controles do slide

4.7.16

[Resenha] Talvez um Dia :: Colleen Hoover

Talvez um Dia - Maybe #'1
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 368
Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.
Sydney está empolgada com a perspectiva das duas pessoas mais presentes na sua vida terem se unido para preparar a sua festa surpresa, uma pena só eles terem individualmente cometido pequenos deslizes que a fez perceber que eles almoçaram juntos, seu namorado e sua melhor amiga que também é sua colega de apartamento, ela tem certeza que só pode ter relação com o seu eminente aniversário de 22 anos, afinal, qual outra razão eles teriam para se verem sem ela estar presente?

Com certeza a traição que ela descobre não era uma das razões que chegou a imaginar, para ela eles nunca seriam capazes de desrespeitá-la de tal forma, ainda mais bem debaixo do seu nariz e na sua própria casa, mas é o que acontece e o pior, ela fica sabendo pelo vizinho lindo que ela vê e ouve tocar todos os dias pontualmente pela sacada do seu prédio há mais de duas semanas. Poxa, ele bem que poderia tê-la avisado antes, não?
‘‘Nunca poderia imaginas que meu aniversário de 22 anos fosse terminar comigo tomando banho em um apartamento desconhecido e dormindo no sofá de um cara que conheço há apenas duas semanas, e tudo isso por causa das duas pessoas com quem eu mais me importava e em quem eu mais confiava no mundo.’’
Duas semanas antes de descobrir que o seu namorado estava tendo um caso com sua amiga, Sydney enviou a letra que compôs para uma das músicas do seu vizinho que tocava extremamente bem e ele sabe que eles precisam trabalhar juntos, que ela tem a paixão e inspiração para ajudá-lo com suas músicas e com o seu momento de bloqueio, então ele sabe que não pode deixar que essa garota continue sendo enganada pelo namorado e quando ela fica sem lugar para ir após o rompimento ele e seus colegas de apartamento abrigam Sydney nesse momento tão delicado da sua vida e como precisavam de mais um componente no apartamento Sydney decide estender a sua estadia.

Sydney e o seu vizinho lindo e que toca extremamente bem, Ridge, criam uma sintonia única e uma relação ímpar, ele toca e ela escreve as letras para as suas composições, como ela é estudante de música, essa é uma experiência incrível para ela e o mesmo vale para Ridge e por um determinado motivo (que eu não vou falar qual para manter a leitura mais impactante para vocês) eles acabam ficando algumas vezes mais próximos do que seria considerado normal para dois amigos e ambos começam a sentir uma atração física que gradativamente vai ficando mais intensa com  decorrer da estória. Mas qual é a surpresa da Sydney quando ela descobre que Ridge tem uma namorada e que por algum motivo esse fato foi suplantado.
‘‘Estou errado, mas não sinto assim.
 Não há outra maneira de descrever o que estou sentindo. Sei que a forma como penso nela é errada, mas sofro porque, quando estou com ela, parece tão certo.’’
Ela definitivamente nunca faria o que fizeram com ela e por isso ela e Ridge estabelecem que essa barreira não será cruzada, ainda mais porque a namorada do cara é uma garota incrível e que não merece nada menos do que fidelidade e honestidade. Mas eles ainda precisam trabalhar juntos e conforme mais tempo passam juntos mais sentimentos começam a surgir e a questão é o que acontecerá com esses três, como eles resolverão suas relações e se corações serão ou não partidos.

A narrativa ocorre alternando o ponto de vista da Sydney e do Ridge e por isso somos capazes de entender os sentimentos dos dois, seus conflitos e angustias. Achei muito diferente a autora ter abordado a possibilidade de uma pessoa ter sentimentos sinceros por mais de uma ao mesmo tempo, e também achei ótimo a forma como ela aborda assuntos tabus e delicados como o adultério e a inclusão de deficientes.

A edição está linda, mesmo que a capa não seja a mesma do livro americano, que eu acho mais bonita. A escrita da Colleen simplesmente me manteve presa ao livro e conectada aos personagens e foi uma ótima leitura, repleta de sentimentos bons e até dolorosos, nenhum outro livro me deixou tão frustrada, decepcionada e apaixonada por um mesmo personagem como Ridge de Talvez um Dia conseguiu. Talvez um Dia foi um livro com personagens humanos e que pegou o coração desses personagens e os expôs sem dó nem piedade. Um ponto a mais são os personagens secundários bem construídos que nos fazem querer ler mais sobre eles.

Algo que amplia a experiência dessa leitura é que as músicas citadas ao longo do livro estão disponíveis para serem ouvidas, mas fiquem atentos pois há uma pequena diferença nas letras originais e nas que aparecem escritas no livro em português, elas foram gravadas pelo cantor e compositor Griffin Petterson, que já compôs músicas tema para outros livros da CoHo como Ugly Love e November 9, e para Maybe Someday há um álbum com 7 músicas lindas para serem apreciadas, recomendo ouvirem durante a leitura e quando a música Maybe Someday aparecer pela primeira vez leiam as páginas seguintes ouvindo ela (<3).

Minhas músicas favoritas entre as sete são Maybe Someday e I’m in Trouble e caso você tenha conta no spotfy é só pesquisar o nome do cantor, o álbum está disponível e já adicionei à minha playlist, recomendo que faça o mesmo. Segue abaixo a música Maybe Someday para vocês conhecerem:


Uma curiosidade, o Griffin Peterson é o modelo da capa do livro Sem Esperanças, da Colleen Hoover.

Quero que tenham em mente que eu sou fã da Colleen Hoover e que eu poderia falar desse livro até amanhã, mas tenho um certo número de caracteres a serem utilizados. Métrica é o meu romance favorito da autora, acho que pelo fato de ter sido o primeiro livro que ela escreveu e o primeiro que li dela e ele arrebatou o meu coração, e Talvez Um Dia conseguiu entrar na disputa com Métrica e é o meu segundo livro favorito da Colleen, não tenho palavras para dizer o quanto adorei esse livro e como a Colleen Hoover consegue pegar uma premissa que pode ser a primeira vista clichê e desenvolvê-la de forma única nos fazendo deixar para trás essa tola primeira impressão ao nos deparar com um enredo original. Recomendo muito esse livro e espero que se emocionem, curtam a leitura e tenham uma experiência tão ótima quanto eu tive ao lê-lo.

Caso já tenha livro Talvez um Dia me conte o que achou nos comentários e caso ainda não tenha lido me conte o que espera da leitura e se ficou interessado(a) pela indicação.


comentários pelo facebook:

23 comentários

  1. Olá, eu simplesmente amei esse livro. Me vi lendo um romance cativante e emocionante, soube tocar nos pontos certos e não ficou nada fantasioso. Ora eu torcia para a felicidade de Sidney, ora torcia para Ridge ficar com a namorada dele. O fato é que o livro me deixou apaixonada por completo e como foi meu primeiro contato com a autora, eu simplesmente amei!
    Beijos.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O livro é lindo né?! Eu também fiquei um pouco em conflito sobre com quem o Ridge deveria ficar e adorei a forma como a autora conduziu a estória ♡

      Excluir
  2. Olá, me interessei pelo livro agora, já tinha visto outras resenhas, mas a sua está mais completa e despertou a minha curiosidade. Fiquei muito afim não apenas de ler este livro como também de conhecer outras obras da autora.

    http://leiaassistareflita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Fico feliz que minha resenha conseguiu despertar a sua curiosidade! Espero que leia e se apaixone pelo livro e pela autora ♡
      Beijos

      Excluir
  3. Olá,
    Eu sou apaixonada por esse livro, pelas músicas, pelos personagens, enfim, é um dos meus favoritos da autora. Sua resenha ficou maravilhosa e bateu até aquela saudade... quem sabe eu REleia pela terceira vez ;)

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Na minha opinião, este é o melhor livro da Colleen, mesmo eu adorando todos os outros que pude ler dela. Essa coisa da trilha sonora original, mexeu demais comigo e achei que este capricho para com o enredo, é insuperável. Como você mencionou na resenha, essas musicas, ampliam a experiência de leitura. Sem falar é claro, que o Ridge é muito amor!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Flor
    Esse livro está no topo da minha lista de desejados. Tenho visto resenhas muito positivas e como o tema é polêmico, quero saber como nossa diva tratou.
    Sem falar que amo livros com playlists e só tem músicas incríveis neste livro.
    Adorei ver mais uma resenha encantadora.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Oi, Andréia. Tudo bem?
    Eu também adoro a autora, li alguns livros dela e estou completamente apaixonada, quero que ela venha morar aqui em casa!
    Talvez um dia não estava na minha lista, porque não gosto de triângulos, mas como a autora é a Colleen, vou pensar se vou lê-lo ou não. E isso que você disse é muito verídico, ela sabe pegar um tema super simples e desenvolver de uma forma incrível, surpreendente e que mata a gente de tanto chorar hehe
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  7. Ah, esse livro é muito amor e ainda mais tendo a playlist para você escutar enquanto lê é maravilhoso! Realmente a autora inovou trazendo poder amar duas pessoas ao mesmo tempo, apesar de eu achar que se ama duas ao mesmo tempo você na verdade ama a segunda. Eu amei a leitura, sofri muito com a Sidney, me apaixonei pelo jeito do Ridge, e sofri muito com o que os dois passaram, principalmente ela que sofreu duas traições simultâneas. Acho que esse livro não tem como não conquistar aqueles que a leem, então realmente merecido estar entre os seus favoritos com Métrica. Amo a Colleen e fico feliz que você também esteja nesse time <3
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Andréia, tudo bem?
    Infelizmente ainda não li nada da autora, mas não foi por falta de vontade. A premissa até que é boa, mas fico um pouco com o pé atrás ao se tratar de triângulos amorosos, é algo que realmente mexe comigo pois sempre vai ter alguém que se sairá machucado e várias vezes já estive na pele desse alguém. No entanto, se o livro conseguiu agradar tanta gente mesmo assim, por que seria diferente comigo, certo? Só lendo para saber! Espero gostar tanto quanto você!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Cada vez que leio uma resenha desse livro a minha vontade de le-lo cresce cada vez mais. O enredo me cativou e fiquei curiosa para saber sobre as músicas, a autor colocou as letras lá? Ou apenas disse que ela escreveu as músicas? Seria bem legal se ela tivesse colocado as letras das músicas por lá. Fiquei bastante interessada para ler e saber como tudo isso vai acabar, se os dois vão acabar juntos e como a namorada fofa vai lidar com tudo isso (ou não).

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  10. Olá Andréia,
    Esse livro é meu favorito da autora. Acho que porque me envolvi demais com os personagens e sofri demais com eles também, sabe? O amor entre os protagonistas é construído aos poucos e não parece nada errado ele ter uma namorada, sabe?
    As músicas criadas para esse livro são incríveis. Lembro que, quando li, fiquei ouvindo por dias e dias, encantada com a letra.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi Andréia,
    Sempre que me deparo com alguma resenha positiva de algum livro da Colleen Hoover eu me pergunto em qual mundo estou vivendo que ainda não li nenhum livro dela (difícil de acreditar, né?). Eu fiquei bem interessada para ler Talvez um Dia já que fiquei bem curiosa em relação ao destino de Sydney e Ridge. Ninguém merece passar por uma traição dupla como a que ela passou, mas ela parece ser uma protagonista forte que consegue virar o jogo. Gostei muito do fato de ter a playlist disponível, quando eu for ler com certeza irei ouvi-las.
    Beijos
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Eu já li um livro da autora e óbvio que achei super bacana, pretendo comprar todos os livros dela tsrs, e esse está no topo, pois é lançamento tsrs. Não fui muito com a capa desse livro, pós parece (como diria nossa diva Inês) a Pornô, e ano só do ieu que achei isso,outros blogs também. A odre a sua resenha que de fato só me deixou mais empolgado para ler! Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  13. Olá!! :)

    Nao conhecia mas quero ler um livro da autora, embora nao faça o meu genero... :)

    Bem, confesso que achei a historia um pouquinho cliche (desculpa...) mas ainda bem que assumiu um lugar de destaque ate dentro dos livros que leste da autora :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  14. Oie, linda.

    Esse livro é lindooooo ♥ ♥ ♥ ♥
    Mas todo livro da Colleen Hoover é né?
    Bom, eu sou suspeita pra falar dos livros dela, porque sou fã da autora e amo tudo que ela escreve.
    Com Talvez Um Dia não foi diferente, eu me encantei e me apaixonei por essa história com trás uma playlist maravilhosa.
    Griffin Peterson é um lindo e muito talentoso.
    Apesar de bonita também, não gostei que a editora não permaneceu com a capa estrangeira, mas enfim, né

    Muito boa a sua resenha e fico mega feliz que tenha gostado do livro, porque ele é incrível e merece ser lido e apreciado.

    ResponderExcluir
  15. OI!

    A estória não é muito original, a namorada descobre a traição, encontra um bonitão, atração, se apaixona, triângulo amoroso, indecisão... Mas confesso que as vezes é bom lermos algo assim, uma leitura previsível e leve .... Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Oi ^^

    A história é um pouco comum, isso por si só não conseguiria me deixar empolgada com a possibilidade de me ver lendo algo que não é tão inovador, mas o fato de haver a integração com uma trilha sonora já me deixa um pouco mais interessada, pois gosto quando uma história possui sua própria trilha sonora, dá uma caracterização única e especial.

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    Andréa,eu sou louca pela escrita Colleen e sei que ela é super capaz de pegar uma premissa que qualquer um poderia considerar clichê e tirar dela uma história foderosa e super original. Eu estou muito afim de fazer essa leitura, uma amiga leu ainda em inglês e amou me recomendou e deixou com mais vontade ainda.
    Essa trilha sonora também é poota que pariu!
    Espero poder ler o mais rápido possivel.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. A escrita da Collen é super bem comentada, o que me faz ficar cada vez mais decepcionada pelo fato de não ter lido nada dela. Algo que não gosto de triângulos amorosos é que alguém sempre sai machucado, e muitas vezes o leitor fica magoado e feliz ao mesmo tempo. Amei o toque musical que a autora colocou nesse livro, achei bem profissional ela contratar um compositor, tornando a obra mais original, pretendo ler em breve, esse casal se beijando na fonte é fantástico

    ResponderExcluir
  19. Acho que deve ser difícil a situação de Sydney, pois ela está apaixonada, mas não quer fazer a outra pessoa o mal que lhe fizeram. Fiquei curiosa para saber como termina essa história. Achei muita fofa a forma como os dois se aproximaram, através da música. Adorei a resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Geeeeeeente,que resenha ♥ tô e morta com esse livro. Já li tanta resenha dele esses dias que não sei mais se quero ler ou não, um caso perdido pra mim é tipo métrica pra você e eu não tô disposta a mudar de livro favorito da autora hahahaha. Brincadeira, na primeira oportunidade - depois da MLI - vou lê-lo. Beeeeijos tayletitshine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Eu sou apaixonada na escrita da Colleen, e assim como você, Métrica é meu livro favorito. Eu estou em love com a premissa desse livro, principalmente depois de ler tantas criticas positivas, todos estão colocando esse livro como seu favorito ou segundo favorito rsrs. Então estou bem animada.

    ResponderExcluir

A sua opinião é muto importante para nós. Obrigada!
Os comentários do blog passam por moderação antes de serem publicados.

últimas resenhas