23.5.15

[Resenha HQ's] Pequenos Perpétuos :: Neil Gaiman, ilustrado por Jill Thompson

Os Pequenos Perpétuos
Autor: Neil Gaiman ilustrado por Jill Thompson
Editora: Vertigo
Páginas: 64
Skoob  | Goodreads | Compare e Compre
A pequena Delirium está perdida. Barnabás, seu cãozinho favorito e protetor, já percorreu o mundo desperto em busca de sua pequena princesa, mas não teve sucesso. Sua única alternativa é percorrer os estranhos reinos dos outros Perpétuos, os misteriosos irmãos de Delirium, para descobrir se eles sabem o paradeiro de sua dona…Jill Thompson revisita Os Pequenos Perpétuos – versão infantil dos personagens de Neil Gaiman que criou baseada na série Sandman – e torna os sonhos em realidade.A edição inclui ainda esboços originais e os segredos por trás da história.

Era um dia pistachioso. Delirium e Barnabás saíram perambulando por aí. Eles sentiram o perfume da música e provaram palavras que eram particularmente crocantes, como cintilante e cítrico.
Como podem perceber por essa citação esse livro nos trás uma estórinha um tanto quanto peculiar e assim o é pois se trata dos Perpétuos de Sandman - para quem não sabe, são sete irmãos Sonho, Morte, Desejo, Desespero, Destruição, Destino e Delírio - e todos sabem que quando eles estão em cena - para aqueles que não sabem fiquem sabendo -, as coisas não são nada menos que interessantemente diferentes.

Barnabás tinha uma tarefa bem simples: proteger Delirium, mantê-la no caminho certo e ser seu fiel companheiro, mas ele a perdeu no simples segundo em que levou para fazer xixi. 
– Ó não – choramingou Delirium –, meu cachorrinho escapou! Ele deve estar perdido! E muito assustado! Não se preocupe, eu vou te buscar sr. Perdidinho Perdidoso!
E agora ele terá que recorrer aos irmãos mais velhos da pequena Delirium sobre onde é possível que ela esteja e torcer para que eles fossem de alguma ajuda. 

E é assim que Barnabás entra em uma jornada pelos seis reinos pertencentes aos irmãos mais velhos de sua garotinha.

O livro é curtinho e tem um aspecto extremamente fofo e apesar do caráter meio infantil, o livro segue cheio de palavras divertidíssimas e aquarelas maravilhosas dos personagens queridos de Sandman que fazem os fãs se sentirem extasiados.

Claro que o livro pode sim ser recomendado à crianças - eu leio para os meus irmãozinhos, ou lia, agora eles o fazem sozinho -, mas também recomendo para todos os fãs de Neil Gaiman - para aqueles que não sabem Coraline é dele - e de Sandman, recomendo para fãs do imaginário e de belas artes gráficas e para fãs de HQ's.

Era dever de Barnabás cuidar da efervescente princesa, pois ela era muito distraída e com frequência se perdia ao sair andando sozinha por aí.

0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo