21.8.17

[Resenha] Filho Dourado :: Pierce Brown

Filho Dourado - Red Rising #2
Autor: Pierce Brown
Editora: Globo Livros
Páginas: 549
Skoob  | Goodreads | Amazon
A esperada sequência de Fúria Vermelha põe novos adversários e desafios terríveis no caminho de Darrow. Dois anos após a conclusão do Instituto, o jovem descobrirá que se infiltrar na elite da sociedade e destruí-la por dentro será mais difícil do que parece. Sua primeira vitória atraiu novos inimigos que usam a intriga e a política em vez das armas. E ele terá que aprender a combatê-los.O jovem que se uniu aos Filhos de Ares para destruir sociedade de castas que colonizou Marte e escravizou seu povo sobreviveu a batalhas sangrentas, mas terá outras pela frente. Darrow descobre que para viver entre os Ouros não basta ser um grande guerreiro ou estrategista, é essencial sobreviver ao jogo político dos governantes.Com sua reputação ameaçada, a inimizade declarada da Família Bellona e afastado de seus amigos, Darrow se vê sua vida depender de alianças improváveis. Os Filhos de Ares passam a realizar ataques violentos e se tornam um problema para os Ouros. A luta para destruir a sociedade se torna ainda mais sangrenta e o Ceifeiro precisa lidar com escolhas difíceis, o ódio por ter seu povo escravizado e o desejo de vingança contra os que destruíram o que ele mais amava.
Filho Dourado é o segundo livro da trilogia Red Rising e uma sequência tão sombria e inesperada que consagra o autor. Os testes acabaram, assim como batalhas travadas somente para que cada um se sinta melhor que o outro. Agora os combates são verdadeiros, e o desejo de vingança só aumenta a cada página.

As cores que compõem a sociedade.
Desde o fim de Fúria Vermelha (resenha aqui) há um salto temporal de dois anos. Darrow não é mais um jovem medonho com instinto selvagem. Ao lado do ArquiGovernador Nero au Augustus, ele se transformou num verdadeiro Ouro e aprendeu com inimigos que a luta pela sobrevivência é o que move as cores da Sociedade. Mas, com tanto talento a ser mostrado, Nero vê em Darrow uma ameaça à sua reputação e à sua família, decidindo, então, dispensá-lo, entregando-o às garras da família Bellona, onde Cassius, seu arqui-inimigo, é membro.

Sem a proteção de Nero, Darrow é lançado á própria sorte. Mas, ao descobrir que os Filhos de Ares ainda estão com ele, ainda depositam sua fé num Vermelho que fora transformado em Ouro, Darrow se torna capaz de fazer alianças com pessoas improváveis. Em busca de benefício próprio e de querer reconquistar a confiança do ArquiGovernador, ele segue uma linha de acontecimentos artificiais que o põe de frente ao mestre que deseja destruir.

Toda sua experiência dentro do Instituto e fora dele é posto à prova quando ameaças são feitas e a família Augustus é o centro desse alvo. Para se vingar do homem que matou sua mulher, Eo, Darrow insiste em tê-lo por perto, mesmo que isso lhe custe a vida.

O segundo livro de Pierce Brown é uma mistura de sangue e fogo, como o ditado dos Targaryen. A mão impiedosa do autor faz as páginas rolarem sem que possamos acompanhá-las, nos guiando em um futuro místico e um tanto revoltante. Sentir a fúria de Darrow é o que nos move a ler, estar em seu lugar, ver o que ele vê.
A Pirâmide das Cores, sendo Ouro a superior e Vermelho a inferior
Além do protagonista, os demais personagens são cativantes e passam uma imagem de acolhimento, muito embora eu os alerto: não confie em ninguém! Traição seguida de morte parece que é o que Brown mais ama fazer, o que é ótimo. Quem não gosta de plot?

Para quem gosta de Star Wars, esse é um bom pedido. Além da trama se passar no nosso próprio Sistema Solar, naves e batalhões feitos de aço e tecnologia remetem às tão famosas guerras nas estrelas. Mas não se engane. Pierce corrompe cada semelhança com outras histórias, mesmo que isso não fique tão claro. É uma forma de deixar o romance muito mais original. 

Escrito por:
Saullo Brenner

0 comentários:

Postar um comentário

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

O StarBooks é onde trocamos figurinhas sobre livros, lançamentos literários e suas adaptações, entre outras coisas; sempre com o objetivo de incentivar a leitura independente de gênero. (Mais?)

 
StarBooks © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo