24.3.16

[Por onde eu ando] Livraria Martins Fontes da Paulista


Oie pessoal, como alguns de vocês devem saber, eu moro em São Paulo e moro bem aqui no centro mesmo, estou no ápice caótico e movimentado que é essa cidade e eu rodo muito, muito mesmo por ela, sempre. Acho que já virou um costume meu estar em movimento, assim eu conheço muitos lugares, muitas livrarias e muitos outros cantinhos que eu me sinto conectada à eles e aos livros que eu sempre carrego para todos os cantos e pensando nisso e em mais um monte de coisas - como criar colunas legais por exemplo - eu decidi começar essa coluna - Por onde eu ando - quinzenal, mostrando um pouquinho para vocês os cantinhos que eu visito.
Quero deixar claro antes de iniciar que essa coluna é muito mais visual que descritiva, claro que farei minhas considerações e comentários e tudo o que me der na telha enquanto digito, mas aqui teremos predominantemente imagens e o resto fica por conta da imaginação fértil de vocês.

Para nossa imensa alegria visual e satisfação emocional, assim que entramos nos deparamos com essa paisagem, meu cérebro particularmente só consegue processar "Livros, livros, livros e mais livros!", é de fato um banquete não? E aguardem por que eu ainda nem comecei.

Na Avenida Paulista como vocês verão aqui, há muitas livrarias e todas são bem grandes e imponentes, mas eu particularmente amo a Martins, ela tem um aconchego que me agrada bastante, e há muito espaço, muitas prateleiras cobertas de livros e muitas opções, claro que as outras também, mas aqui só há livros. Ponto. Mais nada, nenhuma outra atração... só os marcadores de graça que no meu caso me atraem muitíssimo! :D



Há a sessão infantil na qual minha irmã é particularmente apaixonada e encantada, mas convenhamos que até eu fico encantada num cantinho desse, há ilustrações, vários livros e historinhas cativantes, mas meus filhos com certeza me ouvirão lendo para eles best- sellers, são incrivelmente mais baratos e duram mais do que esses lindos e estranhamente caros livros infantis.


E há toda uma sessão dedicada aos clássicos: brasileiros e estrangeiros, aos romances mais adultos e outras áreas do conhecimento, como administração, educação, comércio, culinária e por aí vai pessoal.


Lá em cima, no mezanino, temos um café, onde podemos desfrutar maravilhosamente, e várias cadeiras onde podemos nos sentar e ler o que quisermos, além de mais livros sobre idiomas e línguas estrangeiras. 


E então há o corredor dos juvenis, onde todos os livros que abrangem o público jovem/adulto estão, bem como quadrinhos e revistas e mangá e graphic novels.





E finalizando há a parte de livros sobre artes em geral, tem coisas ali que eu nem imagino e outras que nem entendo, mas se você quer saber sobre arte é nessa parte aqui.












Nunca li, mas achei tão fofinho, com certeza uma boa indicação para o público infantil/juvenil.

Livro mais que recomendado por mim, primeiro por eu ser uma fã incorrigível de Gaiman e que leria até mesmo seus rabiscos entre um café e outro e depois por ser um livro incrível, que tem uma tensão muito grande, que me surpreendeu e que me deixou com a pulga trás da orelha ao término.

E então para a alegria de muitos e para uma crise de fofura minha, encontramos pela loja inteira vários cartões como esse com uma indicação de algum vendedor e eu acho isso incrível, pois há centenas de livros ali e é certeza que pelo menos metade deles nós não conheçamos mas com uma indicação, com uma impressão de outra pessoa - e não um outro qualquer, mas alguém que trabalha no meio literário - sempre pesa mais do que somente ver ou curiar.


Impossível não ter comprado nada - o livro estava em promoção e isso prova que eu ainda compro alguns livros em lojas físicas -, e para aqueles que ficaram interessados, para chegar até a Livraria é só pegar o metrô da Linha Verde e descer na Brigadeiro, é em frente a estação, se descer do lado errado da rua - lado que tem a Marisa - é só atravessar que você a encontrará, há um letreiro bem grande, impossível se perder.

Bem, é isso aí, espero que tenham gostado e que  a visitem algum dia, caso estejam de passagem ou com tempo.

Até uma próxima!!!




2 comentários:

  1. Oi Agatha, tudo bem? Conheci seu blog agora e já amei! Amo visitar blogs literários porque o meu também é, e me senti muito em casa aqui. Amei esse primeiro post da nova coluna e as fotos me deixaram com vontade de visitar essa livraria, aqui em Salvador a livraria mais linda é a Livraria Cultura, mas tem muitas outras legais pela cidade. Eu acho que nos próximos posts você poderia colocar as fotos um pouco maiores, para a gente ver melhor o local.

    Estou te seguindo e pretendo voltar mais vezes ♥
    Beijinhos, Iza de Azevedo | 5 coisas que todo leitor pensa na livraria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Izabella!
      Ai que amorzinho você, fico muito feliz, ainda mais quando uma leitora se sente em casa no nosso cantinho. Aqui em São Paulo tem várias e nas cidades ao redor também, pretendo sair "desbravando" por aí kkkkk, e sim, pode deixar, num próximo post eu coloco fotos maiores.
      Bjokas e quero te ver por aqui outras vezes hein?

      Excluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo