controles do slide

4.4.20

[Indicações] Motivos para ler Raíza Varella


Boa tarde galerinha como vocês estão? Espero sinceramente que bem.

E por esperar que estejam bem eu decidi lhes apresentar uma das autoras mais fofinhas, gente boa e talentosa que eu - com honra - conheço: Raíza Varella!!!!! ~barulho de tambores sendo rufados.

Neste post vou montar uma lista de motivos para vocês lerem os livros da Raíza e vou apresentar seus livros.

Espero que gostem!!!

1 - Se você ama romance, comédia romântica, drama, chicklit, boas risadas, personagens doidinhos e repletos de cargas emocionais complexas e brigas ridiculamente reais entre irmãos e bons amigos NÃO TEM COMO você não amar essa escritora;

2 - As capas são sempre um amorzinho maior que o outro para se ter na estante;

3 - Ela é um amor de pessoa que não poupa esforços para interagir com seus fãs;

4 - É uma escritora nacional de romances que merece TODO o merecimento e devido crédito por seu trabalho duro e maravilhoso;

5 - Sabe os Bridgertons? Ou melhor, sabe os Hathaways? E todo aquele caos gostoso e familiar que só irmãos que se amam muito podem ter? Pois é, a Raíza tem muito disso.

6 - Ela tem personagens que são médicos e só as leitoras que são fãs de séries médicas sabem o quão difícil é encontrar livros com médicos de protagonistas;

7 - Suas mulheres sempre são fortes mesmo sendo frágeis e são capazes, mesmo desejando um homem ao seu lado você sabe só de olhar que aquela mulher poderia sambar na cara de meio mundo se quisesse;

8 - Há crianças, gente grávida, cenas bêbadas, cães e gatos e sorvetes e comidas sendo roubadas e só eu sei o quão tudo isso pode ser surtante se colocado junto;

9 - Nenhuma escritora que escreva uma personagem que se pareça com a Barbie Malibu versão humana e acessível ou que cria uma mulher que no conforto da sua casa usa pijamas inteiros de bichinho e unicórnio tem a capacidade de escrever algo que não seja no mínimo muito decente;

10 - A Rai destrói seus sonhos de um homem perfeito porque ela eleva o padrão de perfeição demais, porque seus boys são reais e isso os torna perfeitos e serem extremamente gatos também né;

E se pensam que sou só eu... não galera, eu perguntei no grupo de leitores da Raíza e segundo eles:

"Ela não é óbvia, sempre nos surpreende. Você sorri e chora. O humor também é maravilhoso."

"O modo como ela escreve faz com que nos sintamos dentro do livro, porque as emoções são passadas direto para nós."

"A Raíza constrói personagens com personalidades únicas, pautadas pelas experiências de cada um, pelo desenvolvimento psicológico e afetivo de cada estória de vida. O que faz com que nada seja óbvio, mas que nos encante e desespere de acordo com os rumos que o livro toma."

"Ela escreve pessoas reais. Com defeitos e qualidades."


O príncipe encantado existe?Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.

Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera.


O que você perdoaria por amor?Em O Garoto que eu Abandonei vamos conhecer a história do último encantado dos irmãos Bittencourt. Gustavo mantinha uma namorada secreta a meses com medo da reação de sua família e principalmente de Bárbara, sua irmã caçula, afinal ele sabia que ela não aceitaria facilmente esse relacionamento por ter um passado com a mulher que ele acredita amar. Quando o segredo vem à tona ele decide se casar com a moça doa a que doer, lançando ao vento um desafio tentador a Bárbara: Afundar o casamento a qualquer custo, mesmo para que para isso ela precisasse colocar o seu felizes para sempre com um certo garoto dos olhos azuis em risco! A solução? Recorrer a uma misteriosa mulher do passado do irmão. Ela não sabe nada sobre a moça misteriosa, a não ser que ela partiu o coração de Gustavo em um milhão de pedacinhos depois o abandonou. Se ele a amou ao ponto de escondê-la de todos será que ficaria balançado se a visse novamente? Bárbara acredita que vale a pena tentar, afinal a ruiva com os olhos cinzentos e infelizes parece ser sua última e única opção. O que ela não imaginava é que a história dos dois é mais profunda do que se deixa transparecer.Marcela é morta por dentro. Uma detetive particular de humor ácido que não tem papas na língua, pesa mais do que gostaria, e guarda dentro do peito uma dor feroz e uma saudade absurda após perder toda a família em um acidente de carro, também é a Branca de Neve de um certo príncipe encantado. Será que ela será a arma certa para impedir o noivo de chegar ao altar?Em meio a encontros e desencontros, um passado secreto, muitas mentiras e uma maça envenenada poderá existir um final feliz?
Após flagrar o namorado com outro cara (não, você não leu errado) e constatar que o safado tem um gosto para homens melhor que o seu, Eva se arrepende de ter abandonado a família, o gato, o emprego, os amigos e até o país para seguir o imbecil e decide que é hora de voltar para casa, com um mau humor feroz e sem um tostão no bolso. Embora a vida em casa esteja bem diferente do que ela se lembrava, Eva é obrigada a seguir em frente e lidar com a situação como uma mulher adulta. Mas o destino lhe prepara uma nova surpresa: um amor proibido. Será Eva corajosa o suficiente para lidar com mais um coração partido, mesmo que seja pela estrela mais brilhante do céu?



ElaEu o chamo de Ms. Foda Fantástica.Ele ainda não me conhece, mas por causa das paredes finas dos nossos apartamentos eu sei tudo a respeito dele.Faz 39 dias que o cretino se tornou meu vizinho de porta.Faz 39 dias que o cretino me faz pecar.Faz 39 dias que eu não durmo direito por causa das suas “noites agitadas”.Faz 39 dias que eu não penso em outra coisa a não ser me sufocar com o travesseiro.Eu o odeio.Eu o odeio como nunca odiei ninguém.EleEla me odiava.Ela não foi como as outras garotas.Ela não perdeu o rumo na minha cama.Ela não arrancou as roupas e gritou dentro do meu apartamento.Ela fez pior.Ela me contou todos os seus pecados dentro do elevador e condenou minha alma ao inferno porque agora não tem nada que eu deseje mais do que tê-la para mim. O problema é que Roberta Brasil já é de outro.Bem-vindos ao Edifício Souza's Pallace, meu nome é Atila Benite, e essa é a história de como nós dois pulamos de mãos dadas da sacada do sétimo andar, rumo ao silêncio de um sentimento proibido.

comentários pelo facebook:

Um comentário

  1. Oi, Agatha como vai? Eu li "Caçadora de Estrelas" e curti o livro, os demais livros dela eu não li, mas certamente são livros maravilhosos. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas