controles do slide

24.8.16

[Resenha] Obsidiana :: Jennifer L. Armentrout

Obsidiana - Lux #1
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Páginas: 320
Começar de novo é um saco.
Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices… Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm… os prognósticos estavam melhorando.
Até que… ele abriu a boca.
Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.
O alien gato (meu vizinho) tem poderes!!!
Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como árvore de natal e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Daemon até a magia alienígena desaparecer. 
Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.
Após o falecimento do pai, Katy e sua mãe saem da ensolarada Flórida para uma cidadezinha na West Virginia e tudo o que a mãe de Katy mais quer é que ela faça contatos e crie laços. Então, quando descobre que os vizinhos tem a mesma idade de sua filha ela sugestiona que a mesma vá se apresentar, e é o que ela faz, ou melhor, tenta fazer pois o cara que atende a porta não poderia ser mais gostoso e... babaca. Ele tira onda com a cara da Katy e a faz se sentir uma idiota além de querer dar um belo chute nele.

Mesmo tendo um inicio conturbado com Daemon, o vizinho gostosão, isso em nada impede Katy de se tornar melhor amiga de Dee, imã do babaca. Só que conforme as duas ficam próximas mais determinado fica Daemon em deixar claro que a relação das duas não o agrada em nada e que isso deve acabar pois colocará Dee em risco. O que não adianta nada, pelo contrário, só fortalece a determinação das duas de serem amigas.

Só que Dee vive aprontando e arma situações em que os dois são obrigados a conviver, nem que seja por um curto período de tempo e Daemon fica nessa inconstância de bad boy, num momento ele é socialmente aceitável e no outro um idiota que me fez ficar ultrajada com esse tipo de comportamento. Poxa cadê o romance? Como a mocinha vai se envolver com alguém que a trata assim?

Só que tudo vai sendo desvendado, como a motivação do comportamento estranho do Daemon, os sumiços de Dee e certos hábitos dos irmãos. A verdadeira natureza dos dois é revelada à Katy num momento em que Daemon lançava mais um dos seus discursos ''afaste-se de nós'' e num momento em que Katy quase fora fatalmente ferida.

Após essa revelação e Katy aceitar o que os irmãos são ela descobrirá que as brigas e a química que tem com Daemon são situações fáceis de se lidar quando comparados ao mal que espreita a cidade e tem como meta os gêmeos e outros iguais a eles e claro, eles farão de tudo para chegar ao seu objetivo e digamos que Katy encontra-se no meio desse percurso e parece que só assim ela e Daemon conseguirão um momento de trégua nesse relacionamento conturbado e explosivo, pois sério, as cenas envolvendo os dois soltam faíscas para todos os lados!
Obsidiana é um livro que estava na minha lista de desejados há um bom tempo, antes mesmo de ele ser lançado aqui no BR e fico muito feliz por uma editora brasileira -finalmente- estar publicando as obras Jennifer L Armentrout, então meus sinceros agradecimentos a Valentina!

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da Katy que é muito engraçada e além disso ela é uma blogueira literária e transmite muito bem a paixão que sentimos pelo que fazemos - me senti representada!

Obsidiana é perfeito para quando precisa-se de leituras envolventes e que prometem um bom entretenimento, pois depois que você começa só ficará tranquila(o) depois de terminar a sequência, Ônix, que já foi publicado em português. A obra é um romance jovem adulto e mesmo tendo fatores semelhantes a outras obras do gênero, como Crepúsculo, por exemplo, fica claro que a autora tem uma forma toda dela de desenvolver a sua estória, tornando Obsidiana um diferencial com relação a outros livros do gênero romance paranormal destinado a jovens adultos.  

Obsidiana é o primeiro livro de uma série com 5 volumes, então esse livro meus queridos, é só o começo de uma jornada que eu estou mais do que ansiosa para devorar!



comentários pelo facebook:

8 comentários

  1. Oie migaaa.
    Kkkkk, ouvi tantos comentários mais negativos que a sua recomendação foi uma surpresa e agora o livro fica em stand by, vamos ver né? Ainda sim, adoreiii a resenha viu?
    Bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha ^^ e eu realmente gostei do livro, aliás, gostei desse primeiro e do segundo. Acho que você deveria tirá-lo do stand by e ler para podermos conversar sobre ele haha.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá.
    Li muitas resenhas sobre o livro e cada uma é mais linda que a outra. Fico com uma curiosidade imensa, pois se só tem resenha positiva o livro tem que ser mega bom. E a premissa do livro já me deixou muito interessada, espero poder ler em breve. Fiquei feliz em saber que é um livro envolvente. Adorei a capa.

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Ja vi em loja e nem dei uma chance, mas sua resenha me fez ficar muito afim de ler. Adoro livros assim!

    Att,
    Gabrielly Gomes

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Como é fantasia, não me interessou, mas já vi várias resenhas positivas e parece ser um ótimo trabalho da Valentina trazê-lo para o Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Olá Andréia! Seu blog é encantador. Eu nunca li um livro com um personagem alien, inda mais sendo tão charmoso. Haha' Que máximo a personagem Katy ser blogueira literária, isso me fez querer ler o livro. Eu gostei de Crepúsculo e gosto de livro sobrenaturais, então acredito que vou gostar. Beijos'

    ResponderExcluir
  6. Oi Andréia, sua linda, tudo bem?
    Eu amoooooo esse livro, risos... Gente Daemon é irritante no início, nossa, mas é isso que o torna irresistível, risos... E depois, quando soubermos de toda a história dele, ah.... impossível não se derreter!!! Eu estou louca para que vá para o cinema, e teriam que colocar o modelo da capa nas telas também, risos...Sua resenha ficou ótima, espero que todos possam ler!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas