controles do slide

5.2.16

[Resenha] Paixão em Cativeiro :: Palloma Belfort

Paixão em Cativeiro - Destinos Traçados #1
Autora: Palloma Belfort
Publicação independente
Páginas: 341
Até que ponto somos capazes de conter a força de um amor proibido?

Luísa é uma jovem cuja família é dona de um dos maiores hospitais do país. Ela sonha em ser médica assim como o pai e a irmã mais velha, Heloísa. Concluiu o primeiro ano de faculdade, e se esforçou bastante para tirar as notas máximas. É uma moça tímida, e apesar da fortuna da família, possui costumes simples. Ela só não contava que logo no seu primeiro dia de férias, seria sequestrada e trancafiada em um casebre localizado num lugar deserto e desconhecido. Em meio ao inferno que vive em seu cativeiro Luísa se aproxima de Erick, um ex-presidiário em reabilitação que aceita a proposta de seu irmão; cometer o último crime de sua vida.
Fiquei muito feliz quando a autora Palloma Belfort sugeriu a parceria. Tinha visto o livro Paixão em Cativeiro e tinha ficado completamente fisgada pela capa e sinopse.
O livro é simplesmente maravilhoso e vai nos contar a história de Luíza, uma menina linda e rica, que está no primeiro ano do curso de medicina e logo no seu primeiro dia de férias é sequestrada ao sair da academia. Ela ia ao encontro do pai, renomado médico e dono de um dos hospitais mais bem conceituados do Brasil. Infelizmente ela teve seus planos interrompidos por homens encapuzados que a jogaram no fundo do porta malas de um carro e é levada para um cativeiro sem a mínima estrutura e conforto, localizado num local a esmo.


Erick estava no meio dessa sórdida trama e sua tarefa seria vigia-la dia e noite no cativeiro. Ele aceitou fazer parte desse jogo sujo devido à má influência de seu irmão que o convida a fazer parte desse sequestro. Erick é um ex-presidiário e já passou por muitos problemas na vida, incluindo a perda dos pais e fome. Foi criado por sua tia e atualmente corria dia e noite atrás de um emprego, mas por conta de sua vida passada nada conseguia achar e só levava porta na cara. Desesperado pela falta de perspectivas de arrumar emprego, socialmente desmoralizado e precisando de dinheiro, ele resolve aceitar afinal ele precisava dar uma vida mais digna a sua Tia Dulce, seu irmão mais velho e seu sobrinho Yuri e passar horas tomando conta de uma fedelha mimada não seria nada de mais.


O que parecia ser um sequestro sem grandes complicações, muda completamente a vida de Erick e Luísa. Mesmo ela vivendo um inferno, sem poder tomar banho, sendo mal alimentada e subjugada como forma de acalentar seus medos, contrariando todas as razões lógicas, ela acaba se envolvendo com Erick que também não consegue frear seus sentimentos e acaba sendo “dominado” por aquela doce menina que teima em tomar conta de seus pensamentos.
[...] A verdade é que eu não queria ser tudo aquilo que ela me falou mais cedo. Não queria ser esse monstro que ela pintou. Mas Luísa tem razão: não passo de um bandido asqueroso. E o que mais me incomoda é saber que ela acha isso ao meu respeito. Sei que é impossível, mas eu não quero que me odeie [...].
Sei que muitos devem estar pensando que ela desenvolveu Síndrome de Estocolmo, que foi o desespero, carência, mas garanto que não é isso. Erick era um cara inteligente, protetor e realmente se importava com Luiza. Sei que ele era bandido e merecia pagar pelos seus erros, mas foi simplesmente de arrancar o fôlego ver o desenrolar do amor desses dois.


"Mesmo sabendo que nossos dias juntos se limitam aos que ela ainda estiver nesse cativeiro, não posso mais fugir do que sinto. Não quero assustá-la, mas preciso viver esse amor que cresce em meu peito a cada dia. Em tão pouco tempo, essa menina conseguiu se tornar uma pessoa especial e insubstituível em minha vida. Não sei como isso foi acontecer, mas já a amo com todas as minhas forças e meu coração encolhe quando eu imagino o que na verdade isso significa".
A história não é estereotipada moçada, pelo ao contrário foge do lugar comum. A narrativa toda em primeira pessoa é retratada pela óptica de Erick e Luíza. O linguajar usado pela autora é bem atual e ela usou de alguns termos e gírias mais populares, mas nada que tirasse o mérito do livro. A história é instigante, descomplicada, com um toque new adult, e claro muito suspense. O final é arrasador e mal posso esperar pelo segundo livro Feridas abertas de um coração partido.


Se recomendo a leitura? Um sonoro sim! Fazia tempo que uma história não me prendia tanto! A capa achei linda, e embora seja uma publicação independente nota-se o cuidado com a obra, toda em papel pólen, diagramação e fontes bastante agradáveis!




Palloma Belfort é uma escritora estreante que reside em Brasília. É casada e possui um casal de filhos; Maryana e Raul. Desde criança é fã de romances, principalmente os melodramáticos. Em 2013, ela decidiu tentar passar para o papel a emoção das histórias de amor que cria em seus momentos de inspiração. E desde então, jamais abandonou a escrita. 

Onde encontrar Palloma:







Confiram o segundo livro da série Destinos Traçados

Feridas abertas de um coração partido - Destinos Traçados – Livro 02

Aos trinta e cinco anos, Luísa é uma mulher madura e decidida. Formou-se em medicina e é conhecida nacionalmente por sua capacidade profissional. Casada com Lucas, se dedica totalmente ao trabalho, deixando de lado a vida pessoal. Ela se mantém protegida em sua zona de conforto até que o destino trás de volta seu grande amor do passado. Seu mundo vira de cabeça para baixo e ela volta a conviver com sentimentos que acreditava ter superado. Desde que saiu da cadeia, Erick mora numa pequena cidade do litoral fluminense. Solteiro aos quarenta anos e pegador assumido, ele faz questão de se manter livre de relacionamentos. Mas sua rotina tranquila e solitária se transforma quando Luísa reaparece trazendo à tona sentimentos que ele manteve a salvo durante muito tempo em seu peito. Feridas abertas de um coração partido conta a história de um casal que teve seu amor interrompido no passado. Segredos, mágoa, saudade, paixão e desejo são alguns dos temperos dessa trama emocionante que vai conquistar cada um de vocês. 




comentários pelo facebook:

22 comentários

  1. Olá!

    Adorei a premissa! Não conhecia a Palloma, mas se ela está estreando com esse livro bombástico, então os próximos derrubarão forninhos!!! Vou tentar conseguir o meu pra poder saber o que aconteceu com o casal!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Nadya.
    Realmente a edição está muito bonita, isso mostra para nossas editoras 'grandes' que caprichar um pouco nas edições é bom, se até publicações independentes o fazem.
    Quanto a história, não sou chegada a romances, a mensagem parece interessante e o mocinho me agradou, mesmo com sua história violenta, mas realmente não é algo que leria no atual momento.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não conhecia a história e fiquei super empolgada para conhecer. Saber se eles vão se apaixonar *--*
    Se Luiza vai conseguir sair do cativeiro e viver sua vida. E Erick?? esse fiquei ainda mais ansiosa.
    Parabéns pela resenha.. ficou muito boa!!
    Beijos
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas perguntas einh?... rsrsrs...Leia amiga!!!

      Excluir
  4. Amei a resenha, adorei a capa, a sinopse, realmente Paixão em Cativeiro deve ser um livro interessante, fiquei curiosíssima para saber o desenrolar desta história!!!!

    Um bj
    Keyla - http://blogleituraterapia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ameiiiiii a capa! E o livro já começa com o sequestro da protagonista prometendo muitas aventuras e surpresas ao longo da história.
    Beijos :*
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oii,

    É uma história e tanto hein.
    Acho que choraria com o amor desses personagens.
    Adorei conhecer esse livro e estou bem querendo lê-lo.

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Nádia! Linda sua resenha. Não tinha conhecimento da obra e por isso ler sua opinião foi definitivo, pois já quero ler

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oi

    Nossa

    Amei essa capa! Linda mesmo...

    Eu não costumo muito ler esse tipo de livro mas gostei bastante da premissa e amei a sua resenha. ..

    Certamente vou procurar por ele...

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi.. Só acho que já me vejo chorando horrores hein, rsrsrs
    O livro parece ótimo, a autora parece começar com o pé direito.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nádya
    Eu pensei logo na Síndrome de Estocolmo enquanto lia a sinopse, mas fiquei surpreso quando você disse que não é. Como assim? kkkk
    Outra coisa que eu estava pensando: "Nossa, mais uma história de uma moça rica que se apaixona pelo bad boy. Que clichê!". Mas, mais uma vez você me pega de surpresa. Bom, fiquei curioso, confesso, para saber que final é esse. Mas, não é muito o meu tipo de livro, então acho que vou deixar essa dica passar.

    Beijo,
    João Victor - De cabeça para baixo | All POP Stuff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena amigo! Acho que você ia curtir! Um grande abraço!

      Excluir
  11. Olá!
    Adorei a resenha! Muito legal ver autores tão talentosos, cheios de historia para contar e com muita determinação. Parabéns a Paloma. Vou procurar mais sobre a história.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas