eles se apaixonaram pelo o que o outro de fato é e não antes de mais nada pela estética da pessoa.
''Consigo ver nos meus e-mails pra você a verdadeira Emmi, como nunca vi antes. Na "vida real", quando se quer que as coisas saiam bem, se você está determinado, a gente tem que negociar o tempo todo com nossa emoções: eu não posso reagir de forma exagerada em relação a ISSO! Eu tenho que aceitar ISSO! Tenho que ignorar ISSO! O tempo todo a gente adequa nossos sentimentos às circunstâncias, poupa  aqueles a quem amamos, interpreta as centenas de pequenos papéis dia a dia, pesa as coisas na balança, a fim de não por em risco a estrutura geral, afinal a gente também faz parte dela.''
Só posso dizer que recomendo e que estou louca pela continuação então aqui vai uma dica "Não compre só o primeiro, compre os dois de uma vez, porque quando o primeiro terminar você vai querer evitar o escândalo que eu dei e ler logo o que acontece logo mais.", simples assim; aqueles que gostam de romances atuais sobre pessoas que se esbarram por aí na rede e se prendem, este é uma ótima indicação, Daniel Glattauer fez um bom trabalho com os diálogos entre as personagens, não é fácil prendem o leitor e criar uma boa trama apenas por meio de falas.

8 comentários:

  1. Que resenha perfeita ! Não conhecia esse livro, mas a sinopse me interessou bastante. Acho que deve ser um livro que passa bastante rápido, e em períodos de faculdade, o que mais preciso é de livros curtos ! Adorei a indicação *-*

    Beijos,
    Bia

    www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bia.
      Que bom que gostou e sim, passa rapidinho mesmo, é incrível na verdade!!! Digo isso porque também faço facul e sei que tem mil coisas a serem feitas kkk.
      Bjinhos e que bom que gostou da indicação e obrigada!

      Excluir
  2. Olá Agatha, adorei sua resenha e só por ela já fiquei com vontade de ser sua segunda opniao sobre a sequencia, imagina lendo o livro, dica anotada =D

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Joi.
      Obrigada, fico muito contente que eu tenha te feito querer ler o livro, essa é a intensão afinal!!!
      Bjinhos.

      Excluir
  3. Também achei capa bem simples.

    A história parece legal, mas acho que eu me irritaria com tanta escrita em modelo de e-mail.

    Mas parabéns pela resenha! Ficou muito boa!

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhonatan.
      Então, essa versão da capa é simples, a original - que seria a primeira na verdade - e simplesmente muito lindinha, é que eu não dei sorte :,(
      Bom, quanto a escrita, posso dizer que por mais que sejam e-mails, os personagens não escrevem de qualquer jeito, eles são cultos kkk, então não atrapalha.
      Obrigada e abraços também!

      Excluir
  4. Agatha mais uma vez estou surpresa pela sua resenha, porque eu fiquei ENCANTADA com a história. Pelo que você contou com certeza irei amar. Até porque na verdade eu já tinha lido outras resenhas e se não me engano já até está na minha lista de desejados, mas eu ainda estava com receio de garantir um exemplar pra mim sabe? Mas mesmo assim quem sabe eu ainda compro, porque adorei tudo que você abordou e isso dos personagens ficarem trocando mensagens um para o outro e depois ir crescendo um sentimento é algo que me envolve por demais. Enfim...Parabéns pela resenha. Adorei =D

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-selecao.html

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é um amorzinho <3 Li em um dia e no outro já corri para ler a continuação, é tão rápido de ler e tão gostoso que não tem como não curtir a estória.
    Eu amo essa capa, acho ela linda demais
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo