controles do slide

29.9.19

[Novidade] Novos Kdramas no catálogo da Netflix


Hey hey hey! Para quem gosta de kdramas e para quem achava que não tinha muitas opções agora eu venho mostrar para vocês que opções é o que não vai faltar no catálogo da Netflix para assistir! E olha... só tem dramão - okay, confesso que não vi todos esses, mas de 11 eu vi 6, um é lançamento e por isso não conta e os outros eu conheço a fama e o trabalho de pelo menos um ou dois dos protagonistas o que me garante falar "Pode arriscar!"

Mas para vocês não ficarem em dúvida vou deixar aqui a sinopse e alguns motivos para vocês darem uma chance, além das datas em que eles estarão entrando no streaming.



Chicago Typewriter - 1/10
16 episódios (2017)
Escritores que viveram durante a ocupação da Coreia pelos japoneses nos anos 1930 reencarnaram como Han Se Joo (Yoo Ah In), um autor de de best-seller que está deprimido e tem um bloqueio de escritor; Yoo Jin Oh (Ko Gyung Pyo), um misterioso escritor fantasma; e Jeon Seol (Lim Soo Jung), uma anti fã do superestimado Han Se Joo.

Meus motivos para você - e eu mesma sem desculpas agora - ver:
- Todo o elenco principal é lindo e adoro os atores, só vi ótimos trabalhos deles;
- A trama gira em torno de escritores e pessoas da área - minha área, então fiquei realmente interessada;
- Não há uma dorameira de respeito - que eu conheça - que não recomende esse drama, zero defeitos;
- Se tem esse tipo de beijo com pegada, não preciso me preocupar com o shipp.





The K2 - 1/10
20 episódios (2016)

Kim Je Ha (Ji Chang-Wook) é um ex-soldado para aluguel. Ele era um guarda-costas patriótico que foi abandonado por seu país e colegas, uma filha escondida do principal candidato presidencial que considera o amor como uma ferramenta de vingança, e a candidata a primeira-dama que esconde sua ambição atrás de uma fachada amigável e carismática.. Je Ha é contratado como guarda-costas por Choi Yoo Jin (Song Yoon A). Choi Yoo Jin é a esposa de um aspirante a presidente e a filha de uma família rica. Enquanto isso, Go Anna (Im Yoon Ah) é a filha secreta do candidato presidencial. Ela também é uma reclusa.

Meus motivos para você ver:
- Ji Chang Wook, meu motivo supremo ever! Ele é muito lindo e muito, muito talentoso mesmo, se você me perguntar quem está no meu top 10 atores ele estará lá, ele é tipo o Tom Cruise da Coréia.
Prova 1:



Prova 2:



Prova 3:


- Pra quem gosta de uma trama mais cheia de ações e conspirações políticas aqui está um prato cheíssimo;
- Pra quem quer sair da rotina de romances fofinhos ou meio fantasiosos segue a indicação;
- Vai ser difícil encontrar outra vilã tão carismática que nem essa viu?

Por motivos de "contrato com a emissora ou erro técnico" segundo a própria Netflix esse drama ainda não se encontra disponível no catálogo da mesma - estamos bravas mas vamos aguardar
Hey Ghost, let's fight - 1/10 16 episódios (2016)

Kim Hyun Ji (Kim So Hyun) uma garota que passou a vida estudando antes morrer em um acidente aos 19 anos. Agora ela é um fantasma que vaga pelo o mundo tentando lembrar-se de como era sua vida antes de morrer. Hyun Ji, então, conhece o exorcista Park Bong Pal (Taecyeon), um universitário que é assombrado pela a sua habilidade de poder ver e tocar em fantasmas. Bong Pal, decide começar a trabalhar como um exorcista para juntar dinheiro e em durante um de seus trabalho ele conhece Hyun Ji, a partir daí os dois começam a trabalhar juntos para mandar fantasmas que assombram diferentes lugar para o outro mundo.
Meus motivos para você - e eu talvez rever porque nossa que amorzinho esse kdrama - ver:
- Kim So Hyun, a mesma atriz da mais nova sensação da Netflix, Love Alarm, eu acompanho essa menina desde que ela era pré-adolescente e eu só posso dizer que sua atuação é impecável, para mim ela é uma diva e se tem ela no elenco eu já assisto só por ela!
- Taecyeon, o cantor a ator coreano que é um dos meus queridos em cantar e atuar, pois ele faz os dois muito bem e eu realmente consigo ver sua dedicação
- A química do casal é completamente inegável:



- A trama envolvendo uma fantasma desmemoriada e um jovem caçando fantasmas parece básica mas na verdade há muito suspense e ação, com altas doses de comédia e romance que tornam tudo perfeitinho de mais. PRA MARATONAR ESSE BEBÊ



Lovely love lie / The liar and his  lover 16 episódios (2017)

Kang Han Gyul (Lee Hyun Woo) é um grande compositor que esconde sua identidade pois trabalha sob o nome de “K” com a banda Crude Play. Um dia ele conhece Yoon So Rim (Joy), uma estudante do ensino médio que tem uma voz incrível e ela se apaixona por ele. So Rim acaba na mesma agência em que K e Crude Play trabalham.
Meus motivos para você ver:
- Joy da banda Red Velvet, para muitos esse pode ser um dos motivos para não ver, já que criticam a atuação dela, mas para mim essa menina é uma fofa e seus personagens sempre me parecem ingênuos e meigos. Ela é minha bias - membro favorito de um grupo - então defendo sim!


- A trama toda é sobre música e o amor das pessoas por ela para suportarem trabalhar no meio e seus esforços para permanecer ou entrar na indústria, para quem gosta - como eu - é um prato cheio;
- O romance é sobre um homem que descobre em uma jovem estudante do ensino médio sua musa, é muito fofo e meigo e lindinho como as coisas se desenvolvem entre eles com muito cuidado e respeito;


- Temos um shipp secundário de respeito;


- O protagonista masculino também é a coisa mais fofinha do meu dia toda vez que ele sorri.




Cheese in the trap - 1/10
16 episódios (2017)

O drama conta a história de uma estudante universitária Hong Seol (Kim Go Eun) que trabalha duro para manter seus estudos e vê sua vida virar de cabeça para baixo quando se envolve com Yoo Jung (Park Hae Jin), um estudante conhecido por ser “perfeito em tudo”, porém para ela, Yoo Jung é na verdade misterioso e cheio de segredos.
Meus motivos para você - só alguns pois para esse eu tenho muitas e muitas coisas a falar - ver:
- Kim Go Eun e Park Hae Jin, uma vez que você conheça o trabalho deles é impossível não querer mais e mais, eles são atores excepcionais 


- A trama é centrada em estudantes universitários e para minha total aprovação eles não são jovens sem preocupações que vão a milhares de festas e ainda passam nas matérias, eles surtam que nem nós pobres mortais;

- E temos um prêmio de melhor atriz doidinha! Lee Sung Kyung foi aqui que eu pensei, se ela consegue fazer esse papel ela consegue fazer qualquer coisa;


- E de beleza do ano para o irmão dela! Seo Kang Joon realmente arrasa nesse papel;


- E por último mas não menos importante a problemática desse kdrama: limites humanos. Eu vejo umas meninas bem irritadas quando o povo gosta de Cheese pois dizem que ele é bem tóxico, até aí Boys before flowers é beeeem pior e o povo ama. Mas a questão aqui é que em nenhum momento eu sinto que estão romantizando esses comportamentos, na verdade eles envolvem tudo em dúvida e receio e jogam pra gente como nossa mente insiste em resistir aos sinais e querer romantizar ou minimizar as coisa. Eu acho fantástico, principalmente pelo fato de que no fim quem precisa ser punido é e quem precisa ser tratado também, fiquem curiosos e vão ver mauahahahaha.

Por motivos de "contrato com a emissora ou erro técnico" segundo a própria Netflix esse drama ainda não se encontra disponível no catálogo da mesma - estamos bravas mas vamos aguardar
Twenty Again / Second time twenty years old - 1/10
16 episódios (2015)

Ha No Ra (Choi Ji Woo) era uma jovem que sonhava em ser dançarina, mas aos 19 anos ela conheceu o seu futuro marido e inesperadamente se tornou mãe.  Atualmente, ela tem  38 anos e passou sua vida dedicando-se ao marido e filho. Ha No Ra decide entrar em uma universidade para compensar o tempo perdido e acaba na mesma faculdade que o seu filho, agora ela tem que a oportunidade vivenciar seus 20 anos novamente.

Meus motivos para você - que me fariam - ver:
- Uma protagonista feminina forte, que não está feliz no casamento e nem contente por ter largado os estudos para ser a esposa perfeita, que decide que quer dar um fim a essa situação insustentável e voltar à estudar;
- Choi Won Young, o cara que irá ajudá-la em seus estudos e que era seu amigo de infância. Sinceramente esse ator é um dos meus queridinhos, eu ia só por ele;

Por motivos de "contrato com a emissora ou erro técnico" segundo a própria Netflix esse drama ainda não se encontra disponível no catálogo da mesma - estamos bravas mas vamos aguardar
Tomorrow with you - 1/10
16 episódios (2017)

A história é sobre Yoo So Joon (Lee Je Hoon) que tem a capacidade de viajar no tempo. Quando ele vê o seu futuro eu infeliz, ele decide evitar esse destino casando-se com Song Ma Rin (Shin Min A). Apesar de se casar com Ma Rin por razões egoístas e sem amor, com o passar do tempo aprende a amá-la desinteressadamente.
Meus motivos para você - e eu com toda a certeza rever e só alguns deles, pois esse é realmente um dos meus queridinhos - ver:
- Os protagonistas e tudo bem eu posso entender que vocês devem estar pensando: "Essa menina só assiste pelos atores", mas bons atores costumam escolher bons trabalhos e eu sei que com esses dois é sempre assim, nunca me decepciono com a estória! Lee Je Hoon e Shin Min A só fazem papéis com peso;



- Viagem no tempo, eu sou realmente viciada nesse assunto e acho muito difícil encontrar bons roteiros que façam esse conceito não parecer um completo absurdo, Tomorrow além de usar esse fato para te levar do primeiro ao último episódio ainda faz com que você pense nas consequências de se alterar o futuro;


- Um drama sobre um cara que se casa para evitar um trágico futuro e que se compromete em manter os dois à salvo. Yoo So Joon não ama Ma Rin, ele apenas sabe que eles não estarem juntos é um dos motivos que o levam àquele futuro horrível, então ele decide se casar com ela e quem sabe assim evitar que os dois sofram, mas ele não é alguém que saiba amar, muito menos uma mulher. E eu acho lindo como podemos ver como aos poucos ele não só se apaixona mas aprende que um casamento é muito mais do que só amar, é sobre se dividir e confiar. Podemos ver seu esforço;


- Uma mulher que se dá ao respeito. Ma Rin foi uma atriz mirim muito famosa por um único papel que a atormenta até hoje, como se isso não bastasse ela ainda é linda o que a faz sofre um pouco com homens, mas ela é simplesmente diva ao reagir: "Quem você pensa que é para estar me tocando quando nem nos conhecemos ou somos próximos, quer apanhar?". Uau! E o mesmo vale para So Joon, ele aparece de repente em sua vida e não é só seu rostinho bonito que a convence, ela precisa de fatos e provas. Amo isso!



Signal - 1/10
16 episódios (2016)

Hae Young (Lee Je Hoon) é um detetive que não confia em policiais, mesmo ele sendo um, devido a um caso que aconteceu quando ele ainda estava na escola . Hae Young encontra um walkie talk velho jogado no lixo, misteriosamente o walkie talkie funciona por alguns segundos e o homem do outro lado da linha é o detetive Jae Han, que está desaparecido há 15 anos.
Soo Hyun é uma detetive que comanda um departamento de investigações na polícia, ela conhece Hae Young através de um caso e eles passam a trabalhar juntos.
A partir daí, Hae Young se comunica com o detetive Jae Han no passado e juntos tentam resolver diversos casos que não foram solucionados.
Meus motivos para você - e eu com toda a certeza - ver:

- Lee Je Hoon - hahahahaha -, sim ele novamente. E aqui para provar que ele é um mestre! 

- Um walkie-talk conectando dois tempos, quase como uma viagem no tempo não? Mas agora imagine isso num contexto envolvendo crimes que nunca foram solucionados no passado e que ainda afetam o futuro? O quão doido seria se ambos os tempos pudessem trocar informações?



- Ser policial não é uma coisa fácil, por tantos motivos diferentes que enumerá-los é até complicado;

- Toda dorameira que eu conheço recomenda e ele é aclamado como um dos melhores dramas já escritos, com altos índices de audiência.

Por motivos de "contrato com a emissora ou erro técnico" segundo a própria Netflix esse drama ainda não se encontra disponível no catálogo da mesma - estamos bravas mas vamos aguardar
Another Miss Oh / Another Oh Hae Young - 1/10
18 episódios 
2016

Oh Hae Young (Seo Hyun Jin) levou um fora do noivo Han Tae Jin (Lee Jae Yoon) um dia antes do seu casamento. Devastada e incapaz de contar a verdade aos pais e amigos e ela acaba mentindo sobre o término do relacionamento.
Park Do Kyung (Eric Mun), é um famoso designer de sons que há um ano atrás, ia casar com Oh Hae Young (Jeon Hye Bin) mas ela desapareceu pouco antes do casamento. Desesperado ele ficou sabendo que ela iria se casar com um outro homem chamado Han Tae Jin e ele resolve arruinar a vida deste homem, sem saber que na verdade, essa era a outra Oh Hae Young. Do Kyung acaba envolvido com as duas Oh Hae Young enquanto começa a ter visões complexas sobre o futuro.
Meus motivos para você - e eu babar para rever - ver:

- Seo Hyun Jin, essa mulher é minha rainha, se você quer uma personagem densa, com uma atuação maravilhosa e altas doses de risada... é com ela mesmo;



- Como seria viver uma vida com vislumbres de acontecimentos futuros próximos? Vislumbres que às vezes significam algo e outras vezes não? Vislumbres que podem te derrubar após você entender o que poderia ter evitado? Esse é um dos dilemas do nosso protagonista;

- Um elenco secundário que é tão bom quanto o principal, ninguém é enfeite;



- Amigos que estão lá até para serem loucos quando seu friend chega beijando a mina dele como se estivesse pronto para ... bom, vai render muitas risadas.





Tunnel - 1/10
16 episódios (2017)

Em 1986, Park Kwang Ho (Choi Jin Hyuk) é um detetive que tenta capturar um serial killer. No meio de uma perseguição eles entram dentro de um túnel e Park Kwang Ho é levado ao ano 2017. Ele começa a trabalhar com o detetive Kim Sun Jae (Yoon Hyun Min) e a professora de psicologia criminal Shin Jae Yi (Lee Yoo Young).
Meus motivos para você  ver:

- Uma viagem no tempo ao futuro, como será se ver tantas décadas à frente?
- Choi Jin Hyuk, é realmente difícil ver esse homem como protagonista, ainda mais em algo mais sério como um policial, vejo muito potencial nele, arriscaria.




When the Camellia blooms / Para sempre Camélia - 28/09
32 episódios - cerca de trinta minutos cada
2019

O drama é uma comédia de suspense romântica sobre o amor realista e apaixonado entre três casais. O drama seguirá a história de uma mulher chamada Dong Baek (Gong Hyo Jin) que dirige um bar chamado Camellia, e mostrará como sua vida está entrelaçada com um homem bom, um homem mau e um homem barato.

Meus motivos para você - e eu - ver:

- Mãe solteira - por favor - dando tapas na cara da sociedade;



- Lançamento mundial com a Netflix;

- Os teasers me convenceram totalmente!



- Um elenco de peso, Gong Hyo Jin é uma atriz de longa data conhecida por sua boa atuação, Kang Ha Neul é um ótimo ator e esse é seu primeiro papel após ser dispensado do serviço militar obrigatório e Kim Ji Suk, um ator que eu super amo mas que só agora está pegando papéis principais, estou ansiosa por isso.

E é isso galerinha, sei que ficou grande mas queria explicar direitinho para vocês. E então, o que acharam? Ficaram com vontade de verem quais? Já viram algum? Vão rever? 

comentários pelo facebook:

Nenhum comentário

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas