controles do slide

29.1.21

[Resenha] Amigas para Sempre :: Kristin Hannah


Amigas para sempre - Firefly Lane #1
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 576
Adicione a sua lista de desejados e/ou compre em:  Skoob  | Goodreads | Amazon Americanas Submarino  
Sinopse: Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.

Uma história sobre amor, amizade, e sobre como os amigos são a família que escolhemos para amar. Essa frase pode definir Amigas Para Sempre.

A jovem Tully sempre sofreu muito, foi abandonada pela mãe drogada para ser criada pela avó, até o dia em que a mãe reaparece e resolve se fazer presente, então elas se mudam para a Alameda dos Vaga-lumes.

É na Alameda dos Vaga-lumes da década de 70 que Tully conhece Kate, uma jovem criada numa família tipicamente americana e certinha. As meninas são vizinhas e se tornam amigas após algo muito terrível acontecer com uma delas, criando então uma rede de apoio e de confidencialidade entre elas.

Em Amigas para Sempre iremos acompanhar a história de amadurecimento e crescimento dessas duas moças, Kate e Tully, que se conheceram quando adolescentes. As duas jovens aparentemente não têm muito em comum, enquanto uma é mais observadora e cautelosa, com uma família que a ama e cuida dela, a outra é despojada, destemida, popular e tem uma família desestabilizada; cada uma tem características que a outra admira e até inveja. A vida acaba fazendo com que elas acabem se tornando confidentes e dividindo sonhos que as unem de forma inesperada.

Ambas protagonistas enfrentam, cada uma a seu modo, momentos complicados e veem uma na outra o suporte necessário para serem felizes e mudarem aquilo que as afligem, sem medo de julgamentos. Iremos acompanhar suas trajetórias desde os nobres sonhos da adolescência até as realizações da fase adulta, e a interação das personagens com diversos tipos de relações, tais como mãe e filha, marido e mulher, dramas familiares e segredos.

Amigas para Sempre é um livro de fácil leitura, leitura essa que foi um pouco mais lenta do que estou habituada, confesso que prefiro livros cujo enredo se desenvolvam mais rapidamente. Entretanto, gostei da obra e das diversas lições que consegui tirar dele, bem como do bem elaborado e apresentado desenvolvimento das personagens com suas qualidades e defeitos, são personagens humanos com os quais conseguimos nos identificar e também nos irritar com suas personalidades e atitudes por vezes egoístas, entre várias outras características que me faltariam espeço para descrever. Enfim, tive uma relação de amor e ódio com os personagens e suas atitudes. 

O livro escrito pela Kristin Hannah é repleto de momentos significantes das personagens que nos emocionam e nos fazem esperar pelo melhor, com conteúdo tocante tornando a obra cativante e sendo impossível não se emocionar e se ver vidrada com a narrativa. É uma obra que nos ensina bastante sobre empatia e sobre sermos cautelosos com nossas ações pois podemos machucar ou ajudar o outro com uma ação desmedida, bem como sobre as pessoas que nos acompanham nos momentos mais preciosos.

Eu enquadro o livro como romance/drama e talvez seja necessário alguns lenços para te acompanharem durante a leitura. Lembrando que o livro ganhou adaptação pela Netflix em uma série homônima que tem a estreia prevista para o dia 03 de fevereiro de 2021. Confira o trailer:


Me conte nos comentários se já conhecia esse livro ou se ficou interessado após saber da adaptação pela Netflix?


comentários pelo facebook:

7 comentários

  1. Oi, Andy. Como vai? Este livro desperta minha curiosidade por lê-lo, e embora a leitura seja um tanto lenta ( prefiro leitura dinâmica ) pretendo ler. A adaptação parece-me que ficou bem feita, não é mesmo! Sua resenha está ótima. Um abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu estou bem ansiosa para assistir a série, espero que tenham feito um bom trabalho.
      Abraços

      Excluir
  2. Olá
    Eu já fiz a leitura desse livro e não vejo a hora de poder conferir a série pela Netflix. Gosto muito da autora e da forma como ela desenvolve a trama. É uma obra com muitos momentos significativos mesmo. Lendo sua resenha, me deu até vontade de reler.
    Beijos, Fê
    Modoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu tive uma certa relação de amor e ódio. Espero gostar da adaptação.
      Abraços

      Excluir
  3. Li o livro recentemente com o objetivo de ver a série e confesso que minha experiência foi bem negativa. Achei a amizade das duas bem tóxica. Tully muito egoísta e Kate muito passiva. Isso me desanimou geral pra ver a série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Então, eu tive uma relação de amor e ódio com essa leitura. E de fato, por vezes a amizade das duas parece tóxica, entretanto as duas se conhecem bem e a anos, é escolha delas de manterem a relação de amizade, assim como é escolha delas aceitarem os defeitos e qualidades da outra, de comprar o ''pacote'' todo e se elas não ligavam a ponto de isso não interferir na amizade delas eu resolvi não ligar e comprar a ideia da autora, faz sentido?
      Mas com certeza não é o tipo de amizade que eu gostaria de ter pra mim.

      Abraços

      Excluir
  4. Oie, tudo bem?
    Eu ouvi falar desse livro por causa da série que saiu na Netflix, mas confesso que nenhum dos dois chamou minha atenção ainda. Eu gosto muito de livros que falam sobre amizade, mas a sinopse desse não chamou minha atenção. Mas que bom que você gostou da leitura e, apesar de você ter achado um pouco lento, conseguiu se emocionar e tirar mensagens importantes.
    Talvez eu assista à série e, se gostar, dê uma chance para o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas