controles do slide

27.6.16

[Resenha] Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática :: Thalita Rebouças

Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática 
Autora: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz. O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.
Mesmo sendo um livro direcionado ao público adolescente, Thalita Rebouças surpreende com uma narrativa incrível que acaba também fazendo com que adultos se identifiquem com a história.


O livro conta a história de Teanira (sim, Te-a-ni-ra), que prefere ser chamada de Tetê. Ela é uma menina que parece ter todos os problemas adolescentes combinados em uma só pessoa: não é muito magrinha, não tem a pele perfeita, nunca teve amigos de verdade, nunca beijou ninguém, não tem mais privacidade na casa nova e não recebe apoio nem da própria família, que acredita que a menina é maluca. Para piorar tudo, ela está prestes a encarar mais uma coisa assustadora: o ensino médio.

Assim, Tetê passa a maior parte dos seus dias vendo filmes tristes, ouvindo músicas melancólicas e fazendo o que ela mais gosta no mundo inteiro: cozinhar - ela até compartilha várias receitas incríveis e facinhas com o leitor durante o livro!



A narrativa começa no primeiro dia de aula de Tetê. Não preciso nem dizer que ela está surtando com toda a situação e morrendo de medo de sofrer bullying mais uma vez, né? Mas não é bem isso que acontece. Já no primeiro dia, ela faz dois amigos. Isso mesmo, DOIS. E são ambos o Davi e o Zeca que vão ajudar a Tetê a superar os problemas da vida dela e ver que tudo isso não passa de uma fase e que acontece com todo mundo.

Ela também conhece já no primeiro dia o menino mais lindo do colégio, Erick. Ele é um menino muito fofo e trata Tetê bem desde o começo, o que faz com que ela se apaixone por ele muito rápido. O único problema é que o Erick namora com a menina mais insuportável da escola, a Valentina, que não perde tempo em começar a praticar bullying com a Tetê.

É assim que começa um ano muito diferente de tudo o que Tetê já viu. Ela vai lutar para conseguir finalmente viver um romance, ver do que as amizades são feitas, vencer muitos preconceitos e também entender que toda história tem dois ou mais lados.
"Como as pessoas são diferentes por dentro! Como as aparências enganam! Como a gente coloca uma armadura para não mostrar quem é por dentro..."

O livro é inicialmente focado no público adolescente, até por causa dos dramas que envolve e por todo jovem ter que lidar com pelo menos um dos problemas do mundo da Tetê. Mesmo assim, a facilidade da narrativa também atrai adultos, já que eles também podem se lembrar de experiências passadas e ter uma segunda opinião sobre tudo o que passaram.



A escrita é extremamente jovem, o que faz com que o livro seja lido muito rapidamente. Além disso, tenho que admitir que Thalita Rebouças me surpreendeu com toda a história e também me fez rir diversas vezes. Tetê é uma personagem divertidíssima que cativa o leitor já no começo e que às vezes faz muitas das besteiras que nós já fizemos ou sempre ficamos com vontade de fazer.
"Não dói e não custa tentar sair da nossa zona de conforto. Se ficar ruim, a gente volta para ela. Mudar só um pouquinho por fora pode mexer um muitão por dentro."
Um dos temas centrais do livro é o bullying, que eu considero ser um tópico muito importante e que a autora conseguiu explorar muito bem. Ela mostra os dois lados, de quem sofre e de quem pratica. Além disso, ela também representa muito bem que às vezes é preciso sair desse ciclo do bullying que se instala e muita gente tem medo de fazer algo a respeito, mesmo que não estejam envolvidos.

Tetê é uma personagem incrível para mostrar exatamente isso. Apesar de ser muito atrapalhada, esse passa a ser um dos charmes da personagem principal, que mostra que não é apenas aparência que importa nesse mundo e que cada um pode encontrar alguém com quem combine e em quem confie. 
"Adolescentes cruéis são cruéis em qualquer lugar."
Um dos melhores pontos do livro é a força da amizade. O trio Tetê, Zeca e Davi mostram para o leitor como amigos deveriam se tratar, mesmo cada um deles tendo uma personalidade muito distante do outro. Assim, cada um deles adiciona uma coisa importante e diferente para o relacionamento dos três.

Por fim, é um livro extremamente rápido, fofo, que trata de temas importantíssimos e de todos os tipos de problemas que as pessoas podem ter no ensino médio. Tudo isso com muito humor e uma escrita que te faz devorar as páginas.



A Editora Arqueiro também fez um trabalho incrível nesse livro, colocando mensagens de texto com emojis, as receitas em quadradinhos super fofos e ainda por cima uma capa linda digna de ficar ali na sua estante. Muito amor por essa edição! <3

comentários pelo facebook:

26 comentários

  1. Oi Bruna,
    Sua resenha ficou linda, assim como as fotos na postagem! Estou bem ansiosa para ler esse livro e acho que vai ser uma das minhas próximas leituras para o próximo mês. Pelo que pude perceber, é uma leitura bem dinâmica, e eu estou apaixonada por essa capa ♥

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também estou apaixonada por essa edição o trabalho da editora está impecável, assim como a escrita da Thalita. Apesar de ser voltado para o público jovem, acho que faz muito bem os "mais velhos" (kkkk pegou mal) leem também. Eu não tenho mais a idade para qual o público é voltado mas ainda assim eu amei e me apaixonei pelo livro e, só uma observação, eu quero uma amigo Zeca para mim!!!!

    ResponderExcluir
  3. Amo a Thalita Rebouças, mesmo sem te rido nenhum livro dela... Aco que ela conseguiu estimular a leitura em uma parcela muito ativa das meninas adolescentes e isso será para a vida toda. este livro aqui tem vários elementos que me deixam curiosa para ler, principalmente o bullyng. Espero poder ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Bruna,
    Essa leitura parece ser incrível: rápida, fluída e com uma história realmente interessante.
    Acho muito legal a premissa do livro, pois Tetê parece ter sofrido muito com tudo e isso é mais comum do que gostaríamos. Outro ponto que chama minha atenção é a amizade entre os personagens, ela parece ser bem presente e forte na trama e isso é importante.
    Adorei sua resenha, ela só aumentou minha curiosidade de ler o livro!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li o livro da Thalita, mas eu gostaria muito de ler.
    Minha colaboradora leu e gostou muito. Gosto de livros que tratam de algo mais jovem, pois a gente não só se lembra de tudo que já passamos na adolescencia, mas também a gente pode ainda passar para os filhos ou até mesmo para os sobrinhos que no meu caso tenho dois que provavelmente um dia vou poder ler um livro assim. Acho os livros da Thalita Rebouças otimo para os adolescentes, mas eu sou uma adolescente eterna, por isso me arriscarei na leitura sim!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/06/resenha-guardia-do-tempo.html

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Sou aquela pessoa que ama a Thalita sem nunca ter lido nada dela kkk Me identifiquei muito com a Tetê! Sempre me senti excluída assim. Esse tema do bullying é muito importante divulgar principalmente nessa fase que os livros dela são direcionados, que é onde eu acho que mais acontece. A amizade me parece um ponto muito importante no livro.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Bruna, tudo bem?
    Estou lendo tantas resenhas positivas sobre esse livro que estou desejando-o. Apesar da temática adolescente e ser voltado para esse público, eu gosto das leituras do gênero, acho até nostálgico e me pego lembrando da minha adolescência. É sempre bom mostrar as faces do bullying assim quem sofre com as mesmas situações encontra conforto e quem pratica passa a ter conhecimento do sentimento de quem sofre. Eu gosto de cozinhar então acredito que irei adorar as receitinhas. Espero ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna!
    Eu adoro a Thalita e a diagramação desse livro está linda, assim como a capa, mas eu vi tantas opiniões negativas que me desanimei bastante em relação e ele e acho que provavelmente acabarei desistindo de o ler, ao mesmo por agora para não me deixar influenciar pelas resenhas que li.
    Ademais, sua resenha e suas fotos estão ótimas, parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Bruna, tudo bem?
    Eu sou apaixonada na Thalita Rebouças, acho a escrita dela muito leve e para o público da minha idade mais ou menos, e isso é muito bom, tratar de assuntos adolescentes, porque acaba incentivando mais jovens a entrar no mundo da literatura pois trata de um tema que muitas meninas por ai vivem. Não conhecia o livro, mas eu preciso dele pra ontem, já esta na minha listinha! Espero gostar do livro.

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Bruna, tudo bem?
    Nunca li livros da Thalita, mas li os contos que ela deixava na revista Atrevida, que eu era assinante e sempre me identificava com tudo que ela escrevia, pois na época ainda era adolescente. Apesar de estar na fase adulta, continuo gostando de ler histórias assim e pela sua resenha com certeza irei me identificar bastante com a protagonista, muitas vezes senti que o ensino médio era um pesadelo para mim. Sem falar que também amo cozinhar! Também achei bacana o livro falar sobre o bullying, é algo que precisa ser constantemente debatido pois é algo sério que pode ocasionar em consequências graves para as vítimas e quando esse tema é inserido na literatura, de certa forma ajuda a combatê-lo pois fará com que os leitores conscientizem mais e não fiquem parados diante dessas situações. Espero ler o livro em breve, também amei a edição maravilhosa.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruna,

    Eu nunca li nada da autora, mas espero ler esse livro para conhece-la melhor. Eu espero não me decepcionar. Ela trata de um assunto difícil, bullying, de uma forma bem leve e acessível. Isso eu admiro muito, porque todo mundo tem acesso a essa história e entende a importancia de discutir o assunto. Adoro essa capa também. :D

    beijo!

    ResponderExcluir
  12. Logo quis esse livro, pois a capa é linda e eu sou dessas que compra pela capa também hahaha Mas fora isso, sua resenha me empolgou bastante. Apesar de ser uma livro mais adolescente, você citou vários elementos muito interessantes para a leitura de qualquer um, como o bullying e a força da amizade. Fico contente que tenha gostado e em breve pretendo adquirir este livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oii...
    Eu já vi varias resenhas desse livro (acho as receitas muito boas embora eu não cozinhe nem miojo kk) e os dramas da vida adolescente ainda estão super frescos na minha memoria, e bom o livro ter esse enfoque na amizade, como eu disse já vi varias resenhas, e a cada resenha quero ler mais ainda esse livro, a sua me causou uma grande curiosidade rs
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Apesar de conhecer a Thalita há tempos, ainda não li nenhum livro dela, apenas pq os gêneros são incompatíveis comigo (não sou muito chegada a romances juvenis, depende muito). Este livro tem uma capa bacana, apesar do título um pouco longo, e uma diagramação interna bem bonita (amei as fotos!). Acho que irei começar por ouro livro dela antes de pegar esse, ok? ;) bj! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curte aí!

    ResponderExcluir
  15. Eu curto de montão livros adolescentes e to de olho nesse da Thalita (q é uma escritora incrível!) mas estava receosa se ela tinha acertado na receita. Sua resenha mara me diz q sim \o/
    Os temas abordados nesse tipo de livro é importante tanto para o público alvo qto para os adultos, ainda mais o bullying. Tem adultos q ainda o praticam ou incentivam suas crianças a praticarem, é preciso romper o ciclo como vc bem disse.

    http://blogmundodetinta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi linda, eu estou doida para ler esse livro pois me parece aquele tipo de leitura gostosa que você nem percebe a hora passando e que te rende boas gargalhadas além de claro nos lembrar da nossa própria época de adolescentes.
    Sua resenha me fez ter ainda mais vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi
    A Capa do livro é linda, porém não posso deixar de afirmar que essa é a unica coisa que me chama atenção na obra. Primeiro porque não gosto dessa temática tão adolescente e segundo porque acho esse titúlo de um mal gosto tremendo, ainda mais em se tratar de uma obra escrita por uma mulher.
    Essa leitura eu com certeza passo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Eu gostei desse liveo, achei a trama bem descontraida e envolvente. Eu ainda não conhecia o trabalho da autora, e entendo o motivo de ser tão querida pelo público jovem. E o trabalho da editora está lindo mesmo, a capa escolhida é linda e bem fofa.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  19. Oie Bruna!
    Apesar dos livros da Thalita serem para uma facha etária bem pré-adolescentes/adolescentes. Eles são sempre muito bons, já li alguns e gostei bastante. Preciso admitir que não sei se todos os leitores iriam gostar, já que linguagem é realmente bem jovem e os assuntos são meio bobos até. Mas além disso a autora sempre nos apresenta temáticas como Bullying,Autoestima, problemas familiares e sentimentais.
    Pessoalmente estou curiosa para conferir o livro em questão. Espero ter a chance de lê-lo em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna, realmente a Thalita Rebouças tem feito uns livros super legais. Ainda não li nada dela, mas ela está sempre me surpreendendo nas sinopses e resenhas por ai. Se eu fosse mais nova, seria um livro que eu ia amar ler. Adorei sua resenha!

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Bruna, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha e do livro, estou bem curiosa com ele, até para conhecer mais da escrita da autora e eu curto esses livros mais juvenis. Achei que a diagramação dele está impecável e muito chamativa. Pretendo ler ele bem em breve. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Olá!!

    Thalita Rebouças é uma autora que tenho muita curiosidade de ler! Não conheço sua escrita mas julgo ser parecida com a da Paula Pimenta! Livros voltados par ao publico pré e adolescente mas que lidos por adultos faz reviver o passado!
    Adorei sua resenha bem explicativa, fiquei curiosa pra ler, afinal, quem nunca sofreu bullying né?

    bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  23. Já passei muito da idade da Tetê, e foi meu primeiro contato com a escrita da Thalita. Felizmente posso dizer que me surpreendi muito e consegui voltar no tempo, me identifiquei bastante com a protagonista e pude relembrar várias coisas que vivi. Me diverti muito com a leitura e amei as receitas que foram colocadas no livro! E achei bem legal a autora abordar todos os lados do bullying, normalmente o foco fica só em quem é a vítima e assim ficou muito mais interessante.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Confesso que eu não gosto muito de livros adolescentes, mas esse livro da Talita vem me chamando muita atenção, principalmente pela protagonista ser bem fora dos padrões, e sofrer bulling.
    Fico feliz em saber que a autora tenha consieguido passar bem o tema na leitura, e mostrar os dois lados dessa agressão.

    ResponderExcluir
  25. Adorei a resenha, ficou linda com as fotos, além de não deixar a leitura cansativa. Essa historia é bem clichê, mas se é da Talita eu quero ler. Já li outro livro dela na época do colegial e até hoje está entre os meus favoritos. Lerei com certeza este. Beijos

    ResponderExcluir
  26. Já quero! Só pelo título e sinopse já adorei e confesso que me identifiquei um pouco.

    https://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas