controles do slide

30.10.19

[Dorama SB] Graceful Family :: 우아한가


Sentiram a ostentação dessas pessoas? Bom hoje vou apresentar para vocês um dos meus melhores doramas do ano e digo isso com muita convicção.

Graceful Family foi tão surpreendente de tantas formas que não pude deixar passar, vocês precisam conhecer esse bebê que conquistou recordes de audiência na Coréia.

Então se você gosta de tramas e tretas familiares, muitos jogos políticos e corrupção, personagens femininas fortes e altos dramas... só venha.

Graceful Family - 우아한가

Episódios: 16 | Emissora: MBN | Ano: 2019
Onde ver: Viki e Kingdom Fansubs
Sinopse: Mo Seok Hee (Im Soo Hyang) é a única herdeira do império de negócios do Grupo MC. Financeiramente, ela não precisa de nada. Porém, isso não significa nada. Banida para os EUA há mais de uma década e meia, Mo Seok Hee nunca se esqueceu do assassinato de sua mãe e do fato de tudo parecer estranho. Nem se esqueceu do olhar frio de seu pai ao concordar em mandá-la para longe quando seu mundo inteiro se desfez.
Mas  agora ela está decidida a voltar para casa, e assim que Seok Hee coloca seus pés na Coréia do Sul toda a rotina da família MC e fortuna do grupo MC entram em colapso.
De volta à Coreia do Sul, ela conhece Heo Yoon Do (Lee Jang Woo), um advogado de origens humildes e princípios distintos que fazem com que Mo Seok Hee se sinta inclinada à escutá-lo. Talvez por isso Heo Yoon Do tenha sido contratado pelo Grupo MC como membro da equipe de gerenciamento de crises TOP com o intuito de observar e conter Mo Seok Hee e ao mesmo tempo encobrir as contravenções cometidas pela família Mo.
Mas ninguém contava com o fator amizade com o fato de Heo Yoon Do estar disposto a ajudar Mo Seok Hee de dentro na missão de desvendar a verdade sobre a morte da mãe de Mo Seok Hee.
Diferente do que vocês podem estar pensando essa história não começou com Mo Seok Hee. 

Não. Não mesmo.


Essa história talvez tenha começado com uma ambiciosa juíza que viu no sistema judiciário uma prisão para seus talentos pelo simples fato de ser mulher. Ou talvez tenha começado no grande CEO do grupo MC vendo nessa mesma juíza uma mulher de talento e confiança para ajudar sua empresa crescer e se tornar líder. Quem sabe talvez tenha começado no filho desse mesmo CEO, um marido infiel e filho ingrato, traindo sua esposa e gerando dois filhos fora do casamento. Ou ainda talvez na esposa desse filho que incapaz de gerar um herdeiro para o grupo se deixou ser empurrada para fora e substituída pela amante. Ou ainda na amante que viu no carinho do CEO pela sua neta - do primeiro casamento - tardia uma ameaça para o seu futuro e de seu filho perfeito como herdeiro do grupo MC.

Todas essas são possibilidades. Mas a verdade é que tudo começou com um assassino sendo encoberto, rapidamente. Colocando todos os envolvidos e problemáticos para fora do caminho do filho infiel e ingrato, de sua amante e de seus filhos. Para fora do caminho do crescimento do grande grupo MC.



15 anos depois Mo Seok Hee tem sua chance de retornar. Ela sabe que foi enganada e que está sendo "mantida longe" propositalmente, assim quando avisam que é agora ou nunca Seok Hee não poupa esforços para voltar e entrar no país de maneira discreta e sem ser pega pelo TOP, grupo de segurança e contenção criado pela Sra. Han - a tal juíza - para assegurar o lugar de destaque do Grupo MC e evitar que a família Mo caía em desgraça na sociedade.

Mas acontece que o TOP é assustador, eles não medem esforços nem recursos em seus atos. Para eles o grupo MC é a prioridade, se alguém precisar ser descartado esse alguém será, por isso eles contam com os melhores em cada área, jurídica, inteligência, mídia, segurança e o que mais for necessário e acima de tudo, eles tem contatos. Seja onde for o que o dinheiro não comprar a influência deles irá.


Afinal esse é o mundo onde eles vivem, um mundo onde quem tem mais dinheiro tem mais poder.

Onde o dinheiro compra publicidades, que compra pessoas, que compra vidas, que compra justiça e poder político. Um mundo onde pessoas podem se descartadas facilmente sem afetarem sua vida, você só precisa poder pagar.

Mas ninguém contava com Mo Seok Hee voltando pra ficar. O ressentimento dessa menina não é brincadeira não pessoal, mas eu também ficaria ressentida se meu próprio pai me mandasse para longe logo após ter visto minha mãe assassinada. Se ele me afastasse do meu avô e não demonstrasse nenhum remorso. Se eu tivesse que crescer sozinha em outro país distante de todos que conheci e da minha cultura. Se fosse vigiada 24 horas por dia e não pudesse fazer nada além de fingir ser uma menininha fútil.

Mas não se enganem, essa garota veio pra mostrar que ela não é brincadeira não!

Dona de um rosto maravilhoso, um senso de moda digno de uma passarela e um temperamento daqueles Mo Seok Hee mal entrou no país e já cruzou com boy lixo e foi parar na delegacia. O que não foi de todo ruim, ao se envolver com a polícia ela acaba conhecendo Heo Yoon Do, um advogado recém nomeado que ainda está tremendo nas bases mas tem um senso de justiça afiado. Tão afiado que quando o TOP aparece tentando levar Mo Seok Hee ele saí em seu socorro e quebra um baita galho, fazendo com que Seok Hee pense que ele talvez lhe sirva de ajuda para outras coisas.


Mas a TOP vê sua influência em Mo Seok Hee e pensa a mesma coisa, a questão é: agora ela tem a oportunidade de jogar de dentro e não vai perder ela, mesmo que para isso corra o risco de ser descoberta ou até mesmo percorrer um caminho sem volta. 

E Heo Yoon Do pensa da mesma forma, afinal ele também tem seus segredos do passado e verdades que deseja descobrir.

E assim a cada momento compartilhado ambos aprendem e se apoiam. Gente meu surto tá? Porque nossa senhora esse shipp foi muito digno em todos os aspectos, toda a construção do envolvimento deles é sensacional e completamente lógica e como os dois estão sempre ali um para o outro... UAU, só posso bater palmas minha gente!



Eu poderia dissecar os personagens dessa trama um por um e ainda teria muita coisa para falar, mas então eu estaria tirando a graça de descobrirem por si mesmo o quão complexas são essas pessoas. O quão disfuncional é essa família. O quão grande pode ser seu ranço por um certo tipinho de gente. O quão emocionante pode ser confiar nos outros. O quão frustante é não ter poder - principalmente o de entrar na tela e dar um soco na cara de uns - para impedir tragédias e injustiças. O quão gratificante e desolador pode ser a verdade.

Então o que eu digo é... assistam esse HINO sem medo que é sucesso. De verdade. Tem suspense, tem romance, tem muitas patadas necessárias para a sociedade, tem muitos temas polêmicos - que eu não posso nem cogitar falar para evitar o choque catártico que é -, tem muitas tretas familiares e muita emoção.

Eu comecei sem muitas expectativas e só pela Im Soo Hyang e acabei completamente viciada e ansiosa por cada episódio. 

Vocês sabem o que é aquele drama eletrizante com umas coisas absurdas que te fazem se perguntar "Como diachos eles vão resolver isso agora?", pois bem, é exatamente assim com Graceful Family. Cada episódio tem um caso novo e dá continuidade a trama que já segue e você fica "Meu deuuuuusu, isso está mais tretoso que CSI!"!!! 

Enfim, o drama terminou sem eu autorizar, mas fechou com chave de ouro tudinho. Senti o gosto da justiça, chorei de tristeza, aplaudi de emoção e gritei com meu shipp. 

Foi chocante mas sem defeitos.

Então. Assistam.

Pra. Ontem.

Por favor. Que eu não recomendo coisas que não sejam 10/10 aqui hein!!!

comentários pelo facebook:

Um comentário

  1. Gostei bastante do artigo de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui e te agradeço por compartilhar...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Blog Dicas da Web

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas