controles do slide

30.7.18

[Resenha] Como Agarrar uma Herdeira :: Julia Quinn


Como Agarrar uma Herdeira - Agentes da Coroa #1
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Skoob Goodreads | Amazon
Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou. Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso. A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente.
Caroline é uma órfã herdeira, quando completar 21 anos terá direito a acessar toda a fortuna que seu pai lhe deixou e por isso o seu ambicioso tutor almeja o vantajoso casamento entre ela e o seu filho, assim ele poderá utilizar legalmente o dinheiro da jovem já que na época o marido é quem administrava os bens da esposa.

A gota d’água que faz Caroline fugir da casa em que mora é quando o seu tutor instrui o filho a se deitar com ela para a mesma passar a ser considerada uma mulher arruinada e não lhe sobrar outra alternativa senão a de se casar. Caroline se livra da situação com muito êxito para uma jovem aparentemente indefesa e pretende se manter às sombras até o seu aniversário, quando poderá assumir o que é seu por direito.

Trent, um agente secreto à serviço da Coroa mantem uma certa casa sob vigilância tendo em vista que nela habita um traidor do reino; logo, durante uma ronda ele acaba se deparando com uma jovem saindo sorrateiramente da mansão e deduz que aquela só pode ser a espiã estrangeira mais conhecidamente letal e ele mal acredita que a chance de capturar Carlotta de Leon está bem ali a sua frente.


É então que Caroline, ao sair da casa é capturada com base em um mal entendido, mas como ela precisa desaparecer até completar o curto período que falta para o seu aniversário decide não explicar a real situação e finge ser quem Trent acha que ela é, afinal, é melhor estar com um agente preparado do que ficar na rua e sem perspectiva de qual passo dar a seguir sob o constante receio de ser capturada pelo seu ardiloso tutor.

Já Trent só tem o objetivo de submetê-la a um interrogatório e continua intrigado pela espiã responsável por várias mortes ser completamente diferente do que ele imaginara, mas nada se compara a oportunidade que ele vê pela frente ao saber quem de verdade é a jovem a sua frente e o que ela sabe sobre o seu tutor, a movimentação e negócios que ocorriam em seu último domicílio e agora é a sua função manter essa jovem sob proteção.

Trent é um homem que cansou da vida perigosa a qual a sua profissão o submete e a perspectiva de se aposentar é o que ronda a sua mente nessa última missão, ele sofreu uma grande perda e dar uma chance para criar um vínculo amoroso com alguém está fora de cogitação; já Caroline é uma personagem que anseia por viver e por criar raízes, é nítido o amor que ela sentia pela sua família e isso reflete em um desejo de poder constituir a sua e trilhar um futuro seu, é uma personagem que anseia pelo amor correspondido. Ambos encontrarão no outro o que nem ao certo sabiam que faltava em suas vidas.

Como Agarrar uma Herdeira é um romance de época leve e despretensioso, uma leitura rápida e prazerosa com um toque de humor assim como os demais livros da autora e claro o romance que surge lentamente e que demora a ser assumido pelos personagens, principalmente por um deles é um dos pontos chaves da obra bem como, os diálogos repletos de ironia que rendem ótimos momentos. Ainda, um dos diferenciais da obra quando comparado à outros livros do gênero é o fato de esse não estar ambientado nos típicos salões londrinos, nada de baile dessa vez, o ambiente que ronda a obra toda é o da espionagem e suas missões.

Como Agarrar uma Herdeira é o primeiro livro da duologia Agentes da Coroa e os dois livros já foram publicados em português, a sequência se intitula Como se Casar com um Marquês e terá como protagonistas um novo casal, o ponto de conexão com o primeiro livro é que o protagonista do segundo volume também é um agente e amigo do protagonista desse primeiro livro.

Não deixe de comentar me falando se já leu algum livro da Julia Quinn e se já conhecia essa duologia.
Até a próxima!

comentários pelo facebook:

20 comentários

  1. A arqueiro sempre arrasa nos romances de época, e a Julia Quinn mais ainda.
    Desde que vi no lançamento, já estou louca para ler.
    Eu amei a premissa e o casal parece ter uma química incrível e super bem humorada.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem humorada, assim como os demais da autora, espero que goste!
      Beijos

      Excluir
  2. Eu já li obras da autora sim, mas faz tempo que não leio nada dela.
    Eu comprei o primeiro livro dessa duologia (já faz um tempo). mas ainda não consegui iniciar a leitura. Acho essa capa linda e sinto que vou gostar *_* adorei a resenha

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fazia um tempinho desde que eu havia lido um livro da Julia antes de iniciar esse. Já estava com saudades dos livros dela <3

      Excluir
  3. Fiquei com muita vontade de conhecer essa história, parece bem agitada, com mistérios a resolver. Já não me simpatizei pelo tutor oportunista, tomara que colha os frutos de sua má índole!
    Ótima sugestão!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tutor é um ser horrendo mesmo! E a história é bem agitada e com vários momentos engraçados, recomendo!
      Abraços

      Excluir
  4. Oiii Andy

    Eu li resenhas mistas sobre esse primeiro livro da Julia, alguns dizem que ~e mais fraquinho que outros da autora, mas tem muita gente que curtiu por ser assim levinho e terno. Eu acho que leria, não sou de muitos históricos mas por conta da história com pinta mais divertida eu arriscaria.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os romances de época costumam ser bem leves com relação parte histórica, e a Julia principalmente não fica enrolando muito na descrição do ambiente e fatos históricos, etão o foco narrativo fica mais nos personagens mesmo.
      E realmente, o público está bem dividido com esses livros que foram escritos antes de Os Bridgertons. Eu gostei, mas confesso que Os Bridgertons são os meus favoritos.

      Beijos

      Excluir
  5. Da Julia, li só dois livros até agora e me apaixonei. E amei a premissa desse! O início vai me dar muita raiva, mas acho que vou adorar o desenvolvimento desse romance, já tô rindo aqui dessa maluca fingindo ser quem não é e tentando ser considerada uma criminosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A protagonista rende várias cenas cômicas. E o inicio realmente dá um revolta, principalmente ao imaginarmos que muitas moças na época eram submetidas a esse tipo de situação.

      Abraços

      Excluir
  6. Ainda não conheço a escrita da Julia, mas saber que esse romance em questão é leve, me anima bastante, ainda mais por se tratar de uma duologia, mais fácil para eu conseguir todos os livro rsrs. Quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os livros da Julia tem essa pegada leve, é aquele tipo de leitura gostosa para lermos em uma boa tarde, sabe? Recomendo!

      Excluir
  7. Ainda não conheço a escrita da Julia, mas saber que esse romance em questão é leve, me anima bastante, ainda mais por se tratar de uma duologia, mais fácil para eu conseguir todos os livro rsrs. Quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Eu costumo gostar muito dos romances da Julia Quinn, esse eu achei divertido e leve. Achei que a leitura valeu a pena e curti bastante o livro.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tive essa mesma impressão, livro leve e com uma leitura que entretêm e rende um bom momento.

      Beijos

      Excluir
  9. Esse livro com certeza e um dos queridinhos dos leitores de Julia Quinn. Já muitas resenhas sobre ele, e todas com pontos positivos a respeito da história. Ainda não li, mas vai para minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro está sendo bem comentado, mas acho que nenhum supera Os Bridgertons, esse sim são os queridinhos <3
      Todos os livros da autora são leituras válidas e fia visível o amadurecimento dela a cada obra escrita.

      Excluir
  10. Amei!!!

    Excelente artigo!

    Um dos melhores blog que acesso, sempre tem artigos novos e com bastante conteúdo de qualidade.

    Parabéns!


    Meu Blog : Loterias da Caixa

    ResponderExcluir
  11. Lembro que uma amiga minha sempre lia os livros dela e nunca tinha parado pra procurar sobre a autora. Me trouxe uma impressão daqueles romances de época, e com certeza está na minha lista de leitura, até porque é uma duologia. Adorei a resenha!

    meu blog: https://porentrelinhaseestrelas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Andy,
    Posso falar que ler sua resenha me deixou com vontade de reler esse livro?
    Lembro quando peguei esse livro para ler e não tinha muitas expectativas, mas como me surpreendi por o livro ser tão diferente dos outros. Essa é, de longe, uma das melhores protagonistas que já conheci.
    Já adianto que o próximo livro é ainda melhor.
    Beijos

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas