20.2.17

[Resenha] Quase Casados :: Jane Costello

Quase Casados
Autores: Jane Costello
Editora: Record
Páginas: 414
Skoob  | Goodreads | Amazon
Para Zoe Moore, o dia de seu casamento foi o mais marcante de sua vida. Ou melhor, o dia em que deveria ter se casado, mas em vez disso, foi largada no altar após sete anos de namoro. Arrasada e disposta a se recuperar, ela decide se mudar de Liverpool para os Estados Unidos e trabalhar como babá. Ao chegar em Boston, ela se depara com a esperta Ruby, prestes a completar 6 anos, o adorável Samuel, que acaba de fazer 3, e o pai deles, Ryan Miller. Seu novo chefe, além de fazer uma bagunça sem precedentes e de ter um mau humor imbatível, é incrivelmente bonito. Depois de um começo um tanto decepcionante, Zoe e Ryan começam a se entender, mas ela está prestes a descobrir que recomeços podem ser mais difíceis do que esperava.
O dia de seu casamento sempre acaba sendo uma data difícil de esquecer, quer ele seja maravilhoso ou... não, que é o caso de Zoe Moore. Para ela as coisas caminhavam de perfeitas para o felizes para sempre, afinal ambos estavam juntos há sete anos, já moravam juntos e o pedido de casamento nem foi algo imposto, tinha sido lindo e surpreendente, então por que ela acabou sozinha de frente a igreja com um noivo sumido?

Liverpool não é a melhor cidade para ser largada no altar, do tamanho de um ovo todos sabem em questão de minutos a desgraça de todo mundo e com ela não foi diferente. O pior dia da sua vida estava na boca de todos e ninguém parecia notar, ou se notavam não é como se fizesse diferença, que ela estava arrasada. Tudo que importava era o tamanho da fofoca.

Por isso Zoe tomou uma decisão drástica e largou tudo. Deixou para trás sua vida e trabalho e partiu rumo aos Estados Unidos em busca de novas oportunidades e ares, crente que isso lhe ajudará a esquecer o triste passado, principalmente por continuar trabalhando com crianças, que ela tanto ama. 
"Você pode atravessar um oceano para fugir. Mas não tem como fugir de seus pensamentos."
Contudo isso foi antes de conhecer Ryan Miller e seus filhos, Ruby e Samuel. A começar pela aparência enganadoramente atraente de seu novo chefe que não revela em nada o mal humor e grosseria, a passar pela casa em estado de crise sanitária... aquilo no sofá deve ter meses... e fechando com chave de ouro nas duas crianças hiperativas que fazem de seus dias um campo de guerra, fazem com que Zoe reconsidere muitas vezes sua decisão.

Mas o charme de todos aos poucos começa a se infiltrar nela e brigar passam a ser acalmadas com sorrisos que podem aquecer seu coração ferido ou acabar com ele de vez...

Como todo bom chick-lit deveria ser, Jane Costello fez um trabalho maravilhoso ao misturar dia a dia, banalidades, sentimentos, comédia e muito romance nesse livro que me deixou suspirando sobre suas páginas.

Com um tom tão cômico quanto Sophie Kinsella e uma trama tão boa quanto Sarah Mason, Quase Casados é o tipo de leitura leve com um quê a mais que te prende do início ao fim e faz o tempo passar sem que você perceba.

Com personagens marcantes e bem desenvolvidos, com um casal protagonista que começa com o pé errado e vai assim por um bom tempo e um romance que surge de corações feridos e por si só é algo que requer tempo para acontecer, eu mais que recomendo a leitura dessa obra fofa. 



Postado por
Agatha

1 comentários:

  1. Adoro chick lits e amei essa capa... A história pode até ser clichê, mas me parece ser bem escrita e estruturada! Adorei!

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo