10.2.16

[Resenha] O Vitral Encantado :: Diana Wynne Jones

O Vitral Encantado
Autora: Diana Wynne Jones
Editora: Galera Record
Páginas: 304
O avô de Andrew Hope acabou de falecer e lhe deixou seu casarão como herança. Mas muito mais do que isso. Ele era um grande mago e Andrew herdou também o campo de proteção da propriedade (o que automaticamente o torna responsável pela segurança de todos os que vivem ali) e um curioso artefato: um vitral de muitas cores e claramente mágico. Quando o jovem Aidan Cain, caçado pelos temidos Perseguidores, surge em sua porta à procura de abrigo, Andrew encontra nele um amigo para desbravar os arredores do casarão. Mas com Aidan ele vai descobrir que o passado de sua família pode ter muito mais magia do que imaginava. Diana Wynne Jones nos proporciona uma aventura delicada e cheia de humor britânico moderno. O Vitral Encantado é um prato cheio para os fãs de Neil Gaiman e outros autores de fantasia. 

 O Vitral Encantado é um livro infantojuvenil escrito pela britânica Diana Wynne Jones que é uma aclamada escritora de fantasia, na própria capa desse livro há uma indicação do Neil Gaiman, ainda não li nada do autor (shame on me) mas sei que muitos leitores que acompanham o blog gostam dele e que suas indicações pesam na hora da escolha de um livro.


O livro começa com Andrew Hope, um ‘‘professor universitário’’ como ficará conhecido por todos, indo para a casa que herdou em Melstone do avô após descobrir a morte dele pelo aviso do seu fantasma, chegando lá somos apresentados a um universo repleto de magia e seres mágicos, onde tudo é afetado pela magia, seja de forma direta ou indireta, desde pernas magicamente criadas a legumes de tamanho desproporcional ao por nós conhecido. Andrew é herdeiro de um grande legado, de obrigações com relação ao casarão e seus funcionários, bem como à magia e campo de proteção aos quais ele fica alheio durante certo tempo.

Paralelamente as novidades apresentadas à Andrew, conhecemos o jovem órfão Aidan que está sendo perseguido por seres desconhecidos e que tem como meta procurar o mago Brandon para que ele possa protegê-lo dessas criaturas, só que para sua surpresa o mesmo faleceu então só lhe resta pedir ajuda ao neto do mago, Andrew.

O livro gira em torno da vida dos personagens e sobre a descoberta de Andrew e Aidan sobre a magia, sua manipulação e qual é de fato a herança deles, além do questionamento com relação a quem está perseguindo o jovem Aidan e o que está acontecendo na região.
‘‘- Aprender, para mim, parece sempre significar seguir uma linha reta e ignorante, e então, de vez em quando, dar um salto bem alto. Você não concorda?’’
O livro tem um pouco mais de 300 páginas e por ser um livro direcionado para o público infantil achei o desenrolar da estória enrolado, por exemplo, não sei quantas vezes a autora falou de legumes e dos seus tamanhos absurdos quando ela poderia ter diminuído muito essas repetições que na minha opinião foram desnecessárias, parece que a estória só avança e de fato se desenvolve após a página 200 mais ou menos, que foi quando a leitura prendeu a minha atenção para que os mistérios finalmente começassem a serem desvendados.

A capa da obra ficou delicada e muito bonita e com certeza tem relação com o conteúdo da obra, assim como o seu título, o vitral tem papel importante no decorrer da trama. Gostei de a autora dar voz a todos os seus personagens, nele as preocupações de todos são levados em conta e até uma criança tem voz para opinar e é relevante. O livro é narrado em terceira pessoa dando enfoque a mais de um personagem nos fazendo ver que todos tem preocupações e ideias que devem ser levadas a sério independente da sua idade. A magia é delicadamente intrincada na composição dos personagens e a trama é repleta de seres mágicos que vão desde magos, contrapartes, seres gigantes até cachorros que se transformam em gente.

Apesar de ter considerado a obra em certos momentos travada, eu gostei da narrativa, da criação dos personagens e do desfecho da obra então sim, eu recomendo a leitura independente de idade, pois além de tudo o que citei ela transmite mensagens muito bonitas e que valem a pena serem transmitidas.

 ‘‘Ainda assim, Aidan podia ouvi-lo cantando a distância. Então voltou para a cama, assombrado com o quanto era fácil fazer alguém feliz. A Vó sempre dizia que assim você também ficava feliz, mas Aidan até então nunca acreditara muito nisso.’

E vocês, já conhecem o trabalho da Diana? Gostariam de ler essa obra?


25 comentários:

  1. Oie, pela capa linda dele, eu iria ler.
    Mas fiquei confusa com o fato dos legumes, acho que algumas coisas podem ser contidas num livro, certamente eu iria me ver confusa nessa história.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Então, a estória não é confusa, tudo é explicado ao seu modo. Só que há certas repetições que mesmo fazendo parte e sentido no enredo achei desnecessário, rs.

      Beijos

      Excluir
  2. Ooi,
    Não sei o porquê mas eu me lembrei de As Crônicas de spiderwick. Kkkk
    Amei a capa, a história parece ser bem bacana. E sua resenha, ótimaaa!
    Brijoos! :)

    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Ainda não li As Crônicas de Spiderwick então além do fato de ambos serem fantasia não sei se tem mais alguma similaridade, rs.
      E a capa é mesmo uma graça né?!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha ^^

      Beijos

      Excluir
  3. Oieeee. Legumes? kkkkk pois é, quando vi que era uma leitura infanto juvenil achei a história um pouco complexa mas achei interessante, mas a questão de ser repetitivo talvez me fizesse ter a mesma impressão que vc.Ainda assim eu leria, para matar minha curiosidade, bjosss!



    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hey!
    Creio que assim como a maioria, eu também adorei essa capa e eu com certeza leria o livro!
    Sua resenha me deixou tentada a me dar uma chance, a última citação é tão <3
    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Andréia, não conhecia nem autora e nem obra, mas adorei a história.
    Meus olhos brilharam quando vi a palavra mago. hahahahaha
    Fiquei mega curiosa e interessada em ler.
    Super dica.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  6. Oiee,
    Eu não conhecia o livro mas adorei! A historia me encantou e QUE CAPA! Hahahah.

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie
    a capa desse livro é simplesmente demais, adorei sua resenha e estou encantada com o enredo, tentarei ler em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/p/politicas.html

    ResponderExcluir
  8. Olá
    sua resenha ficou muito bem elabora, por mais que não seja um gênero que eu curta muito. A capa do livro está muito lindo. Parabéns pela resenha ♥

    ResponderExcluir
  9. Oie, amei a resenha e esse livro me conquistou já, premissa linda, capa linda, já vou procurar ele aqui.

    Até mais, http://www.meninoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da autora, mas tenho vontade de ler O Castelo animado, adorei essa capa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Não conhecia nem o livro nem a autora, mas gostei da sua resenha.
    Esse não é bem o meu gênero preferido, então dessa vez eu passo. hahahaha
    bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Nunca havia lido nada da Diana, mas essa obra parece mesmo ser bem interessante. Adoro obras que nos transmitem ótimas mensagens e com um desfecho meio inesperado. Dica anotada. bjssss
    www.quinzeinvernos.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Andreia, eu fiquei super curiosa com esse livro, sou suspeita de falar pois amo infantojuvenis e esse parece ser um livro incrível. Sua resenha me cativou a ir atrás dele o quanto antes!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  14. Ei, tudo bem?
    Adorei a premissa do livro, apesar de ser um infanto juvenil sei que vou gostar bastante da história, principalmente por ter sido indicada pelo Neil Gaiman. Adorei a capa a espero realmente ler o livro em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  15. A capa é linda e o nome do livro super criativo. mesmo que você tenha achado a leitura um pouco travada, pretendo ler.
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Olá! Eu nunca li nada da autora, mas essa capa e a história me conquistaram. Adoro esse tipo de leitura, adoro infantojuvenil, acho que me daria bem com a leitura, haha.

    Beijos!
    Hels, The Blue Blog

    ResponderExcluir
  17. Li algo sobre esse livro recentemente e quero muito ler. Tem um teor que não curto muito envilviso mas o geral é maravilhoso, e Neil indicando é Neil indicando

    ResponderExcluir
  18. Os livros da Record sempre estão com as capas lindas demais, Gostei deamis da história.

    ResponderExcluir
  19. Os livros da Record sempre estão com as capas lindas demais, Gostei deamis da história.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    A capa é realmente apaixonante!! E adoro fantasia, acredito que toparia ler a obra sim, mesmo sendo um pouco enrolada hahahhah

    Parabéns pela resenha
    Beijokas

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Não conhecia o trabalho da Diana, mas sim, fiquei curiosa com o livro. O nome já me lembra um pouco a infância, a capa bem leve tb acabo me vendo.. hahahha gostei muito! Espero poder lê-lo esse ano!
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Ainda não conhecia a autora e também gostei da capa. Esse ano pretendo dar mais foco a fantasia, não leio tanto desse gênero quanto gostaria, apesar de amar seres e lugares mágicos, enfim tudo o que envolve magia. Mesmo você dizendo que a história só irá avançar a partir da página 200, fiquei bem curiosa mesmo, pois parece ser um livro muito interessante.

    Abraços,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
  23. Oii que linda a capa!!
    A historia do livro parece ser bem legal, mesmo tendo o inicio meio parado!!! Não conhecia o livro, mas ja quero hahaa

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo