30.8.17

[Resenha] Ferrugem :: Marcelo Moutinho

Ferrugem
Autor: Marcelo Moutinho
Editora: Record
Páginas: 160
O assunto de Ferrugem é a paisagem humana, os grandes dramas corriqueiros, a vida que passa. Desfilam por aqui personagens ímpares, insuspeitas, inesquecíveis, ainda que aparentemente comuns: a moça soropositiva, caixa de supermercado, que reencontra o antigo namorado; a cobradora de ônibus que dá conselhos amorosos a um passageiro; o cantor de boate que imita Roberto Carlos. O valor literário dos contos de Marcelo Moutinho não está em tramas surpreendentes ou inusitadas, mas na alta-voltagem poética que a voz do narrador consegue extrair de situações vulgares.
A Editora Record é conhecida por seus lançamentos nacionais que trazem o realismo como enfoque dos seus enredos.

Em Ferrugem temos a reunião de diferentes pessoas com características próprias e existências não-magníficas. Conhecemos a cobradora de ônibus que só observa e tenta juntar casais. Passamos pelo jovem adolescente conhecendo o seu corpo através da boneca da irmã mais nova. E exploramos uma pessoa tendo uma experiência corpórea com alguém do mesmo sexo.


Marcelo Moutinho monta cenários tão reais e naturais que me peguei associando por diversas vezes às histórias que ouvi de amigos. Não é difícil imaginar que as cenas apresentadas de fato já aconteceram algum dia com alguém.

Ler Ferrugem é como aceitar a realidade. É não buscar uma saída do mundo real, mas adentrar o dia-a-dia e tentar entender o outro, aceitar a diferença e se sentir especial mesmo que pareça tão difícil.

A obra reúne 13 contos, um distinto do outro. Os meus favoritos são sem sombra de dúvidas ''362'' e ''TRÊS APITOS''. O primeiro aborda o cotidiano de um assalariado e o segundo uma realidade que muitas vezes não é pensada, mas julgada.

O ponto positivo do livro é que cada conto é tão fechado que não senti falta de um segundo capítulo, aceitei os finais abertos e segui em frente. O autor sabe bem como escrever contos sem despertar aquela sensação incômoda de querer mais.


Com uma capa que não condiz com nenhum dos contos, Ferrugem é uma boa pedida para os leitores que estão tentando evitar romances genéricos, que buscam somente ler sobre diferentes realidades.


Postado por: 
Bruno Marques

0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo