controles do slide

1.10.16

[Cine SB] Crítica: O Verão da Minha Vida - The Way Way Back (2013)

Resultado de imagem para o verão da minha vida

Título: O Verão da Minha Vida (The Way Way Back)
Ano: 2013
Direção: Nat Faxon, Jim Rash.
Roteiro: Nat Faxon, Jim Rash.
Gênero: Comédia dramática / Drama
Duração: 1h43min.
Elenco: Allison Janney, AnnaSophia Robb, Liam James, Maya Rudolph, Sam Rockwell, Steve Carell.

Sinopse:

O filme conta a história de um adolescente que em um verão forma uma amizade tão forte que ganha forças para enfrentar o padrasto abusivo (Carell) e reconectar-se com a mãe (Collette).
 

Minha opinião:

Esse filme parece ser feliz? Pois não é, meu caro, e se você está procurando por um filme tranquilinho, melhor pular para outra resenha.
Fujo, fujo e fujo, mas o drama é minha praia. Acredito que esse filme tem uma reação muito particular de pessoa para pessoa, dependendo do quanto cada um se identifica com a história. Eu, particularmente, gostei muito. Então, pronto para entrar a fundo nos detalhes?
Nos primeiros minutos... vemos uma conversa entre o protagonista, Duncan, e Trent, o seu padastro. A conversa, na verdade, é um monólogo de Trent, um discurso menosprezando Duncan. Essa conversa já mostra um pouco do grande drama por trás do filme, o relacionamento complicado entre Duncan, sua mãe e Trent. Dá para perceber de cara a solidão do garoto.
Depois de algum tempo... a trama começa a se complicar quando Duncan conhece Owen, o dono de um parque aquático. Owen é o cara mais legal do filme todo, e tem algo por trás dele que o filme não aborda muito bem, mas é uma carga de drama escondida. Duncan começa a trabalhar no parque aquático, onde se passam as melhores cenas.
Enquanto isso acontece, o relacionamento da mãe de Duncan e Trent começa a se complicar. 
Agora, algumas considerações técnicas:
Achei bem bonita as cores do filme, a fotografia foi ok, o que quer dizer que poderia ter sido melhor
trabalhada, com algum diferencial. O roteiro até então não estava tão forte (melhora no fim), e achei que o elenco foi bem escolhido. As atuações foram muito boas, gostei muito de uma cena particular de Duncan dançando no parque aquático, deu para dar umas risadas.
Chegando no fim... o "crush" de Duncan se mostra mais importante do que parecia até então. O roteiro tenta dar uma desviada do clichê. Não é um drama muito profundo, no final você até chega a sentir um aliviozinho - uma esperança de que tudo vai ficar bem.
Vale a pena assistir naqueles dias bem tristonhos de verão.

Método de avaliação (1 à 10):
Roteiro: 8
Fotografia: 7
Elenco: 8
Trilha Sonora: 9
Gosto Pessoal: 8
Nota: 4,0 / 5

comentários pelo facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas