12.4.15

[Resenha] Férias Infernais

Férias Infernais 
Vários autores
Editora: Galera Record
Páginas: 272
Mais uma vez, cinco grandes autoras se reúnem para contar histórias sobrenaturais... de férias que não se saíram muito como o planejado! Acham perder a bagagem um grande problema? A viagem dos seus sonhos pode se tornar um pesadelo! Imagine ter de dividir os aposentos com uma bruxa rancorosa. E queimaduras de sol podem até ser ruins, mas nada se comparadas a uma maldição... Sombra e água fresca? Que nada. Todo mundo sabe que quando adolescentes saem de férias estão mesmo à procura de aventuras inesquecíveis. Mas é preciso tomar cuidado com o que se deseja. Estes cinco contos sobrenaturais repletos de terror, vingança e maldições vão fazer você pensar duas vezes antes de escolher o próximo destino.
 *Livro cedido pela editora para uma resenha honesta*

Para aqueles que gostam de contos, Férias Infernais é uma ótima pedida. Apesar do título, por eu já ter lido os demais livros da coleção ''Short Stories From Hell' eu sabia que não seriam contos pesados e de terror, e eu felizmente estava certa.

Os contos não são de terror, teve um só que tinha um ar mais de suspense, mas nada chocante. Cada autor é responsável por um conto, ao todo o livro contem 5, escritos por autores reconhecidos na literatura contemporânea, e cada um, em sua maioria contem algo paranormal e ou sobrenatural. Vou comentar um pouco sobre os contos.

Cruzeiro, Sarah Mlynowski – Duas amigas, Liz e Kristin, vão a um cruzeiro com duração de três dias, mas então começa um boato que cruzeiros tem sido atacados, pois algumas pessoas andam desaparecendo deles e quando seus corpos são encontrados – se encontrados- algo está faltando. Enquanto nossas protagonistas começam a se questionar se algo realmente está acontecendo, procuram um rapaz para a grande primeira vez da Kristin. || Não conhecia o trabalho da Sarah, Cruzeiro foi o conto mais descontraído e eu adorei ter começado a leitura por ele, e o final conseguiu me surpreender.

Não gosto da sua namorada, Claudia Gray – Narra a estória de uma jovem bruxa que vai passar as férias na praia onde é obrigada pela mãe a conviver com sua arqui-inimiga, e lá conhece um jovem encantador, ele é perfeito, ao menos seria perfeito, se não fosse pela namorada megera. || De todos os contos esse foi o que eu menos gostei, a protagonista não me agradou muito, ela todo ano só sofre nas mãos da outra bruxa e achei controverso o fato de ela ser tão inteligente e nunca ter feito nada para provar que a outra tentava prejudicá-la até algo realmente sério acontecer.

A lei dos suspeitos, Maureen Johnson – Conta a estória de duas irmãs americanas que vão para a França conhecer alguns parentes e estão em busca das férias perfeitas, mas por alguns imprevistos elas acabam indo para o interior do país e lá coisas um tanto quanto perturbadoras começam a acontecer. || Demorei um pouco para ‘‘entrar no clima’’ desse conto meio thriller, mas gostei bastante da criatividade da autora e do desenvolvimento de tudo dessa estória maluca que me lembrou um filme trash.

A casa de espelhos, Cassandra Clare – A mãe de Violet acaba de se casar e inesperadamente ela se vê sendo arrastada juto ao novo irmão postiço, Evan, para a lua de mel do casal numa casa alugada à beira-mar. Mesmo sendo uma circunstância estranha tudo seria normal, se não fosse pela vizinhança e por uma moradora de uma certa casa cor-de-rosa. || A Cassandra Clare é a autora desse conto, então antes de iniciar a leitura eu já estava curiosíssima para saber o que viria e não me decepcionei! A narrativa é ótima e criativa, amei o final, foi um dos contos que eu mais gostei.

Nenhum lugar é seguro, Libba Bray – Primeiro e único conto do livro que tem como protagonista um homem. Poe é um jovem que acaba de terminar o ensino médio e para comemorar, resolve fazer um mochilão pela Europa acompanhado por alguns amigos, mas a grana acaba antes da hora e então resolvem fazer um itinerário mais barato indo à uma cidade/vilarejo do interior da Europa Oriental e digamos que eles são surpreendidos com o que encontram. 
‘‘Chega a um vilarejo e nota grandes pingentes de olhos malignos que os moradores penduram em suas janelas. Talvez dê risada com as superstições excêntricas. Isso, amigos, é o tipo de babaquice arrogante que pode acabar com a vida de um cara. Elas não são tão excêntricas nem são superstições. Existe uma razão para aqueles aldeões ainda estarem vivos.’’
Nesses contos o normal não existe, então tenha isso em mente durante toda a leitura. Gostei de todos os contos, não teve nenhum que não me entreteve, lembrando que não os considero arrepiantes; o que eu menos gostei foi o ‘‘Não gosto da sua namorada’’e o que eu achei mais próximo a um filme de terror e que faz jus ao título do livro foi ‘‘Nenhum lugar é seguro’’, foi um conto que eu imaginei como filme e gostaria de ler mais sobre.

Adoro ler livros de contos, pois permite que conheçamos vários autores, Férias Infernais é um bom exemplo disso, mesmo já tendo ouvido falar de várias das autoras desse livro, eu não conhecia o trabalho da maioria delas e depois de conhecer um pouquinho das suas respectivas escritas, com certeza irei atrás de alguns do seus livros.

Todos os contos são de leitura fácil e rápida e não têm ordem específica de leitura. A edição da Galera está ótima e tenho certeza que todos que curtem fantasia irão curtir a leitura de Férias Infernais, assim como eu.


9 comentários:

  1. Eu já li dessa trilogia Formaturas Infernais e lembro que gostei bastante dos contos que havim no livro, quero ler os outros dois livros que foram lançados depois de Formaturas! :D
    Contos são sempre bons para passar o tempo.

    Beijos e até logo Andréia! :D
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Andréia,
    Eu pensava que esse livro trouxesse contos de terror, mas me surpreendi com sua resenha. A diagramação parece estar boa e fiquei curiosa para conhecer os contos. Não tenho muita experiências com esses livros, pois demoro muuuito para ler, mas estou tentando mudar de hábito rs.
    Obrigada pela dica :)
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quando vi a capa e o título logo pensei que fossem histórias de terror mas pretendo ler e fiquei curiosa com o segundo e quarto conto.

    ResponderExcluir
  4. Sou muito fã dessa serie e realmente pensamos que o livro é uma coisa mas acaba surpreendendo sendo outra.
    :*
    http://armazemdochef.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Na verdade não gosto muito deste tipo de literatura fantástica mas gosto de contos e também gostei muito de sua resenha talvez arrisque a leitura

    ResponderExcluir
  6. Oi Andréia, tudo bem?
    Li recentemente esse livro e tive as mesma impressões que você!
    Esse realmente não é um livro assustador, mas é legal para entreter! Meus contos favoritos são Cruzeiro e Nenhum lugar é seguro. Eu também não gostei de Não Gosto da Sua Namorada, achei esse conto tão bobo :/.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Não sabia que esse livro é contos.
    Pensava tbm que era super pesado e tals e morria de medo de ler.
    Que bom que só tem um leve suspense pq sou muito medrosa.
    Não leio muito contos mas adorei sua resenha
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não sou muito fã desses tipos de livros, mas estou lendo coisas legais desse livro e estou quase superando o medo pra conseguir ler alguma coisa. Sério!


    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amo os livros dessa série, são de suspense e ainda tem vários autores. Não sabia que tinha lançado Férias Infernais, quero ler logo *-* O conto da Cassandra deve ser mesmo ótimo, fiquei curiosa só pela sinopse
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo