2.10.17

[Resenha] O Estranho :: Kristen Ashley

O Estranho - O homem dos meus sonhos #1
Autora: Kristen Ashley
Editora: Fábrica231
Páginas: 576
Skoob Goodreads | Amazon
Primeiro da série bestseller O Homem dos Meus Sonhos, da norte-americana Kristen Ashley, que chega ao Brasil pela coleção erótica Violeta, "O Estranho" conta a história de Gwen Kidd, uma mulher bonita, atraente e determinada, que se entrega a um relacionamento peculiar com um perfeito sedutor que aparece todas as noites em sua cama, envolvendo-a num excitante jogo de sensações, e a deixa sem que ela perceba, antes do amanhecer, sem que ela saiba ao menos o seu nome. Mas quando Gwen precisa ajudar a irmã, que se envolveu com uma gangue da pesada, e as duas passam a correr perigo, o lado protetor de seu amante misterioso vem à tona. Será que aquele louco relacionamento pode se revelar algo bem mais complexo?
Gwendolyn Kidd, ou Gwen, como costumam chama-la, é uma mulher linda que trabalha como editora de textos, é muito dedicada a sua profissão e tem a sua vida toda sob controle, exceto por uma coisa, o cara misterioso e gostoso que a visita todas as semana e que aquece a sua cama durante sua estadia, ela o conheceu em um bar e foram embora juntos e depois disso se tornou um hábito ele ir vê-la semanalmente.

Ele é de fato um completo mistério e a relação dos dois já é longa, sendo inevitável a estranheza que gera ao descobrirmos que Gwen não sabe sequer o nome do único cara que marca presença na sua cama. Pois é, o que eles tem é definitivamente casual e resume-se estritamente ao prazer, ou ao menos se resumia até o dia em que Gwen é ameaçada, acaba chamando a atenção de uma gangue e tem a sua casa invadida. É nesse momento que o Cara Misterioso tem ativado o modus Alfa-protetor-possessivo e resolve de fato entrar na história e dar a cara a tapa durante o dia. Ou seja, a relação deles –finalmente- começa a ir a algum lugar.

Todavia, a mocinha não vê nada de bom em ter o Cara Misterioso, que depois descobrimos, atende pelo nome Cabe Delgado e é popularmente chamado de Hawnk, perambulando pela sua casa em plena luz do dia e se achando o responsável por tudo. Ele não está nada feliz com as andanças de Gwen, que descobre que ela e sua família estão no meio de uma enrascada sem precedentes pela sua irmã mais nova e mal caráter ter se envolvido com gente da pesada e estar devendo a eles muita grana, na casa dos milhões! Mais de uma gangue está atrás dela, sem falar na polícia, logo, Gwen e sua família não estão seguros e Hawnk fará o possível para evitar que eles sejam um dano colateral na busca pela irmã de Gwen.

O relacionamento dos dois passa por muita coisa, que vai desde fofocas à sequestro. Juntos da protagonista tiramos várias conclusões sobre o que irá acontecer e cada vez que parece que a trama irá acalmar ou seguir um rumo a autora nos surpreende e leva a história para outro caminho. E gradativamente os protagonistas vão amadurecendo o seu conceito do que significa estar numa relação e se comprometer com o outro, e nos chocamos com o que o modus Alfa-protetor-possessivo é capaz de causar.

Para apimentar as coisas, outros personagens masculinos entrarão na história para dar uma leve confundida na protagonista e confesso, no leitor também. Apesar de considerar óbvia qual será a escolha a Gwen; só friso que não trata-se de um triângulo romântico ou algo assim, apenas são homens que, segundo a Gwen, são uma ótima visão e que como plus demonstram expressamente interesse por ela.

O Estranho trata-se de um livro erótico, todavia ao contrário da maioria dos livros do gênero que eu já li esse não tem como ponto alto –apenas- as cenas de sexo, elas estão lá para demonstrarem a sequência de uma cena, não apenas jogadas no enredo por tratar-se de um livro erótico e ser obrigatório ter cenas de sexo. Senti que a autora se importou em desenvolver um enredo bem sólido, tanto que se ela retirasse todas as cenas de sexo contidas no livro ele ainda sim teria conteúdo, o que não posso dizer de 95% dos livros do gênero e eu gosto quando um autor consegue fazer um romance erótico ter um enredo paralelo que se entrelaça ao romance, considero que a Kristen Ashley fez um bom trabalho na construção de O Estranho.

É uma leitura leve e descontraída, confesso que a premissa nem havia me motivado tanto inicialmente. Eu só resolvi ler e solicitei esse livro a editora por estar interessada em outro lançamento, o segundo livro da série e como gosto de seguir a ordem de publicação resolvi dar uma chance a esse primeiro volume para me situar na história e na forma de escrita da autora e fico muito feliz por ter dado uma chance! A leitura é envolvente e depois que você começa só vai parar de ler ao saber o desfecho.

A leitura acabou me surpreendendo, mas não posso deixar de citar algumas coisas tais como o uso excessivo das palavras ‘‘querido’’ e ‘‘querida’’, sério, eu devia ter contado quantas vezes essa palavra é usada. Eu até poderia deixar de comentar sobre isso, mas como já estou com a leitura do próximo volume iniciada descobri que esse é um vício da autora, ela acha que todos se chamam de ‘‘querida’’ o tempo todo, sério, isso me irritou tanto que a cada vez que eu via essa palavra eu só conseguia pensar ‘‘de novo?’’ e infelizmente isso quebrou o ritmo da leitura para mim em vários momentos, mas mesmo assim a leitura não deixou de ser atrativa, sem falar no vício da Gwen por massa de cookies, não sei como ela nunca passa mal (risos).

O Estranho é uma obra despretensiosa que tem um pouco de tudo, drama, comédia, ação e cenas mais calientes, acho que vai agradar grande parte do público que é fã de romance erótico. A narrativa começa situando o leitor em quem é a personagem e o tipo de relação que ela leva com o Cara Misterioso e junto a protagonista vamos gradativamente montando esse quebra cabeças e por vezes acabamos tirando algumas conclusões precipitadas, o que é normal.



11 comentários:

  1. Olá, eu não tinha conhecimento sobre esse livro, mas eu vou procurar mais por ele. Anotado a dica

    ResponderExcluir
  2. Confesso que essa capa não me agrada, mas a história parece ser interessante e sua resenha está excelente.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Gosto de leituras assim. Despretensiosas.
    Livros eróticos bons são muito difíceis. A maioria se repete nas mesmas cenas de sexo o tempo todo ou então só tem sexo o tempo todo. sem enredo.
    Mas esse me deixou curiosa.
    Sua resenha e deixou curiosa!

    Beijo!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem?! Esse livro é bem legal. Um dos poucos desse estilo que tem um conteúdo bem legal.
    A Kristen é muito boa autora, vale a pena conhecer as demais obras dela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oie!

    Por mais que a história pareça ser muito boa, infelizmente não faz meu estilo de leitura, na real até faz, mas como to tão afastada de romances que esse acabou não despertando meu interesse, mas fico feliz que tenha gostado da leitura!

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não conhecia o livro e a premissa me agradou Gostei de saber que a parte do sexo foi bem equilibrada, não gosto quando colocam as cenas eróticas sem sentido, legal saber que há sentido nas cenas. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiii tudo bem??

    Não costumo gostar de livros assim, mas achei bem interessante a história ser cheias de reviravoltas, e ter te surpreendido.
    Adorei a resenha,
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  8. Oi, Tudo bom?
    Eu não conhecia esse livro, talvez porque não tenho muito convívio com esse gênero literário, contudo pareceu-me muito interessante.
    beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ola lindona menina adoro a escrita da autora, senti certo alivia ao saber que nãos e trata de um triângulo amoroso, pois evito leituras assim. Amei essa capa, estou curiosa em ver esse lado protetor do amante de nossa protagonista. Estou esperando o preço baixar para comprar esse livro. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  10. Oiee Andréia ^^
    Acho que já conhecia esse livro, pelo menos a premissa não me é estranha. Mas só pela capa eu já não quero ler...haha' saber que o cara fica todo possessivo com a Gwen então...me desanimou total. Não consigo levar "querido" e "querida" a sério, sempre lembro da "kiridinha" kkkkk
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. OOiii, não tenho lido muitos livros eróticos, confesso que tenho achado a maioria deles, mais do mesmo! Mas esse, apesar dessa capa que não me atraiu, me chamou a atenção pelo conteúdo, os pontos que vc destacou na sua resenha, me fizeram ter vontade de ler... Parabéns e obrigada pela dica!

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo