16.9.14

[Resenha] Trono de Vidro :: Sarah J. Maas

Trono de Vidro #1
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Garela Record
Páginas: 392
Skoob  Goodreads | Compare e Compare 
Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, é a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta a sua liberdade se representar o príncipe herdeiro em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

A primeira coisa que chama a atenção neste livro é com certeza sua capa, branco e azul é uma ótima combinação, feita para ser chamativa entre tantos livros escuros, mas com certeza a menina descalça com roupas de couro, cabelos claros, espadas e expressão severa é que te leva a dar uma segunda olhada. Não posso dizer que seja a melhor capa do gênero, não quando temos Assassin’s Creed e As Crônicas do Mundo Emerso para comparar. Mas vendo todas as versões desta, percebe-se que a brasileira é a mais bonita, e para mim, a que mais combina com a estória.


Celaena Sadothien é a melhor assassina de Adarlan e acabou sendo traída e presa durante um de seus trabalhos, após um ano de trabalho forçado nas minas de Endovier, Celeana tem certeza de que morrerá logo, assim ela não hesita quando recebe uma proposta de liberdade, mesmo que para isso tenha que trabalhar para o filho do homem que ela odeia, o príncipe Dorian e seu antipático amigo, o comandante da guarda real, Chaol. Mas ao chegar ao castelo ela percebe que as coisas podem ser mais complicadas do que parecem, afinal ela não esperava que Dorian fosse algo além de um príncipe mesquinho e muito bonito,  que Chaol se mostrasse muito mais compreensivo e amigável, ou que encontraria em Philippa e Nehemia amigas e aliadas.


Enquanto volta a entrar em forma e o duelo tem andamento, misteriosos e brutais assassinatos tem matado competidor por competidor, fazendo com que Sardothien comece sua busca por respostas, o que ocasiona intrigas, planos ousados e faz com que forças antigas sejam despertas e em meio a tudo isso um triãngulo amoroso pode estar sendo formado.


Personagem femininas marcantes sempre me atraíram e quando me deparei com Celaena Sardothien, uma jovem assassina que sabe manejar habilidosamente uma espada e possui uma língua ferina, não foi diferente.

Não pude deixar de comparar Sarah J. Maas à Licia Troisi ao longo da leitura, de alguma forma ambas trazem muitas semelhanças em suas estórias, Celaena me lembra em alguns momentos Dubhe e em outros Nihal e achei isso mágico, para ser honesta só me fez gostar mais, pois faz muitos anos que li As Crônicas do Mundo Emerso e As Guerras do Mundo Emerso e até então não tinha encontrado nada nem próximo e isso me deixava triste, afinal é uma ótima linha de pensamento.

Se o homem não estivesse se esforçando tanto, talvez ela tivesse se sentido ofendida.
Assim posso dizer que amei o livro, ele é repleto de ação, traz acontecimento atrás de acontecimento e possuímos uma ampla visão de tudo porque temos mais de um narrador, o livro é narrado em terceira pessoa, mas sob vários pontos de vista, uma coisa que eu particularmente acho inteligente, muitos autores tem adotado tal característica e tem dado muito certo.

Alguns podem se perguntar como posso gostar de uma personagem que é uma assassina, mas devo dizer que quem pegar o livro pensando que vai encontrar uma menina fria, calculista e que ama sangue está bem enganado. Celaena teve seus motivos para se tornar o que se tornou e ao longo do livro você percebe que por mais que ela seja letal, e isso ela com certeza é, temos várias provas disto ao longo das páginas, ela ainda é só uma garota, com medos, incertezas, vontades e caprichos. E isso te conquista, porque você percebe que ela passou por tantas atrocidades, tantas coisas, perdeu tanto e mesmo assim ainda possui esperança e felicidade, ainda consegue olhar para alguém e esperar algo bom, que no fundo ela é melhor que muitos.

-Outro dia, vi você lendo Elric e Emide.- disse Chaol.- Eu achava que você odiava poesia.
-É diferente.- Celeana balançou os braços.- Posia épica não é uma coisa chata; tampouco pretensiosa.

Outros personagens importantes são Chaol, o comandante da Guarda Real; Dorian, o príncipe herdeiro; Nehemia, princesa de Eyllwe e Philippa, a dama de companhia de Celaena. Eles com toda a certeza só incrementam a leitura, cada um a sua maneira, trouxeram novos conflitos e pensamentos para a protagonista. E há o fato de que Chaol e Dorian são amigos de infância e cada um deles vai desenvolvendo sentimentos por Sardothien e sinceramente? É ao mesmo tempo engraçado e tocante.
 Tinha pulado do penhasco. Só restava torcer pela rede de segurança.


Super recomendo, principalmente para leitores de Assassin’s Creed e Game of Thrones e fãs de Licia Troisi, o livro é incrível, mesclando ação, drama e romance, e tudo isso tem uma pitada de comédia, eu ri demais e por várias vezes me peguei envolvida com os personagens, espero ansiosamente a continuação.



9 comentários:

  1. Concordo com você. Quando pegamos o livro temos uma impressão de que não vamos gostar, afinal, a protagonista é uma assassina... Mas isso tudo só deixa a história ainda mais divertida. Amei a Celaena e vários personagens do livro. Estou louca para ler a continuação, mas tenho q me segurar, tenho muito livro na fila ainda hehehe.
    Abraço!
    http://kelenvasconcelos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk, também a amei, Celaena é diva! Mas devo confessar que estou mais ansiosa pelo desenrolar do romance e para saber como aquele Rei maldito vai se dar mal...mas como você tenho muitos outros na frente então vou aguardar mais um pouquinho.
      Bj

      Excluir
  2. Quando eu recebi esse livro para ler não tinha muitas expectativas, mas gostei bastante da trama. É uma boa leitura, sem dúvida.
    Abraço.
    Tudo de melhor.

    http://luizcezarescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Luis, de fato uma boa leitura.
      Obrigada para você também!

      Excluir
  3. Nossa! Esse livro parece ser muito bom!! Não conhecia, mas fiquei muito afim de ler. Vou colocar na minha listinha haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, que bom que gostou, este era a intensão! E melhor ainda saber que vai para sua listinha.
      Bj

      Excluir
  4. Desde o lançamento desse livro estou mega curiosa com a leitura. Adoro histórias cuja protagonista tem personalidade forte!
    Amei a resenha.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e também gosto, as coisas sempre ficam mais intensas quando eles tem personalidade!!
      Bj

      Excluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo