8.4.17

[Cine SB] Crítica: A Bela e A Fera - Beauty and The Beast (2017)

Resultado de imagem para THE BEAUTY AND the beast 2017

Título: A Bela e A Fera (Beauty and The Beast)
Ano: 2017
Direção: Bill Condon
Roteiro: Evan Spiliotopoulos, Stephen Chbosky
Gênero: Fantasia / Musical / Romance
Duração: 2h 09min
Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Ewan McGregor...




Sinopse

Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade dele. No castelo, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.
(Via: Adorocinema)

Uau, ninguém sabia do que se tratava antes da sinopse né? Rsrsrsr.



Aqui começa minha opinião pessoal...

*Crítica totalmente desprovida de polêmicas, ok?

Resultado de imagem para beauty and the beast 1991 gif

Falar de um filme que retrata um conto de fadas muito conhecido parece fácil, mas não é. Primeiro porque nada é 100% fiel, e segundo, as técnicas do cinema estão em constante mudança e evolução, o que aqui significa: a cada ano que passa, há mais chances de vermos um filme melhor do que vimos ano passado (visualmente falando). Por exemplo, o visual de A Bela e a Fera é mais bonito - para mim, é claro - do que o de Cinderella (2015). As duas coisas aconteceram em A Bela e a Fera. Apesar desse filme ser inspiradíssimo na animação de 1991 (os atores são extremamente parecidos com os personagens), há muitos, muitos pontos diferentes. Para quem viu a animação, isso é muito legal, mas para quem não viu: será que o filme não fica chato? Quer dizer, todo mundo já conhece a história!

Não! Gente, não fica chato! Para de besteira e vai ver agora mesmo.
Vale a pena: assim como o filme é parecido com a animação, ele pode ao mesmo tempo inovar, e o faz, trazendo uma visão muito mais moderna em questões sociais de maneira discreta - a história pode ser a mesma, o jeito de ver ela é que é completamente diferente.
Não fui assistir ao filme sabendo que seria um musical, me surpreendi ao ver Emma Watson cantando e aí eu levei o baque: ATÉ AS MÚSICAS SÃO IGUAIS! Fiquei muito, muito feliz. Acho que fiquei com um sorriso tosco na cara 99% do filme. Se teve algum defeito, não vi ou não consegui julgar, estava muito satisfeita para notar.
Acabo essa breve resenha falando: veja, se divirta e relembre!

10 GIFS TK


Postado por: Layane Machado




0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo