2.4.15

[Resenha Dupla] Um Caso Perdido + Sem Esperança :: Colleen Hoover

Um Caso Perdido - Hopeless #1
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Recod
Páginas: 384
Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.






Sem Esperança- Hopeless #1
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.



Começo dizendo que essa é uma estória complicada de se falar sobre sem soltar spoiler, e como não gostamos de spoilers, vou apenas fazer um breve comentário sobre a estória em si. Para ficar claro, Um Caso Perdido é narrado pela Sky e Sem Esperança pelo Hoover.
Sky é uma garota despojada, independente, que não liga para a opinião de ninguém. Ela foi adotada quando criança e na sua casa é terminantemente proibido tecnologia, como celular, computador, e afins, e ela não liga, afinal tem uma melhor amiga divertidíssima e não sente falta de algo que não conhece direito, e nesse ano Sky frequentará o colégio pela primeira vez, já que sempre estudara em casa. É taxada como uma garota fácil e todas as demais meninas da sua escola a olham de soslaio, mas ela nunca se apaixonou, isso até conhecer Holder e sentir algo diferente.

Dean Holder é um jovem forte, sofreu muitas perdas e decepções na sua vida, carrega a saudade e tristeza de ter perdido um membro da família que amava muitíssimo ao mesmo tempo em que sente que falhou com aqueles que amava. Ele tenta lidar com tudo a sua forma enquanto segue buscando esperança e respostas à suas questões. Assim que vê Sky ele tem um sentimento de reconhecimento e a partir daí, ele não se permitirá ficar longe dela.
Ambos os jovens tem uma bagagem pesada nos ombros e conforme Colleen desenvolve a narrativa conseguimos entender os personagens e descobrimos que talvez a vida deles esteja mais conectada do que todos poderiam imaginar.
‘‘(...) A vida não pode ser dividida em capítulos... só em minutos. Os acontecimentos da vida de uma pessoa estão todos aglomerados em um minuto após o outro, sem nenhum intervalo de tempo, páginas em branco ou pausas de capítulo, porque não importa o que aconteça, a vida simplesmente continua, segue em frente, as palavras são ditas, e as verdades sempre surgem, quer você queira ou não, e a vida nunca deixa você fazer uma pausa apenas para recuperar a porra do fôlego.’’
Gostei de a autora ter escrito dois livros sobre a mesma estória, cada um sendo narrado por um dos protagonistas. Quem leu ao menos o primeiro livro sabe a dimensão da intensa estória do Holder e da Sky e termos dois pontos de vista nos permite, como leitores, termos o entendimento muito mais abrangente da estória, conseguimos entender as motivações para uma determinada atitude e como o outro personagem a recebe, e se ela é justa ou não; assim como criamos uma conexão muito maior com o personagem narrador. Se em Um Caso Perdido eu gostei do Holder, após ler Sem Esperança esse sentimento só aumentou – e muito.

Mesmo Sem Esperança sendo em parte a estória do primeiro livro, há muita coisa nova, afinal os personagens não estavam sempre juntos, sem falar que essa é a estória do Holder, então obviamente o enfoque é nesse personagem, assim, não senti que a leitura ficou maçante nem que eu estava lendo a mesma estória novamente. Sim, teve muita coisa em comum, mas também teve muita coisa nova, a leitura de Um Caso Perdido e Sem Esperança se completam e o leitor fica a par de tudo!

Colleen me surpreendeu completamente, eu esperava um New Adult com um romance simples e doce e uma carga de drama baixa e recebi um livro repleto de reviravoltas, descobertas, sentimentos, uma carga de drama da pesada e uma história lindíssima com uma narração incrível que me fez esquecer o mundo externo e me ver imersa na vida desses dois. Essa é a Colleen Hoover, e por esse e outros motivos, ela se tornou uma das minhas autoras favoritas! 
‘‘(...) E sei que não estava tentando me ensinar um lição, mas foi isso o que acabou acontecendo. Nem tudo vai dar certo no meu caminho e nem todo mundo ganha um final feliz. A vida é realista, e, às vezes, as coisas ficam feias e só nos resta aprender a lidar com elas. Vou aceitar isso com uma dose da sua indiferença e seguir em frente.’’

A edição da Galera está lindíssima, também gostei das capas, só gostaria que o título original em inglês tivesse sido mantido; e já vou avisando para aqueles que leram Métrica que a série Hopeless é um pouco mais pesada, não necessariamente no quesito sexo, mas no quesito drama e deixar o leitor em choque. Hopeless é um New Adult (com romance e drama) lindíssimo e de tirar o fôlego, está mais do que indicado!! 

E vocês, já leram algum livro da Colleen? Já leram a série Hopeles/tem vontade de ler??

7 comentários:

  1. Ai meu deus, como eu amo esses livros <3 a Colleen é uma das minhas autoras preferidas e ela me surpreende cada vez mais com os personagens. Assim como você, depois de Sem Esperança passei a gostar cada vez mais do Holder e entendê-lo me deixou com um aperto no coração. Também acho as edições lindas, porem essa capa de Sem Esperança me irrita pois não tem nada a ver com o Holder da minha cabeça hahaha

    Beijos,
    Ana

    www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

    ResponderExcluir
  2. Oie Andy!
    Menina, eu tenho que dizer que estou muito afim de ler esses dois livros!!! Demais por sinal, mas ainda não tive tempo, e isso me deixa triste porque parecem ser maravilhosos! Espero poder ler logo kkk.
    Bjs e ótima resenha, ficou incrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Agatha, espero que leia logo!! Adoraria falar dele contigo *-* a escrita da Colleen é incrível e realmente acho que você irá gostar. E fico muito feliz que tenha gostado da resenha!! :D
      Beijos

      Excluir
  3. Eu quero muito ler esses livros, depois de sua resenha me deixou ainda mais curiosa, É um Romance muito Dramático?? Ótima Resenha
    Beijos ^^
    Blog: Eu e meu vício chamado leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid! Então... até metade do livro tudo são flores, daí tem uma revelação bombástica (a sinopse do segundo livro, Sem Esperança, tem um pouco de spoiler sobre isso). O livro tem drama, mas não do tipo Nicholas Sparks, é sobre algo sério.
      Vou tentar responder a sua pergunta, rs, ele tem drama mas eu não achei ruim nem forçado e nem nada assim.

      Excluir
  4. Oi Andy! Tudo bem?

    Estou looouucooo para ler Um Caso Perdido, faz o meu tipo de romance e só vejo comentários positivos a respeito dele :3

    Confesso que eu não queria ler o segundo volume, por receio de ser tão repetitivo quanto Desastre Iminente relacionado ao Belo Desastre, mas depois de sua resenha dupla decidi colocar o segundo volume na wishlist também ^^

    Bjs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amo, amo, amo a Colleen! Tudo o que ela escreve eu amo =D
    Ainda não li Sem Esperança, lerei em breve!
    Bjos

    Every Little Book

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo