controles do slide

6.1.21

[RESENHA] Um marido de faz de conta :: Julia Quinn



Um marido de faz de conta
- Os Rokesbys #2
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304 

Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha, Cecilia Harcourt tem duas opções: se mudar para a casa de uma tia ou se casar com um vigarista. Para fugir desses destinos, ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar do irmão. Após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela encontra o melhor amigo dele, Edward Rokesby, inconsciente e precisando desesperadamente de cuidados. Mas, para permanecer a seu lado, Cecilia precisa contar uma pequena mentira... "Eu disse a todos que era sua esposa." Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade. Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar ao homem que ama. Mas, quando a verdade vem à tona, Edward também pode ter algumas surpresas guardadas para a nova Sra. Rokesby.

Esse foi meu primeiro livro da série The Rokesbys da autora Julia Quinn; e embora seja o segundo da série, que se inicia com "Uma dama fora dos padrões"; esse tem uma história paralela focada em outros personagens da família dos Rokesbys, e com uma nova protagonista, Cecilia Harcourt.


O livro já nos prende logo de cara com uma trama simples e gostosa de ler. Narrado em terceira pessoa, a mocinha Cecilia vive na Inglaterra de 1779, durante a Guerra Civil pela independência dos Estados Unidos, e seu único irmão Thomas Harcourt foi pra América servir na Guerra. Depois da morte de seu pai idoso, Cecilia se vê sozinha e perdida, ao receber uma carta do exercito, seu irmão é dado como ferido. Sem receber mais noticias do seu paradeiro e sem recursos financeiros, ela tem que recorrer ao único parente homem herdeiro da propriedade da sua família, Horace.

Mas Horace só aceita ajudar Cecilia se a mesma aceitar seu pedido de casamento. Longe de querer se casar por conveniência com um homem que detesta, Cecilia recusa o pedido e toma uma decisão arriscada: ir atrás de seu irmão Thomas do outro lado do Oceano.

Ao chegar lá, Cecilia se assusta ao descobrir que seu irmão está desaparecido. Sem saber o que fazer diante do desespero, ela vai a procura do amigo de Thomas que também foi ferido em combate, Edward Rokesby. Ela só conhecia o soldado pelas cartas trocadas com seu irmão, onde ele sempre mencionava Edward, e os dois conversavam por intermédio de Thomas. Impedida pelos oficiais de poder falar com Edward e obter informações sobre o paradeiro de seu irmão, Cecilia precisa mentir ser a recém-casada sra. Rokesby.

Mesmo sabendo o erro da mentira, Cecilia acredita que tudo se resolverá e contará a verdade quando Edward acordar da inconsciência, mas seu plano vai por água abaixo quando Edward acorda e não se lembra do que aconteceu nas últimas semanas, mas lembra que Cecilia é irmã de seu amigo, com quem ele gostava de trocar cartas. Mesmo confuso, ele acredita na ideia do casamento, e sem muitas opções, Cecilia segue sustentando a mentira, na esperança que Edward recobre a memória com informações de seu irmão.

A primeira coisa que pensamos é que não tem como uma mentira dessas dar certo, mas a trama vai empurrando a protagonista cada vez mais na mentira, e fica quase impossível sair dela. Principalmente ao descobrir que Edward é na verdade um conde, e seus contatos com o governador de Nova York é a única forma de descobrir a verdade secreta sobre o que aconteceu com Thomas.

Logo ao primeiro encontro Edward fica fascinado com Cecilia, e até aceita facilmente a história do casamento, já que o mesmo já tinha um significativo interesse por Cecilia ao ler suas cartas e ver seu retrato. O desenlace do casal é desenvolvido pelos diálogos leves, e quanto mais Cecilia cuida de Edward, ainda debilitado pelas feridas, mais eles se aproximam e se apaixonam. e.

‘‘- Não sou o homem com quem você se casou 
- Eu provavelmente também não sou a mulher com quem você se casou... 
Ele a fitou. O escrutínio durou tanto tempo que Cecilia sentiu a pele formigar.                                                      - Mas acho... - sussurrou ela, sem pensar. - Talvez, você precise de mim.                                                            - Meu Deus, Cecilia, você não faz ideia de quanto.’’ 

A escrita da Julia é muito fluida, os personagens interagem se forma muito natural e envolvente. A trama é romântica na medida certa, e os dramas são gostosos de se ler. Edward logo se destaca como um protagonista adorável, gentil e bondoso, que não mede esforços para ajudar Cecilia. Ele de longe conseguiu me cativar. Cecilia também é uma personagem que me agradou, mesmo com as suas inseguranças e os erros que comete, ela se mostra corajosa e determinada, e você facilmente se compadece com a situação dela.


Pra quem já leu as outras séries de Julia, a obra também é recheada de menções a família Bridgerton, principalmente a Billie Bridgerton, que é vizinha dos Rokesbys. Já aviso de antemão que a autora também caprichou nas cenas mais quentes, eu particularmente não sou muito chegada a livros com pegada hot, mas nesse eu acabei gostando, a autora escreve bem sem exagerar nos clichês desse gênero.

Pra quem quiser se divertir com um bom romance, esse é um ótimo entretenimento para ler nos fins de tarde. 

Se interessou pelo livro? Você pode adquiri-lo pelos links a seguir: Amazon Americanas Submarino 
Basta clicar nos nomes das lojas para ser redirecionado e conferir o preço desse e outros livros. E caso compre pelo nosso link o blog recebe uma pequena comissão que nos auxilia a manter o blog.

comentários pelo facebook:

2 comentários

  1. Oi, Débora. Tudo bem? Que bom que o livro lhe agradou. Os livros de Julia Quinn costumam ser agradáveis. Sua resenha ficou excelente, eu adorei. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adoro os livros da Julia Quinn!! Ainda não li essa série, mas ela está na minha estante esperando ser lida, espero que em breve *-*

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas