16.10.15

[Resenha] Cinder :: Marissa Meyer

Cinder - Crônicas Lunares #1
Autora: Marissa Meyer
Editora: Rocco
Páginas: 448
Skoob  | Goodreads | Compare e Compre
Num mundo dividido entre humanos e ciborgues, Cinder é uma cidadã de segunda classe. Com um passado misterioso, esta princesa criada como gata borralheira vive humilhada pela sua madrasta e é considerada culpada pela doença de sua meia-irmã. Mas quando seu caminho se cruza com o do charmoso príncipe Kai, ela acaba se vendo no meio de uma batalha intergaláctica, e de um romance proibido, neste misto de conto de fadas com ficção distópica. Primeiro volume da série As Crônicas Lunares, Cinder une elementos clássicos e ação eletrizante, Cinder une elementos clássicos e ação eletrizante, num universo futurístico primorosamente construído. 
Houve uma grande guerra que destruiu o mundo como conhecíamos, foi algo tão grande e monstruoso que algumas pessoas fugiram para a Lua temendo a extinção da humanidade e pensando que assim a salvaria, mas a guerra passou, o mundo foi reestruturado, novos governos se ergueram e novos tratados de paz assinados, mas o povo da Lua, mesmo depois de saber que eles poderiam voltar, pois tudo estava a salvo agora, nunca retornaram... Eles criaram seu próprio governo e se estabeleceram harmoniosamente ao ambiente lunar e evoluíram, deixaram de ser apenas humanos e agora eles estavam lá em cima, onde facilmente poderiam começar um ataque a terra sem que qualquer um tivesse a chance de dizer socorro... Os lunares passaram a ser temidos ainda mais que novas guerras ou a Peste que a cada dia mata mais humanos.


É nesse cenário que Cinder vive, uma menina metade robô que passa seus dias consertando eletrônicos e maquinários para ganhar algum dinheiro e sustentar os padrões caros de sua guardiã legal. Ela sabe que não é bem vista na sociedade por ser o que é, mas por não ter um passado do qual possa se lembrar e nem mesmo uma família a quem recorrer ela só pode suportar e acreditar que um dia terá dinheiro o suficiente para fugir dali, só mais um tempo e ela poderá começar em outro lugar. 

Ou assim ela pensava, pois quando o príncipe Kai pisa em sua oficina lhe pedindo para concertar um androide velho, uma série de acontecimentos se desencadeiam e o mundo de Cinder vira de cabeça para baixo: sua irmã - a única que ela gosta - caçula de criação pegou a Peste, ela acha que é culpa dela. Sua madrasta a vende para o governo afim de testarem vacinas nela - afinal ciborgues não são humanos e podem ser descartados. O príncipe parece interessado nela e pensa que ela é uma jovem comum com um gosto incomum por mecânica - pena que ela é metade feita de lata e provavelmente nem sobreviva até a noite do baile.



Narrado em terceira por pontos de vista pertinentes aos acontecimentos, a obra passa voando, sério, se prepare para pegar esse livro e não largar antes de tê-lo terminado, é viciante de uma maneira que Cinderela nunca foi antes.

Faz anos que eu vi Cinder numa prateleira e me interessei por ele, afinal não é todo dia que você vê ciborgues, pessoas de outro planeta - no caso a Lua - e conspirações contra Reis em um mesmo livro, mas só recentemente me dei ao trabalho de realmente comprá-lo e lê-lo e só posso dizer: "Como fui boba por não ter lido antes!", ou não já que o segundo lançou esse ano, mesmo assim, não perca a oportunidade de se encantar com essa releitura criativa e ousada de Cinderela.

Cinder é uma jovem que não tem passado, ela só sabe que nem sempre foi assim, houve uma época em que ela era totalmente humana, mas isso acabou e a pessoa que a salvou morreu pouco depois de sua entrada nessa nova família, sua madrasta a culpou de corpo e alma pela morte de seu amado marido e desde então não lhe deu mais sossego.
Tendo sido tratada, a vida inteira, como sendo alguém sem valor, Cinder não tem amigos e ninguém que a respeite ou se preocupe com ela, por isso quando o príncipe a conhece e a trata como igual ela fica chocada, e faz de tudo para que ele não descubra o quanto ela não é como ele, mas isso é perigoso e complicado e vai ser mais difícil do que ela pensa.

Já disse ali em cima, mas falarei novamente, mais que recomendo esse livro, ele não é meloso, tem ação e romances mesclados na medida certa e é uma distopia mais que original, espero ansiosamente pela oportunidade de ler a sequência e me encantar com os personagens cativantes presos nessa trama complexa que Marissa Meyer criou.




6 comentários:

  1. Eu estou ensaiando para ler essa série. Todos os livros são baseados nos contos de princesas, mas não sei pq nunca me chamou atenção como os outros, e eu sempre vou deixando para trás. Vamos ver se agora que saiu o terceiro, eu começo a ler !!!!

    ótima resenha!! =)


    Every Little Book

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lud.
      Menina, não posso garantir, mas meu Deus, essa série é muito boa e olha que eu só li o primeiro e já afirmo isso, dê uma chance, você pode se surpreender sabia?
      Bjs e obrigada!

      Excluir
  2. Eu amo essa série, tanto que comecei a ler em português e continuei lendo em inglês. Achei, como você disse, uma história muito original, diferente das outras distopias e acho esses paralelos com os contos de fadas fantástico. Definitivamente, recomendo muito.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mari.
      Ai moça que inveja eu tenho de pessoas que leem em inglês, ainda não tenho essa pompa toda e fico no aguardo de boas traduções kkk, mas um dia chego lá e como não se original com essa linha de pensamento?!
      Bjokas

      Excluir
  3. Estou há tempos super curiosa sobre esse livro. Que era levemente inspirado em Cinderella era bem claro, mas não sabia sobre a sociedade na Lua. Confesso que agora quero ler ainda mais hahahah

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Linda, não esquece de deixar seu nome nos próximos ;)
      E sim, poucas pessoas sabem quando pegam só a sinopse, mas eu achei isso tão legal que pensei, eu tenho que citar!
      Bjinhos e espero que ame a leitura!

      Excluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo