10.3.17

[Resenha] Temporada dos ossos :: Samantha Shannon

Temporada dos ossos - Bone Season #1
Autor: Samantha Shannon
Editora: Rocco
Páginas: 448
Skoob Goodreads | Compre

Distopia com uma pegada sobrenatural são os ingredientes da série Bone Season, de Samantha Shannon que chega ao Brasil pelo selo Fantástica Rocco. Ambientada em 2059, a trama acompanha a protagonista Paige Mahoney, uma andarilha onírica, alguém capaz de entrar na mente das pessoas e captar pensamentos e fragmentos de sonhos. Considerada traidora pelo governo, Paige paga por seu dom com a liberdade e é enviada para uma prisão secreta em Oxford. Lá, ela conhece os Rephaim, criaturas de uma raça antiga que desejam controlar a clarividência de Paige e de outros como ela, e precisará aprender a confiar em aliados improváveis não só para reconquistar a liberdade, mas garantir a própria sobrevivência.

Paige não leva o tipo de vida comum num local comum, pois ela é uma desnatural que vive na Scion de Londres, uma sociedade fechada na qual pessoas com dons clarividentes são caçados como monstros.

Sua desnaturalidade nem sempre foi um problema, houve uma época em que ela poderia ter se passado e vivido como uma cidadã normal e lobotizada segundo os dogmas de Scion, acreditando que aqueles que tinham contato com os mortos e o éter eram maus, mas isso mudou quando ela conheceu Nick, a extensão e raridade de seus poderes e o Sindicato.

Anos mais tarde Paige integra os Sete Selos, um dos mais famosos e temidos grupos criminosos de clarividentes que Scion procura. Vivendo uma vida dupla onde de um lado ela é a Onírica Pálida e do outro ela é Paige, filha de um alto escalão do governo ditador. Ela leva seus dias tentando não ser descoberta e presa por ninguém, pois se isso acontecer o que lhe aguarda é a Torre e suas intermináveis torturas ou o enforcamento público, nenhuma parece muito promissora.

Contudo uma volta descuidada para casa muda sua vida para sempre. Dois guardas a encurralam e com medo e sem alternativas, seu instinto fala mais alto e ela acaba os matando com seus poderes. Um assassinato sem sangue ou marcas, um assassinato que só alguém como ela é capaz de fazer. Agora é só uma questão de tempo até virem atrás dela.

Horas na verdade. Algumas horas e já estão em sua cola. Algumas horas e um tiro a desacorda. Algumas horas e toda sua vida foi jogada fora.

Quando por fim volta a si o mundo se revela muito mais assustador do que ela imaginava. Paige agora se encontra entre seres que dizem terem vindo do éter, seres imortais sem piedade que parecem ter um interesse cheio de segundas intenções por sua pessoa agora escravizada, e como se tudo isso não fosse desolador demais ela também descobriu que há algo não humano atrás deles, algo que ou você mata ou morre.

Samantha Shannon nos leva a um mundo totalmente novo que me faz lembrar algumas coisas de Phillip Pullman em Fronteiras do Universo.

O mundo dela é um local onde seres humanos conseguem ver, sentir e se comunicar com os mortos, um local onde eles são temidos e considerados aberrações, uma espécie de caça as bruxas moderna, o que é horrível por ser tão discriminativo e cheio de segregações. 

Mas não é somente isso, ao longo das páginas - que devem ser lidas de forma atenta para não dar um bug em sua mente - somos apresentados outros mundos e outros seres e então algo interessante se transforma em algo gigante diante de seus olhos.

A trama e seus personagens são todos complexos, mas logo ganham nosso carinho com sua narrativa intensa e atos corajosos, afinal quem não gosta de uma mocinha petulante e cheia de garra? 

Para um primeiro livro, totalmente introdutório de um mundo sem precedentes, eu só posso dizer que ela com maestria não o deixou pesado nem entediante, e nem mesmo guardou as melhores partes para o final, apesar de o final ser de desejar o próximo urgentemente!!! 

Para quem gosta de ficção e fantasia essa é uma boa pedida.


Postado por
Agatha

0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo