controles do slide

6.3.19

[Resenha] Amor Sem Medidas :: Sophie Jackson

Amor Sem Medidas - Desejo Proibido #3
Autora: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Tudo ia bem na vida de Riley Moore, um ex-presidiário que trabalha duro para se manter de forma honesta em Nova York. Um telefonema da mãe, no entanto, acaba tirando o rapaz dos eixos: o pai está internado em estado crítico, depois de sofrer o segundo ataque cardíaco em menos de dois anos. Para estar ao lado da mãe nesse momento tão difícil e tentar resolver seus conflitos com o pai antes que seja tarde demais, Riley deixa tudo para trás e retorna a Michigan, sua terra natal, pela primeira vez em cinco anos. Mas lá não estão apenas os pais de Riley e as memórias de sua família: Lexie Pierce ainda vive na cidade. Grande amor da vida de Riley, ela também foi a responsável por deixar seu coração em pedaços. Como se a alma de um atraísse a do outro, o encontro entre os dois é inevitável. As lembranças de um amor poderoso fazem Riley querer Lexie de volta aos seus braços. Entretanto, a garota esconde um grande segredo, capaz de colocar à prova a confiança e os sentimentos do rapaz. Será que eles conseguirão superar a dor e o sofrimento de sua história para enfim viverem felizes para sempre?

Olá, leitores! Tudo bem com vocês?

A resenha de hoje é de um romance, livro desfecho da trilogia Desejo Proibido, escrito pela Sophie Jackson. Antes de começar a resenha propriamente, gostaria de fazer uma pequena observação: os dois primeiros livros dessa trilogia já foram resenhados e você pode conhecer um pouco mais tanto da história quanto da minha impressão das obras clicando no título respectivo de cada obra: livro 1 - Desejo Proibido, e livro 2 - Paixão Libertadora, só lembrando que por cada obra ter um casal protagonista diferente é possível de lê-los de forma independente que você não terá problemas em se conectar a história, todavia se a série te interessou, recomendo ler na ordem de publicação pois há casais de um livro que aparecem como personagens secundários de outros, já que os protagonistas masculinos dos três livros são melhores amigos.

Agora vamos a resenha!

Amor Sem Medidas conta a história do casal Riley e Lexie. Acompanhamos Riley tendo que voltar a sua cidade natal após uma emergência familiar. Riley ama a sua família e tem uma relação boa com ela, com exceção do seu pai que nunca conseguiu perdoar o filho pela maior burrada que já fez na sua vida: ser preso e jogar fora o futuro que tinha planejado para ele. Há muita mágoa entre eles e essa é uma relação que Riley não sabe se poderá reconstruir.

A casa da família de Riley está repleta de lembranças da sua infância e dos momentos que passou com uma pessoa especial, Lexie, sua melhor amiga, ex-namorada e o amor da sua vida. Ainda, Riley é conhecido como o pegador, todavia nunca conseguiu estabelecer nenhum vínculo com nenhuma das mulheres com quem sai, tendo em vista que sempre as compara com Lexie.

Riley e Lexie se conheceram quando eram crianças e desde que a viu Riley soube que Lexie seria alguém especial para ele. Conforme os melhores amigos foram crescendo a adolescência chegou e com ela a primeira paixão. Os sentimentos que um nutria pelo outro os acompanharam até a vida adulta, porém acontecimentos os separaram levando-os a cidades diferentes, até que um evento familiar terrível acaba promovendo um reencontro inesperado entre os dois após cinco anos de separação e então um deles descobre um segredo guardado pelo outro capaz de desestabilizar qualquer um.

Mesmo havendo muita decepção e explicações a serem dadas é evidente a química entre eles ao se reencontrarem. A questão é se eles conseguirão superar as mágoas e restabelecer a confiança que outrora existiu, pois é claro que ambos não conseguiram superar o relacionamento e sentimento que nutrem um pelo outro.

A obra acompanha o relacionamento dos dois, a interação deles no presente e a tentativa de curar e superar as mágoas que um tem do outro, paralelo a essa linha do tempo há flashbacks de quando os dois eram crianças e adolescentes, então acompanhamos a relação deles desde o início e como se tornaram mais do que amigos e é muito bonito ler sobre o surgimento de um primeiro amor, a Sophie escreveu sobre o relacionamento deles quando jovens de uma foram tão delicada e romântica que transmite a impressão de um sentimento puro e imaculado, a leitura das lembranças, desses momentos de flashbacks, nos envolve e são a cereja do bolo nessa obra.
‘‘A lágrima que escorreu pelo rosto de Lexie era tanto um pedido de perdão quanto um sinal de gratidão. A fé que ele tinha nela, neles dois, Lexie se dava conta de como havia sido fácil se apaixonar por ele e, depois, continuar amando aquele homem pelo resto da vida.’’

Para os que conferiram as resenhas que eu fiz das obras anteriores perceberam que o meu favorito foi o segundo livro da série, achei a história bem estruturada e a escrita da autora bem elaborada, o que tornou a obra uma ótima leitura. Nesse terceiro livro a escrita da Sophie Jackson mantem o nível, porém o momento de tensão entre os personagens, o segredo que envolve os protagonistas simplesmente não me convenceu, achei fraca as desculpas e justificativas que são dadas e por isso a obra acabou não se tornando a minha favorita, todavia foi uma boa leitura que aborda temas relevantes como o perdão, preconceito, ansiedade, depressão e superação. Finalizando, eu realmente gostaria que esse livro não fosse o desfecho da trilogia e que a autora acrescentasse mais volumes a essa série!

Espero que tenham gostado de conhecer mais um pouco sobre essa série. Agora me digam, qual o seu livro de romance favorito? Estou aceitando dicas nos comentários.

comentários pelo facebook:

8 comentários

  1. Olá.

    Uma pena que a obra não tenha te agradado tanto quanto a anterior. Isso geralmente acontece com as trilogias, né? Sua resenha ficou linda e bem sincera.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha, nunca li o livro, mas fiquei curiosa :)
    Beijos ^.^
    Little Wonders

    ResponderExcluir
  3. Oi Andy!
    Li só o primeiro livro dessa série, e achei a escrita da Sophie viciante, só não li os outros na época porque ainda não havia saído, espero terminar essa trilogia esse ano ainda. Parabéns pela resenha fiquei curiosa com o desenrolar da trama, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oie Andy =)

    Confesso que essa trilogia nunca chamou muito a minha atenção, mesmo com as resenhas positivas que li da série até hoje. Uma pena que o último livro não tenha de cativado tanto como o livro anterior, é realmente um pena quando o final de uma série acaba sendo decepcionante.

    Beijos e uma ótima semana;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  5. Eu só li o primeiro livro dessa série e me lembro de ter gostado muito da escrita da Sophie. Gostei do que apresentou de Riley e Lexie, me deixando bem curiosa para retomar a série, ainda mais por saber que o segundo livro foi o seu favorito e mesmo com sua ressalva sobre o segredo não ter te convencido eu quero ler. Sugestão anotada.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  6. Oiii Andy, como vc está?

    Eu acho os livros dessa trilogia bem interessantes, apesar de não ser um gênero que eu leia tanto. Que pena que neste as motivações do casal e os conflitos vividos não foram tão convincentes, pelo visto o segundo ainda fica como melhor mesmo né? De qualquer maneira, eu gosto do estilo da autora e quero dar uma oportunidade à esses livros.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei saber a sua opinião sobre o livro, por incrível que pareça essa é a primeira resenha sobre ele que leio e a história me deixou interessada. Vou conferir a resenha dos dois primeiros.
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu esse seu artigo, realmente é um dos melhores blog que estou visitando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus favoritos. ❤️ ..

    Meu Blog: Loterias Estaduais

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas