22.8.14

[Resenha] Veneno :: Sarah Pinborough

Veneno - Saga Encantadas #1
Autora: Sarah Pinborough
Editora: Única
Páginas: 223
Skoob  Goodreads Compare e Compre 
Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também tem problemas reais? Então esse é o livro para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria 'um final feliz" pode se tornar o pior dos pesadelos!
 Veneno é o tipo de livro que te chama só pela capa, porque convenhamos ela é simplesmente linda demais, assim que a vemos pensamos imediatamente em Branca de Neve, e a frase “Repense seus vilões” com certeza te faz pensar “O que aprontaram nessa nova releitura?”

Nos últimos anos tem sido lançadas muitas releituras dos contos dos irmãos Grimm, principalmente o da Branca de Neve, foram feitos filmes, séries e livros sobre o assunto, então quando vemos que lançou mais um pensamos que não pode ser tão diferente dos outros, mas Sarah conseguiu tecer uma boa trama para Veneno.

Neste livro conhecemos uma Branca de Neve adulta, ela tem vinte anos, travessa, espirituosa e por mais que seja ingênua em alguns momentos, em outros sabe usar muito bem da sensualidade de seu corpo. Ela convive com sua madrasta, Lilith, apenas quatro anos mais velha que Branca e que ao longo da trama se mostra um tanto quanto peculiar, em alguns momentos ela simplesmente a odeia, em outros parece um pouco confusa com suas ações.




Sendo uma feiticeira e tendo sofrido desde jovem, Lilith não espera bondade das pessoas, e não gosta da maneira como Branca se porta, não gosta da liberdade que ela tem, não gosta de seu convívio com os anões e a floresta, ela acredita que a jovem tem que crescer e aprender a ser uma mulher, se casar e lhe deixar em paz. Assim, quando o Rei tem que viajar, Lilith não perde a oportunidade de tornar a vida da menina um tormento.

"A que se devia essa necessidade de ser visto como benevolente? Se é para ser cruel, então admita isso. Abrace isso. Qualquer outra coisa era apenas auto-ilusão e fraqueza"

A estória em si, neste primeiro livro não foge muito do conto, os detalhes e como se chegam as consequências é que são o diferencial, e com certeza os motivos e sentimentos dos personagens. A madrasta não é tão malvada quanto parece, em vários momentos me vi quase gostando dela e a entendendo, Branca não é a mocinha ingênua que conhecemos, ela é bem mais sensual e persuasiva do que parece, os anões mais duros e vividos, mas acho que o caçador e o príncipe foram os que mais me surpreenderam.

Sarah Pinborough escreveu um livro que não chega a se aprofundar em tudo, afinal ele é pequeno demais para isso, mas não senti que isso chega a ser um defeito, assim, sendo narrado em terceira pessoa, principalmente do ponto de vista da Rainha, mas tendo também a participação dos anões, do príncipe e do caçador temos uma visão bem abrangente de tudo.

"Mas acima de tudo, não acreditava que nenhuma vida fosse mais preciosa que outra. Cada criatura que respirava era absolutamente única, por isso toda morte era igual. Ele respeitava todas."

O final é, para dizer no mínimo, surpreendente, você fica um pouco chocada e muitoooo ansiosa pela continuação, se perguntando o que acontecerá com os personagens, pois ficam pontas soltas e surgem algumas perguntas que espero sejam respondidas no próximo livro.


A edição é impecável, a editora Única caprichou! As folhas são detalhadas com adornos, sem erros de grafia e o nomes dos capítulos são engraçados demais! Me lembra Percy Jackson e os Olimpianos. Recomendo a leitura para um público mais adulto, não é um livro de crianças por assim dizer e para todos que gostam dos contos clássico e de Once Upon a Time




2 comentários:

  1. Tipo ameiiiiiiiii a resenha e assim que eu puder vou correndo comprar o livro <3
    cosgothic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa resenha me deixou com vontade de ler esse livro. Como não moro no Brasil é difícil achar por aqui, na verdade tenho que encomendar na livraria.. então vou procurar por um ebook e se gostar vou comprar a versão física.
    Beijão
    Michele
    http://lovlilac.com

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo