22.4.16

[Resenha] Simon vs. a agenda homo sapiens :: Becky Albertalli

Simon vs. a agenda do homo sapiens
Autora: Becky Albertalli
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.
Simon tem um segredo, ou seria certo dizer que ele tem dois segredos? Mas como um faz parte do outro, vamos colocar como sendo um, ele é gay e conversa há meses com um colega da escola, que ele não sabe quem é, que se identifica como Blue, mas tudo bem, pois ele também não disse quem é, para Blue ele é Jacques. Aquilo é seguro e gostoso e de alguma forma meio empolgante.

E apesar de Simon entender o receio de Blue de sair do armário e se revelar ao mundo, inclusive à ele, afinal o próprio Simon não contou para ninguém, ele sabe que será um grande estardalhaço, a cada dia que passa e a cada e-mail trocado seu coração bate mais forte por uma pessoa que ele sabe estar perto, mas que também está muito longe, e a vontade de Simon jogar tudo para o alto e encontrar esse cara só aumenta, contudo o medo de perder o que conquistou com Blue o faz ser cuidadoso.

Mas tudo muda quando ao acessar seu e-mail na escola ele se esquece de deslogar e Martin descobre seus e-mail, o que tudo bem, nada grave até aí, ainda mais porque Martin não parece ser um cara maldoso e idiota, só que o garoto fez capturas de telas e agora está pedindo a Simon uma ajudinha para conquistar Abby, amiga de Simon, do contrário... Bem, do contrário todo mundo saberá não só dele como também de Blue.

Entre a cruz e a espada Simon se vê num dilema, ele não tem nada contra Martin, o cara é engraçado e tudo, mas ele não quer ajudá-lo, ainda mais por causa de Abby, contudo há o fator capturas de tela, Blue e Abby cada vez mais próxima de Nicky, então talvez não seja uma má ideia convidar o rapaz para algumas festas.


Só a premissa desse livro já me deixa animada e vou dizer, este livro valeu cada centavo pago, juro para vocês. Eu o li em uma sentada e conforme devorava as páginas ia surtando cada vez mais e quando chegou no fim... bom, eu ainda estava tão encantada que reli os últimos capítulos duas vezes.
Primeiro de tudo, é claro que Oreo se qualifica como grupo alimentar. Segundo, é o ÚNICO grupo que importa... inventamos um lugar chamado Oreolândia....Só Deus sabe no que a gente estava pensando. Devíamos estar morrendo de fome. Minha tia é um desastre na cozinha.
O livro começa com a chantagem e logo de cara você percebe que Simon é um rapaz com um senso de humor e maneira de ver a vida bem únicos e só isso já te conquista, ler Simon é como estar vendo algo que não consegue te fazer parar de sorrir satisfeito. E ao longo da leitura ele vai nos apresentando ao seu universo e aos seus momentos com Blue, sendo capítulo dia-a-dia, capítulo e-mails, e tudo simplesmente flui, te carregando pelas páginas.
Todo mundo ri, e, sinceramente, esse é o melhor momento. Todas as luzes do auditório estão apagadas, menos as do palco, e estamos todos com os olhos brilhando e rindo como bêbados. Eu me apaixono um pouquinho por todo mundo.
Conforme fui conhecendo os personagens, eles são muitos e adoráveis e não me batam, mas até mesmo o Martin com sua chantagem me conquistou, e lendo os e-mails trocados entre Simon e Blue eu fui me apaixonando e sentindo o que ele sentia, e percebendo que esse livro não é só mais uma estória de amor, mais um romance juvenil, mais um livro com garotos gays. Esse livro é uma representação linda de um pedaço de vida, que todos deveriam conhecer para entender as coisas e serem mais felizes.
Branco não devia ser o padrão, assim como hétero não devia ser o padrão. Não devia existir nenhum padrão.
Eu tenho amigos gays e sei pelo que eles passam, sei como eles pensam, e sei que tudo pode ser bem complicado e ao mesmo tempo maravilhoso e lendo Simon eu consegui dizer, "Cara, isso é real...", coisa que nem todos fazem, pois nem sempre acertam ao escrever sobre o tema, mas Becky pegou todos os macetes, todas as inseguranças, todas as situações possíveis e descobertas e transformou isso em algo lindo, tocante e encantador, porque é isso que esse livro é.
Bram estava certo: as pessoas são mesmo como casas de quartos grandes e janelas pequenas. E talvez seja mesmo uma coisa boa que a gente nunca pare de surpreender os outros. 
Ele te mostra que dois rapazes podem se gostar, que você pode se apaixonar por alguém do outro lado de uma tela, que nem sempre conhecemos as pessoas que amamos tão bem quanto pensamos, que todos são uma caixinha de surpresa, que ser quem você é e ponto requer coragem e que ainda é muito difícil ser homossexual em nosso mundo, pois todos acham que isso é algo errado e fora do padrão, mas que para início de conversa nem deveria existir um padrão.

Para fãs de David Levithan, Rainbow Rowell e Stephanie Perkins esse livro é mais que recomendado por mim, na verdade ele é mais que recomendado para qualquer um, sim, eu simplesmente amei esse livro esse tanto assim!!!
E não consigo parar de sorrir. Há momentos em que realmente dá mais trabalho não sorrir.
 

39 comentários:

  1. Ooi, tudo bem? Olha, primeira resenha que leio desse livro e foi uma que me convenceu a ler. Fiquei há algum tempo em duvida se deveria ou não, pois achei a sinopse um pouco fraca na intenção de me chamar a atenção, mas parece ser uma leitura bem agradavel. Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil!
      Ai que amor, nossa fico muito feliz em saber que você curtiu tanto a resenha a ponto de mudar de ideia sobre ler o livro, de verdade. E satisfeita, pois esse livro é sensacional, de verdade, uma leitura que vou passar a recomendar que nem louca por ae.
      Bjokas

      Excluir
  2. Oie! Nossa, eu não tinha tanta vontade de ler esse livro, mas conforme vou vendo resenhas fico empolgada. Essa parece uma história bonita do amor entre garotos e do preconceito que estes sofrem. Pelos quots também acho que vou gostar muito dos personagens e passando ele na frente na minha fila de leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Tamara.
      Sim miga, é sim, é lindo e verdadeiro e tocante e fofo e lindo e... Aiai, entrou para meus favoritos kkkkk, acho que você vai amar e vou esperar sua resenha para conferir se estou certa ou não!
      Bjokas miga

      Excluir
  3. Oi Agatha, já li vários livros e postagens especiais sobre esse livro. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler, mas fico cada vez mais motivada a querer realizar essa leitura. Acredito que pode proporcionar aos leitores muitas mensagens especiais e realistas. Adorei a sua resenha, ainda mais porque você conseguiu expressar bem seus sentimentos durante a história.
    Beijos, Fer
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Fer.
      Ai que bom que consegui, estava transbordando emoção conforme escrevia, é sensacional, de verdade e fico mais que contente em saber que você quer ler, pode confiar, você não vai se arrepender!
      Bjokas

      Excluir
  4. Olá, tudo bom?
    Eu já mais do que conheço essa obra rsrs, mas essa é a primeira resenha que leio sobre o livro. Acho a proposta da obra muito boa e essa capa é muito linda, o título é que é um pouco confuso rsrs. Espero poder ler em breve, já que ele é bem curtinho. Adorie as suas considerações da obra, até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Manoel!
      Menino o título é longo mas ele se explica durante a obra e meu Deus, é um tapa na cara, ou como tenho ouvido de amigos "Abaixa que é tiro!", mas sério, você lê e fica pensando que tudo faz sentido e que tudo é uma loucura e que nosso mundo é estranho e nossa sociedade meio maluca e que o amor é a coisa mais complicada, complexa e linda do mundo, seja ele como for, é lindo, e digo isso até para aquelas histórias de amor que você termina e tá chorando e se perguntando por quê!!!!!!
      Ai... empolgada aqui. Bjokas e uma boa leitura viu?

      Excluir
  5. Oi Agatha,
    estou com esse livro aqui já faz um tempinho e apesar de tudo ainda não me aventurei a lê-lo, primeiro porque estou com uma lista infinita na frente e segundo por que trata-se de um estilo que nunca li ainda não sei muito bem o que esperar. Fico feliz que a leitura tenha sido tão positiva pra você, confesso que acabou sendo um estímulo positivo pra mim.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Del.
      Super te entendo, apesar de ter amigos gays e amigas também, confesso que às vezes é difícil entender e que durante a leitura eu ficava meio "Cara, por que eu tô estranhando essa situação? Meninas babam em cima de caras e acham fofos e surtam, um garoto também deve fazer isso se ele curte um cara né?", e confesso também que acho que seria meio estranho ler uma protagonista lésbica, pois é algo que sai do meu campo comum sabe? Mas é bom, leia, se permita essa visão de mundo, pois é tocante, é humano, é amor.
      Bjokas

      Excluir
  6. Quando vi as primeiras divulgações deste livro, não dei muita atenção, mas sua resenha mudou minha perspectiva. Talvez porque você tenha relacionado a escrita ao David Levithan e à Rainbow Rowell e eu adoro os dois. Já estou em sentindo a melhor amiga do Simon... rs Quero ler o mais rápido possível!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ivi!
      Menina te adoro kkkkk! Se prepare, você vai mesmo querer ser a melhor amiga do Simon e depois pode vir surtar comigo para que a gente ame todos esses personagens juntas!
      Bjokas e boa leitura ;)

      Excluir
  7. Oi!
    Adoro livros com essa temática adolescente que envolvem os gays, mas como você disse o autor tem que saber escrever bem o tema, pois pode não parecer real, o que não é o caso desse livro.
    Gostei da profundidade da história, de como ela é leve e ao mesmo tempo faz a gente pensar em tudo que essas pessoas sentem, e cmo pode ser difícil pra elas 'sair do armário'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim Sabrina.
      É muito difícil e concordo muito com o Simon quando ele diz que tudo é "sair do armário", pelo menos senti que estava nesse tipo de situação quando decidi contar para meus pais que cursaria Letras, que tinha virado blogueira, que estava afim de um cara... Na vida, bom, sinto que muitas pessoas pensam quadrado e se esquecem que foi descoberto a séculos já que o mundo é redondo...
      Bjokas

      Excluir
  8. Olá Agatha,
    Tenho visto muitos posts sobre esse livro e, cada vez que leio um, tenho certeza que preciso comprar e ler logo.
    Já criei vários amigos virtuais e tive namoros assim, é fascinante você saber que ama alguém que você não sabe se, de fato existe, e se te ama.
    A temática também é interessante, pois é um momento difícil, afinal, se assumir perante uma sociedade que não aceita nada é difícil.
    Espero ter a oportunidade de ler e sentir o mesmo que você ♥
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bruna.
      Kkkkk, sim menina, estava lendo uma pesquisa e hoje em dia os casais que se conhecem pela internet são mais felizes e tem menos casos de separação que os que se conhecem pessoalmente sabia? É claro que é um tiro no escuro, a pessoa do outro lado é real demais para você, mas na verdade ela não é real nos sentidos mais garantidos da palavras, mas bom, todo relacionamento é assim: um risco não?
      Espero que possa ler logo e que veja o que esses meninos aprontam.
      Bjokas

      Excluir
  9. Oi linda!
    Já vi a resenha desse livro em alguns blogs,mas achei a sua bem mais construtiva e elaborada. Eu acho muito bacana o tema abordado sobre o homossexualismo e a autora se eu não me engano é psicóloga e usou da sua experiência com grupos de apoio.
    Muito em breve lerei esse livro.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Camila! Como anda menina, bem?
      Então miga, eu vi isso também e achei sensacional, ela fez um trabalho parecido com o da escritora de Uma história de amor e TOC sabe?
      Espero que ame de paixão tanto quanto eu amei, só te digo, quero mais livros dessa mulher kkkk.
      Bjokas

      Excluir
  10. Oi!
    Eu estou louca para ler esse livro. Além da capa ser muito legal, a premissa é super interessante e ele é super bem conceituado. A sua resenha positiva só me comprovou isso. Eu to louca pra ler esses e-mails, vi que são demais!! Parabéns pela resenha. :D

    beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Anelise.
      Menina os e-mails são demais, não tem o que falar, é incrível como ela beira a realidade sabe? Como ela criou tudo.
      Bjokas e espero uma boa leitura para ti, além de obrigada, fico contente por ter gostado da resenha.

      Excluir
  11. Oiee ^^
    AAAAh eu tô doida para ler este livro! O vi num blog há alguns dias e foi paixão à primeira vista! Adoro livros com personagens LGBT ♥ Saber que você gostou tanto do livro e que até releu os últimos capítulos (eu também faço isso de vez em quando...hehe') me deixou ainda mais curiosa para lê-lo, e imagino que vou gostar bastante do Simon, pois adoro personagens com senso de humor ♥ Como fã assumida, apaixonada de coração e alma por David Levithan, Stephanie Perkins e Rainbow Rowell, acho que esse livro vai me conquistar ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Dryh!
      Menina você vai amar, tenho certeza, aposto na verdade - nada de dinheiro, porque não tenho tido nem para mim j.j -, mas sério, que bom que você vai ler e eu também amo de paixão, agora quero que conhecem a aparecer livros que os casais sejam compostos por meninas também, as mulheres tem que começarem a ser representadas nesses sentido sabe?
      Bjokas

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha visto esse livro por ai, mas nunca tinha lido nada sobre ele e gente, estou apaixonada, sério *-* Eu gosto bastante dos livros do David Levithan e esse me lembrou os livros do autor, por isso fiquei animada, além disso a premissa está muito curiosa e interessante, sem contar que os personagens parecem ser incríveis mesmo. Enfim, ameeeei a sua resenha e vou marcar essa dica linda o/

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Larissa.
      Que bom!!! Nossa, fico contente, de verdade, por mim e por você, fico feliz que tenha anotado a dica e curtido a resenha e espero que sua leitura seja maravilhosa, viu?
      Bjokas

      Excluir
  13. Eu adorei a premissa também. Achei meio curioso você se encantar até mesmo pelo personagem chantageador, mas dado que você amou a história como um todo creio que só lendo mesmo para entender o que é esse personagem. Eu acho incrível a falta de empatia que algumas pessoas possuem com a questão homosexual e talvez um livro desse, leve e cheio inseguranças palpáveis, seja exatamente o que a gente precisa para tentar entender o outro lado e quem sabe não alcançar mais pessoas que entendam de uma vez por todas que amar é simplesmente amar.

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mariana.
      Sim, amar é simplesmente amar, adorei. Concordo contigo, só lendo para entender esse personagens e concordo também sobre as pessoas entenderem isso logo, não sei, mas desejo que o mundo e que os filhos que um dia eu terei e meus netos viverão seja mais simpatizante com o diferente que o nosso, mas acredito que nossa geração tenha chegado para mudar isso sabe? Tenho visto e a cada dia é mais um soco de consciência na cara de todos vamos ver se a sociedade entende antes de ficar banguela.
      Bjokas e uma ótima leitura.

      Excluir
  14. Oi Agatha, sabe que desde que eu vi o lançamento desse livro eu sinto vontade de ler, ele trata de um assunto delicado e que pode ser simples também. Pela sua resenha pude perceber que é tudo muito real e o livro só nos mostra muito mais, com certeza quero ler ele e me encantar assim como você!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Kétrin.
      Espero mesmo que se encante e que ame esse livro, é o tipo de leitura que perpetua mesmo depois de finalizada.
      Bjokas miga

      Excluir
  15. Oiii!!

    Ághata, eu tô apaixonada por essa obra mesmo sem ler. Todos mundo está caindo de amores e elogiando essa escrita então tenho certeza que vou amar ler.
    Sua resenha está liiinda! Me provou de que é uma ótima pedida (pena que tá carinho no momento)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ana.
      Kkkkkk, esse foi um dinheiro que não me importei de gastar, sério, mais que merecido e acho que devia se tornar uma leitura escolar, daquelas né ~~~~~
      Mas sério, espero que ame.
      Bjokas

      Excluir
  16. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste assim do livro, considerando-o tocante e encantador! :)

    É verdade que nao sao todos os escritos que aceitam o tema que é a homossexualidade.. :) A verdade e que isso nao e muito bem visto na sociedade ainda! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Verdade, não é bem visto mesmo, mas espero que isso mude cada vez mais, odeio ver o amor dos outros serem rebaixados ou condenados só por ser diferente.
      Bjokas

      Excluir
  17. Agatha, fico muito feliz de saber que você gostou tanto da leitura, mas confesso que esse tipo de história não me atrai. E quando digo esse tipo de história quero dizer histórias em que as pessoas se conhecem pela internet (ou seria melhor dizer que se conhecem de forma verdadeira, já que são colegas da escola). Não entra muito na minha cabeça as pessoas se apaixonarem trocando e-mails, embora eu não duvide que seja um livro maravilhoso não acho que vá me conquistar.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ju.
      Super te entendo, e respeito também, mas isso é algo que tenho aprendido na faculdade, o ser humano é um ser da linguagem e por mais que o físico ajude e tudo, nós nos encantamos com as palavras que o outro nos diz, com suas atitudes e às vezes uma pessoa que está só na tela pode nos entender muito mais do que alguém que vemos todos os dias, se não é seu caso, fique contente viu? Você tem ótimas pessoas ao seu lado.
      É estranho, mas não impossível, só acho que é algo que acontece sorrateiramente e que te faz ver o interior antes de mais nada.
      Bjokas

      Excluir
  18. Olá

    Não conhecia o livro mas já o quero. Essa pegada de realidade me atrai bastante e gosto de ler livros nessa tematica. Ver que você gostou tanto da obra so me deixa ainda mais curioso. Fico feliz que os autores estão saindo da zona de conforto para falar sobre assuntos que devem ser falados.

    Everton equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Everton.
      Antes de mais nada devo dizer uma coisa, adoro essa artista que você usa como imagem de perfil, amo de paixão!
      E sim, fico feliz que isso tenha acontecido cada vez mais, é bom, é esperançoso e é gostoso. Espero que goste bastante da leitura.
      Bjokas

      Excluir
  19. Oi, Agatha, gostei da premissa do livro, gostei da capa, gostei da sua resenha, ou seja, já quero ler esse livro! pllmds! Finalmente, as editoras tão trazendo livros com essa temática pra cá. Gosto muito, nos mostra outra realidade e tal.

    HTTP://PORREDELIVROS.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    A capa do livro me chamou bastante atenção, além de que o plot parece ser bem interessante. Simon me despertou interesse, e parece se desprender dos clichês também!

    Abraços, Heitor Botti
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Ainda não li nenhum livro que abordasse esse tema, estou super ansiosa e até com um certo receio. O livro parece ser fofo e espero gostar tanto quanto você gostou. Entrando na lista.

    Beijos,

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo